A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
8ªACQF(14)Esruturas Especiais

Pré-visualização | Página 1 de 2

8ª AVALIAÇÃO CONTINUADA - QUESTÕES FECHADAS – Semana 16/06 a 29/06/2018. 
1ª Questão – Para determinação dos esforços de dimensionamento em pontes, uma ferramenta utilizada são as tabelas. Para dimensionamento de cada elemento, são calculados os esforços de acordo com os CIV e ᵞ. Assinale a alternativa que completa a planilha corretamente.
	Tabela - Solicitações Longarina ELU
	
	Peso Próp
	rio
	TB 45
	
	
	Coeficientes
	
	ELU
	
	
	Nó
	V(kN)
	M (kN.m)
	V (kN)
	
	M (kN.m)
	ϒ
	CIV
	V (kN)
	V (kN)
	M (kN.m)
	A
	-222,0
	5328,0
	124,4
	-220,3
	2114,8
	1,4
	1,200
	-310,8
	-310,8
	1102,0
	B
	-333,0
	5050,5
	102,9
	-246,7
	1998,4
	1,4
	1,200
	??
	??
	??
	C
	-444,0
	4662,0
	82,5
	-274,2
	1845,4
	1,4
	1,200
	-621,6
	-1082,3
	9627,1
	a)
	-470,3;
	890,3
	11235,3.
	b)
	-530,8;
	-950,2;
	14983,4.
	c)
	-550,9;
	-970,1;
	15877,2.
	d)
	-510,2;
	-920,8;
	13455,2.
	e)
	-466,2;
	-880,66;
	10428,0.
2ª Questão – A determinação dos esforços de cálculo para dimensionamento em pontes considera os valores CIV e ᵞ. Com base nos valores da tabela, determine o valor do Coeficiente de Impacto Vertical. CIV = ? e ᵞ = 1,4.
	Tabela - Solicitações Longarina ELU
	Peso Próprio e Cargas Permanetes
	TB 45
	
	
	Coeficientes
	
	ELU
	
	
	Nó
	V(kN)
	M (kN.m)
	V (kN)
	
	M (kN.m)
	ϒ
	CIV
	V (kN)
	V (kN)
	M (kN.m)
	1
	1110,0
	0
	459,8
	0
	0
	1,4
	?
	2326,4
	1554,0
	0
	2
	997,6
	1054,5
	426,4
	-5,6
	431,15
	1,4
	?
	2112,9
	1396,6
	2201,2
	3
	888,0
	1998,0
	393,9
	-14,5
	808,2
	1,4
	?
	1905,0
	1243,2
	4155,0
a)CIV = 1,10.
b)CIV = 1,35.
c)CIV = 1,20.
d)CIV = 1,05.
e)CIV = 1,40.
3ª Questão – A determinação dos esforços de cálculo para dimensionamento em pontes considera os valores CIV e ᵞ. Com base nisso, determine o maior valor de Força Cortante de Cálculo para dimensionamento do ELU, de acordo com a
tabela que demonstra os esforços em seções de uma viga. Considere CIV = 1,3 e ᵞ = 1,4.
	
	Peso Próprio
	TB 45
	
	
	Nó
	V(kN)
	M (kN.m)
	V (kN)
	
	M (kN.m)
	A
	1.036,00
	
	0,00
	429,13
	0,00
	0,00
	B
	931,07
	984,20
	397,93
	-5,27
	402,73
	C
	828,8
	1864,80
	367,67
	-13,53
	754,33
	a)
	Vd = 2.231,42 kN.
	(1036 x 1,4) + (429,13 x 1,3 x 1,4)
	b)
	Vd = 1.675,5 kN.
	
	c)
	Vd = 2.850,60 kN.
	
	d)
	Vd = 2.150,30 kN.
	
	e)
	Vd = 3.235,7 kN.
	
4ª Questão – A determinação dos esforços de cálculo para dimensionamento em pontes considera os valores CIV e ᵞ. Com
base nisso, determine o maior valor do Momento Fletor de Cálculo para dimensionamento do ELU, de acordo com a tabela que demonstra os esforços em seções de uma viga. Considere CIV = 1,3 e ᵞ = 1,4.
	
	Peso Próprio
	TB 45
	
	
	Nó
	V(kN)
	M (kN.m)
	V (kN)
	
	M (kN.m)
	A
	1.036,00
	
	0,00
	429,13
	0,00
	0,00
	B
	931,07
	984,20
	397,93
	-5,27
	402,73
	C
	828,8
	1864,80
	367,67
	-13,53
	754,33
	
	a)
	Md = 3.983,6 kN.m.
	
	b)
	Md = 2.619,1 kN.m.
	
	c)
	Md = 3.591,3 kN.m.
	
	d)
	Vd = 1.675,5 kN.
	
 Questão – A determinação dos esforços de cálculo para dimensionamento em pontes considera os valores CIV e ᵞ. Com base nisso, determine o valor do maior Momento Fletor de Cálculo para o nó B para dimensionamento do ELU, de acordo com a tabela que demonstra os esforços em seções de uma viga. Considere CIV = 1,3 e ᵞ = 1,4.
	e)
	Md = 5.435,7 kN.m.
5ª Questão – A determinação dos esforços de cálculo para dimensionamento em pontes considera os valores CIV e ᵞ. Com base nisso, determine o valor do maior Momento Fletor de Cálculo para o nó B para dimensionamento do ELU, de acordo com a tabela que demonstra os esforços em seções de uma viga. Considere CIV = 1,3 e ᵞ = 1,4.
	
