RELATÓRIO GESTÃO EDUCACIONAL
12 pág.

RELATÓRIO GESTÃO EDUCACIONAL


DisciplinaGestão Educacional3.154 materiais11.141 seguidores
Pré-visualização3 páginas
CENTRO UNIVERSITÁRIO
INTERNACIONAL UNINTER
FRANCISLENE LANDRI DE OLIVEIRA, 1879163, 07 2017
ESTÁGIO SUPERVISIONADO \u2013
GESTÃO EDUCACIONAL:
ITAJUBÁ - MG
2019
\ufffd
CENTRO UNIVERSITÁRIO 
INTERNACIONAL UNINTER 
FRANCISLENE LANDRI DE OLIVEIRA, 1879163, 07 2017
ESTÁGIO SUPERVISIONADO \u2013 
GESTÃO EDUCACIONAL: 
Relatório de Estágio Supervisionado \u2013 Gestão Educacional: apresentado ao curso de Licenciatura em História do Centro Universitário Internacional UNINTER.
ITAJUBÁ - MG
2019
\ufffd
 SUMÁRIO
1.3INTRODUÇÃO	\ufffd
42. IDENTIFICAÇÃO DA ESCOLA ESTAGIADA	\ufffd
52.4 CARACTERIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NA ESCOLA NA ESCOLA ESTAGIADA.	\ufffd
62.5 ROTEIRO PARA AS ATIVIDADES DE ENTREVISTA, VISITA E OBSERVAÇÕES	\ufffd
62.5.1 CONTEXTUALIZAÇÃO DAS OBSERVAÇÕES DE ESTÁGIO	\ufffd
62.5.2 CARACTERIZAÇÃO DOS ESPAÇOS DE OBSERVAÇÃO	\ufffd
62.5.3 CARACTERIZAÇÃO DOS ENVOLVIDOS	\ufffd
62.5.4 CARACTERIZAÇÃO DA EQUIPE PEDAGÓGICA	\ufffd
62.5.5 CONSELHO DE CLASSE	\ufffd
62.5.6 REUNIÕES COM OS PAIS	\ufffd
62.5.7 ATENDIMENTO AOS PAIS E Á COMUNIDADE	\ufffd
63.0 PLANO DE AÇÃO \u2013 GESTÃO EDUCACIONAL	\ufffd
64.0 CONSIDERAÇÕES FINAIS	\ufffd
65.0 REFERÊNCIAS	\ufffd
\ufffd
\ufffd1. INTRODUÇÃO
O presente relatório tem o objetivo apresentar o processo de estágio supervisionado em Gestão Educacional, realizado pela aluna Francislene Landri de Oliveira, aluna do curso de licenciatura em História, estágio realizado na Escola Estadual Major João Pereira no período de xx/xx/xx até xx/xx/xx. Os objetivos do estágio, são compreender o processo de construção das práticas educacionais, analisar e discutir o Projeto Político Pedagógico, acompanhar e observar as atividades organizacionais da escola, permitindo buscar novos métodos e soluções para problemas encontrados. Ao acompanhar a equipe gestora, podemos, ampliar e conhecer os assuntos políticos e sociais que envolvem o meio escolar, a oportunidade do estágio, contribui para uma nova visão da organização pedagógica e todos os planejamentos trabalhados. A observação participativa será a metodologia adotada durante a realização do estágio, acompanhar o trabalho diário dos envolvidos na gestão educacional, amplia nossa visão para além de alunos e, futuros professores. Apresentando as observações feitas em campo, desde, a rotina da direção diante dos conflitos encontrados, o relatório vai descrever desde aspectos estruturais, até a concepção pedagógica da escola, procurando identificar como toda a organização se relaciona com a qualidade da educação, e procura buscar melhorias para a instituição de ensino. As experiências do estágio proporcionam ao estudante a observação direta do exercício da profissão, por meio de participações em situações reais de trabalho, permitindo aprofundar conhecimentos e habilidades, o estágio é uma ferramenta que ajuda a encontrar novas estratégias para a solução de problemas que serão encontrados ao longo da carreira profissional, com a contribuição do estágio desenvolvemos a capacidade critica reflexiva, a criatividade, ampliamos nosso campo de visão dentro da comunidade escolar, ajudando a contribuir na solução de problemas encontrados. O contato com a gestão escolar, garante uma nova reflexão, diante, as decisões a serem aplicadas, perante os conflitos encontrados ao longo do caminho profissional, nos tornando mais analíticos e estruturados.
