Prova penal art. 134 ao 157
2 pág.

Prova penal art. 134 ao 157


DisciplinaDireito Penal III7.957 materiais63.702 seguidores
Pré-visualização1 página
Explique o que é famulato. 
É o crime praticado por mediante abuso de 
confiança por quem tem detenção da coisa. 
Ocorre quando o empregado furta do 
empregador. Ex: a atendente do caixa do 
supermercado furta o dinheiro da gaveta. 
 Quando se consuma o crime de furto? 
A consumação se dá no momento em que o 
sujeito ativo tem a posse mansa e pacífica da 
coisa, ainda que por alguns instantes. 
 O que é res nulis, res derelicta e res de 
perdita? 
Res nullius= coisa sem dono, coisa de 
ninguém. 
Res derelicta= coisa abandonada, ex: TV na 
lixeira. 
Res de perdita= coisa perdida 
 
 
2-Qualo elemento subjetivo do crime de 
omissão de socorro, Art. 135 do CP? 
Dolo (direto ou eventual): vontade livre 
e consciente de não prestar assistência, 
podendo fazê-lo sem risco pessoal, ou, 
na impossibilidade, de não pedir auxílio. 
 
 
3-Por que o crime capitulado no Art. 136 é 
considerado pela doutrina como bi próprio? 
De acordo com a classificação doutrinária 
que leva em consideração o sujeito ativo de 
um crime, crime próprio é o tipo penal que 
exige condição especial do agente, como, por 
exemplo, Art. 136, CP, Maus Tratos. 
 
 
4-Quando se consuma o crime de maus 
tratos, Art. 136, CP? 
Quando a pessoa fica efetivamente exposta 
ao perigo, não precisando que a vida ou a 
saúde o dano real. 
 
 
 
5-O caracteriza o crime de Rixa? 
O Código Penal descreve a figura da rixa, que 
se caracteriza quando há uma briga, um 
entrevero desordenado envolvendo três 
pessoas ou mais, em que não é possível 
distinguir as condutas dos participantes. 
 
 
 
 
 
 
7-Ns crimes contra a honra diferencie: 
Honra objetiva e Honra subjetiva. 
Honra objetiva: pode ser compreendida 
como o juízo que terceiros fazem acerca dos 
atributos de alguém. 
Honra subjetiva: pode ser compreendida 
como o juízo que determinada pessoa faz 
acerca de seus próprios atributos. 
 
 
8-Em que circunstancia é possível a arguição 
do exceptio veritatis exceção da verdade? 
(Difamação). 
No crime de difamação somente se admite 
o ofendido é funcionário público e a ofensa 
é relativa ao exercício de suas funções. 
 
 
9-O que é dignidade e decoro do ofendido? 
Ambos estão relacionados a honra 
subjetiva. 
Dignidade: Está relacionada aos valores 
íntimos da pessoa. Ex: lealdade, 
honestidade. 
Decoro: Está relacionada com o 
comportamento e a conduta da pessoa. Ex: 
Respeito e educação. 
 
 
10-Qual é o bem jurídico tutelado no crime 
do Art. 146, CP? 
O bem jurídico protegido é a liberdade 
individual ou pessoal de autodeterminação, 
ou seja, a liberdade do indivíduo de fazer ou 
não fazer o que lhe aprouver, dentro dos 
limites da ordem jurídica. 
Em que situação se caracteriza o crime de 
homicídio por participação omissiva? 
 Se da quando o omitente, além de poder 
agir no caso concreto, tivesse ainda o dever 
de agir para evitar o resultado. 
 Quais os requisitos para caracterizar 
homicídio privilegiado? 
É considerado homicídio privilegiado 
quando é praticado sob o domínio de uma 
compreensível emoção violenta, 
compaixão, desespero ou motivo de 
relevante valor social ou moral, que 
diminuam sensivelmente a culpa do 
homicida. 
 
 
 
 
 
 
 
 
6-Descreva as formas caluniosas no crime do 
Art. 138, CP, segundo a doutrina e o que 
significa cada uma. 
Explicita: Quando o agente imputa o fato 
falso diretamente para a pessoa, não há 
dúvidas que ela disse. Ex João furtou meu 
celular, eu sei. 
Implícita: Dou a entender que aquela pessoa 
praticou o fato criminoso, não afirmo com 
certeza. 
Reflexa: Chamo a pessoa de ladrão para o 
irmão dela, falo a terceiro, imputo a conduta 
a ela. 
 
 
 
11-Diferencie sequestro de cárcere privado? 
A única diferença que se pode apontar entre 
eles, para que se possa aproveitar todas as 
letras da lei, é no sentido de que, quando se 
cuida de sequestro, existe maior liberdade 
ambulatorial, ao contrário, quando a 
liberdade ambulatorial é menor, ou seja, o 
espaço para que a vítima possa se 
locomover é pequeno, reduzido, trata-se de 
cárcere privado. 
 Ex: você mantém uma pessoa presa numa 
casa, onde ela possa andar por todos os 
cômodos, aí é sequestro, agora se você a 
deixa presa num banheiro, é cárcere 
privado. 
 
 
 
 
12-O significa urto falimélico e furto 
famulato? 
Furto Falimelico: Ocorre quando é cometido 
para suprir necessidade básicas. Ex: Mãe 
que furta uma caixa de leite em um 
supermercado. 
 
 Dê a diferença de furto, roubo e 
latrocínio. 
 O latrocínio é o termo utilizado para 
classificar qualquer roubo que resultou em 
morte \u2013 seja durante o ato ou 
posteriormente. Diferentemente do furto 
(que não tem agressão) e do roubo (que 
inclui agressões verbais ou físicas. 
 Diferencie calúnia, injúria e difamação. 
Calúnia (art. 138 é acusar alguém 
publicamente de um crime \u2013 sabendo que a 
pessoa não o cometeu. 
Difamação (art. 139 é dizer que a pessoa foi 
autora de um ato desonroso \u2013 ou seja, sair 
espalhando algo sobre alguém que 
prejudica sua reputação. 
Injúria: (art. 140 é a ação de ofender a 
honra e a dignidade de alguém