	Peso Próprio
	TB 45
	
	
	Nó
	V(kN)
	M (kN.m)
	V (kN)
	
	M (kN.m)
	A
	1.036,00
	
	600,0
	429,13
	0,00
	150,03
	B
	931,07
	284,20
	397,93
	-5,27
	402,73
	C
	828,8
	864,80
	367,67
	-13,53
	754,33
a) Md = 1.130,85 kN. 
b) Md = 961,70 kN.m. 
c) Md = 3.591,3 kN.m. 
d) Md = 1.923,40 kN.m. 
e) Md = 5.435,7 kN.m.
6ª Questão – Calcule o carregamento uniformemente distribuído aplicado dentro do carrinho tipo para a longarina V1, com fator de impacto de 1,35 e um fator de carga de 1,40 provocada pelo trem-tipo TB 45 sobre tabuleiro com as dimensões representada na figura abaixo: 
a)7,30 kN/m2.
b)3,86 kN/m2.
c)10,03 kN/m2.
d)13,54 kN/m2.
e)19,34 kN/m2.
7ª Questão – Calcule o carregamento uniformemente distribuído aplicado fora do carrinho tipo para a longarina V1, com fator de impacto de 1,35 e um fator de carga de 1,40 provocada pelo trem-tipo TB 45 sobre tabuleiro com as dimensões representadas na figura abaixo: 
a)21,95 kN/m2.
b)57,63 kN/m2.
c)51,21 kN/m2.
d)43,96 kN/m2.
e)18,95 kN/m2.
8ª Questão – A determinação dos esforços que solicitarão os elementos das obras de arte deve considerar os aspectos dinâmicos e de variabilidade da posição dos carregamentos. Em relação a essas considerações, assinale a afirmativa que descreve corretamente o processo de cálculo dos esforços de dimensionamento das obras de arte. 
a)Para as pontes de classe inferiores, é possível fazer análise com cargas reduzindo o valor do fator de impacto.
b)Os carregamentos são considerados, principalmente, com duas classes: solicitações permanentes ede peso próprio, que são majoradas pelo coeficiente ᵞ, e as solicitações provenientes do trem-tipo,que devem ser majoradas pelo CIV (coeficiente de impacto vertical) e pelo coeficiente ᵞ.
c)Para obtenção dos carregamentos permanentes, é necessária a determinação do trem-tipo equivalente à classe daponte.
d)Os carregamentos dinâmicos são aqueles que descrevem a passagem do tráfego pela ponte, o dimensionamentocom trem-tipo considera um “carro” de carregamento para cada faixa de rolagem.
e)Os valores do CIV são definidos a partir do tamanho do tabuleiro na seção transversal, isto é, a largura da ponte. Ovalor da força horizontal é definido pela norma como proporcional ao valor da força Vertical e não pode ser inferiora 135 kN.
 
9ª Questão – Calcular os momentos totais na direção x (no meio do vão) para a laje de uma ponte com o seguinte perfil esquemático, utilizando os carregamentos do TT- 45 
Direção do tráfego:
Dados: Se necessário faça a interpolação dos valores da tabela 
Espessura da laje : 20 cm, Espessura média do pavimento : 13 cm, fck: 40 MPa, fyk: 50 KN/cm², 
γconcreto: 25 KN/m³, γpavimento: 22 KN/m³, CIV: 1,35.
a)10,877 tf.m/m
b)4,248 tf.m/m
c)6,963 tf.m/m
d)3,372 tf.m/m
e)5,596 tf.m/m
10ª Questão – Calcular os momentos totais na direção y (no engaste) para a laje de uma ponte com o seguinte perfil esquemático, utilizando os carregamentos do TT- 45 
Direção do tráfego:
Dados: Se nescessário faça a interpolação dos valores da tabela
Espessura da laje : 20 cm, Espessura média do pavimento : 13 cm, fck: 40 MPa, fyk: 50 KN/cm², γconcreto: 25 KN/m³, γpavimento: 22 KN/m³, CIV: 1,35.
a)15.141 tf.m/m
b)8.622 tf.m/m
c)10.877 tf.m/m
d)4,372 tf.m/m
e)14.228 tf.m/m
11ª Questão – Calcular os momentos totais na direção y (no engaste) para a laje de uma ponte com o seguinte perfil esquemático, utilizando os carregamentos do TT- 45. 
Direção do tráfego:
 
Dados: Se necessário faça a interpolação dos valores da tabela. 
Espessura da laje : 20 cm, Espessura média do pavimento : 13 cm, fck: 40 MPa, fyk: 50 KN/cm², 
γconcreto: 25 KN/m³, γpavimento: 22 KN/m³, CIV: 1,31
a)13,969 tf.m/m
b)9,853 tf.m/m
c)18,806 tf.m/m
d)12,975 tf.m/m
e)17.558 tf.m/m
 
12ª Questão – Calcular os momentos totais na direção x (no meio do vão) para a laje de uma ponte com o seguinte perfil esquemático, utilizando os carregamentos do TT- 45. 
Direção do tráfego:
Dados: Se necessário faça a interpolação dos valores da tabela. 
Espessura da laje : 20 cm,

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.