2. IDENTIFICAÇÃO DA ESCOLA ESTAGIADA
O Estágio Supervisionado: Gestão Educacional foi realizado na Escola Estadual Major João Pereira, situada, na Avenida Paulo Chiaradia, número 405, no bairro Avenida, CEP 37502-020. O contato com a escola pode ser realizado, através do telefone (35) 3622- 3388. A escola oferta atendimento no ensino fundamental II, no turno vespertino II, e no ensino médio, no período matutino, e noturno. O horário de funcionamento da escola é de 7:00 ás 22:00 horas, de segunda a sexta - feiras, o estágio foi realizado da data de xx/xx/xx até xx/xx/xx, no período matutino que tem início as 07:00 e término as 11:30. A escola possui um segundo endereço no presídio da cidade, onde acontecem as aulas para os detentos. 
2.1 CONCEPÇÃO PEDAGÓGICA DA ESCOLA.
A escola busca analisar e questionar o projeto pedagógico anterior na tentativa de aplicar melhorias nos objetivos que ainda não foram alcançados, sempre estudando onde está e onde quer chegar, a gestão adotada é o sistema democrático dentro do possível. Acredita que, o bem estar de aluno e professores deve ser alcançado, as transformações no currículo escolar devem ser implantadas de forma positiva para todos. Reflete, o aluno como cidadão e agente de transformações dentro da sociedade, buscando aproximar a família da realidade escolar, esclarecendo que a educação se faz com um trabalho em conjunto, mais que educadores pedagógicos, o docente convive com a realidade psicológica dos alunos. A escola investe para que a os responsáveis sejam mais participativos, o que contribui para a solução de problemas que possam surgir. Contribuir no processo de aprendizagem, dar apoio psicológico aos alunos, faz parte das metas da escola, para combater a evasão e o baixo rendimento. Contribuir na socialização através de jogos e práticas esportivas, estão dentro do planejamento para tornar a escola um local atrativo e interessante, objetiva-se que os jovens se sintam acolhidos e valorizados pela escola. O apoio no processo de aprendizagem busca oferecer monitorias, reforço, para aqueles alunos que apresentem maiores dificuldades, na questão inclusiva, o sistema de aplicação de conteúdos não é suficiente por conta do despreparo dos docentes, mesmo com o incentivo para a busca por treinamentos, a procura é baixa, o que prejudica a demanda de alunos. A escola trabalha de forma a compreender o aluno como membro de uma grande família, em que todos possuem diferenças, mas que tem os mesmos direitos. O trabalho com o aluno vai além da sala de aula, para aqueles que apresentam problemas psicológicos, ou de convívio, a observação dos professores, é fundamental para elaborar medidas que apoiem aluno e família.
.2.2 DESCRIÇÃO E ANÁLISE REFLEXIVA DAS ATIVIDADES DE ESTÁGIO
2.3 	CARACTERIZAÇÃO ESTRUTURAL
A escola passa por reforma atualmente, recebendo nova mobília, pisos, aparelho de televisão e som, muitas salas encontram - se prontas, a sala em que acompanhei as aulas é uma das que estão terminadas. As carteiras e cadeiras são novas, foi trocado o piso, a sala recebeu 3 aparelhos de ventilação novos, cortinas, e um aparelho retroprojetor. A escola possui dois andares, um pátio coberto e outro aberto, banheiro feminino e masculino para os alunos, cantina para refeições oferecidas pela escola, possui 2 salas de vídeo, auditório, duas salas de direção, uma sala de professores com banheiro masculino e feminino, uma biblioteca, uma sala para as supervisoras, e 16 salas de aula. O pátio aberto possui uma pracinha onde os estudantes podem sentar-se durante o intervalo, os funcionários da limpeza sempre estão por toda parte cuidando da higiene dos locais. As dependências da escola não são acessíveis aos portadores de deficiências. 
2.4 CARACTERIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NA ESCOLA NA ESCOLA ESTAGIADA.
Uma equipe de 3 secretárias faz o atendimento na recepção da escola, 2 duas pedagogas atendem os alunos e os pais, para assuntos mais importantes há a vice - diretora e a diretora.
Na cantina da escola trabalham 3 cozinheiras, conta também com 5 serventes e 2 auxiliares de serviços gerais que garantem a limpeza e manutenção de toda a escola, a biblioteca conta uma auxiliar que organiza a distribuição dos livros e materiais solicitados pelos professores e alunos. Há, professores designados e efetivos, todos passam por módulos coletivos uma vez ao mês, na disciplina de história, os professores estavam um pouco apreensivos com tantas mudanças no currículo, eles torcem para que os conteúdos não sejam reduzidos, o que deixaria o aluno prejudicado.
Na escola existe um ambiente de respeito e ordem, no período estagiado, foi observado,