PSICOLOGIA DA PERSONALIDADE
17 pág.

PSICOLOGIA DA PERSONALIDADE


Disciplina<strong>psicologia da Personalidade</strong>22 materiais30 seguidores
Pré-visualização5 páginas
1a Questão (Ref.: 48618)
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	A personalidade faz parte da curiosidade da maioria dos seres humanos. Procuramos adivinhar as características alheias por meio das impressões que conseguimos obter nas trocas interpessoais. Mas personalidade pode ser definida como: 
		
	
	conjunto de características sociais que determinam a individualidade pessoal e social de alguma pessoa. 
	
	conjunto de características biológicas que determinam a individualidade pessoal e social de alguma pessoa.
	
	conjunto de características fisiológicas que determinam a individualidade pessoal e social de alguma pessoa.
	
	conjunto de características psicológicas que determinam a individualidade pessoal e social de alguma pessoa. 
	
	conjunto de características motivacionais que determinam a individualidade pessoal e social de alguma pessoa.
		Gabarito Comentado.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 51807)
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	¿Conceitos estruturais como resposta, hábito, traço e tipo são populares em tentativas de conceitualizar a maneira como as pessoas são¿ (PERVIN, 2004, p. 24). O conceito de traço está ligado à consistência da resposta individual em situações diversas ou modos de descrever uma pessoa. São exemplos de traços:
		
	
	Honesto e divertido
	
	Pergunta e definição
	
	Exoneração e colocação
	
	Psicologia e processo
	
	Personalidade e resposta
		Gabarito Comentado.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 48662)
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	Na perspectiva da primeira Tópica de Freud, tão discutida até os dias atuais a interpretação que se pode oferecer sobre o consciente é:
		
	
	Percepções apenas internas no conjunto dos fenômenos psíquicos. A consciência seria função de um sistema, o sistema percepção-consciência (Pcs-Cs). 
	
	Percepções apenas externas no conjunto dos fenômenos psíquicos. A consciência seria função de um sistema, o sistema percepção-consciência (Pcs-Cs). 
	
	São as percepções externas e internas no conjunto dos fenômenos psíquicos. A consciência seria função de um sistema, o sistema percepção-consciência (Pcs-Cs).
	
	Constituído por conteúdos recalcados aos quais foi recusado o acesso ao sistema pré-consciente-consciente pela ação do recalque originário e recalque a posteriori. 
	
	São conteúdos do sistema inconsciente na medida em que permanecem de direito acessíveis à consciência (conhecimentos e recordações não atualizados, por exemplo). 
		Gabarito Comentado.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 39847)
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	A psicanálise desempenhou um importante papel na mudança de valores da nossa sociedade através da teoria psicodinâmica da personalidade. Como proposta por Freud, a consciência:
		
	
	Relaciona-se com fenômenos necessariamente recalcados.
	
	Relaciona-se com fenômenos dos quais podemos estar conscientes em circunstâncias especiais.
	
	Relaciona-se com fenômenos dos quais não podemos estar conscientes.
	
	Relaciona-se com fenômenos que causam desconforto e foram banidos.
	
	Relaciona-se com fenômenos dos quais estamos conscientes em um dado momento.
		Gabarito Comentado.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 48633)
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	A primeira tópica de Freud foi constituída pelos três sistemas: Incosnciente; Pré-cosnciente e Consciente. Qual a alternativa que melhor define o incosnciente?
		
	
	conteúdos inacabados ou não entendidos. 
	
	Conteúdos pré-conscientes, mas que são difíceis de tornarem conscientes. 
	
	Conteúdos libidinais apenas.
	
	constituído por conteúdos recalcados aos quais foi recusado o acesso ao sistema pré-consciente-consciente pela ação do recalque originário e recalque a posteriori. 
	
	constituído por conteúdos da consciência, mas que não conseguiram ser assimilados. 
		Gabarito Comentado.
	
	
	 6a Questão (Ref.: 51815)
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	¿[...] nossos verdadeiros sentimentos e motivos subjacentes podem se expressar apesar de nossas tentativas para enterrá-los no inconsciente. Não significa apenas que existam partes nossas das quais somos inconscientes, mas que essas partes influenciam o nosso comportamento cotidiano, frequentemente de maneiras que chocam a nós e aos outros¿ (PERVIN, 2004, p. 76). São exemplos disso:
		
	
	Saber e não saber
	
	Conhecimento e diversão
	
	Chistes e atos falhos
	
	Alegria e tristeza
	
	Teoria e Pesquisa
		Gabarito Comentado.
	
	
	 7a Questão (Ref.: 39858)
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	A perspectiva behaviorista da personalidade enfatiza que quase todo comportamento é aprendido e valoriza:
		
	
	a subjetividade e a inespecificidade de materiais
	
	a subjetividade dos processos mentais
	
	a subjetividade e a desqualificação das respostas
	
	a objetividade e o rigor nas hipóteses formuladas
	
	a objetividade e o descontrole de variáveis
		Gabarito Comentado.
	
	
	 8a Questão (Ref.: 59503)
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	Podemos dizer que desde Sigmund Freud, até as perspectivas mais contemporâneas o conceito do que seja a personalidade assume conceituações diversas o que se expressa em Teorias da Personalidade. Entretanto se considerarmos fatores genéticos e ambientais podemos dizer, em uma perspectiva mais equilibrada, que provavelmente:
		
	
	Os aspectos genéticos são determinantes para a formação da personalidade e somos produto dos arranjos sinápticos e genéticos sendo está à explicação de todas as características da personalidade que possuímos.
	
	Personalidade como sendo uma organização dinâmica dos traços no interior do eu, formados a partir dos genes particulares que herdamos, das existências singulares que suportamos e das percepções individuais que temos do mundo.
	
	Personalidade como sendo uma organização dinâmica dos traços no interior do eu, formados a partir dos genes particulares que herdamos, das existências singulares que suportamos e das percepções individuais que temos do mundo sendo os aspectos biológicos mais relevantes que os ambientais.
	
	Eventos sociais, situações de desempenho comportamentais são determinantes para a formação da personalidade e somos produto dos arranjos interpessoais construídos ao longo da vida.
	
	Personalidade como sendo uma organização dinâmica dos traços no interior do eu, formados a partir dos genes particulares que herdamos, das existências singulares que suportamos e das percepções individuais que temos do mundo sendo os aspectos ambientais mais relevantes que os biológicos.
		Gabarito Comentado.
	
	
	 9a Questão (Ref.: 48702)
	Pontos: 0,5  / 0,5 
	João afirmou que a personalidade de Maria foi herdada de seu pai, pois ela é carismática, amável e solidária igualmente à ele. Com base nesta definição, pode-se dizer que João para definir a personalidade Maria utilizou-se da vertente:
		
	
	Psicanalista 
	
	Biotipológica 
	
	Existencial 
	
	Cognitivista
	
	Fisiológica 
		Gabarito Comentado.
	
	
	 10a Questão (Ref.: 39852)
	Pontos: 1,0  / 1,0 
	Na segunda tópica, Freud desenvolveu um modelo estrutural mais formal para a psicanálise. O id diz respeito a(o):
		
	
	Ramo moral do nosso funcionamento
	
	Ramo ideal do nosso comportamento
	
	Ramo controlador da ética moral
	
	Mediação entre a gratificação e a moralidade
	
	Fonte de toda a energia da pulsão
	1a Questão (Ref.: 89289)
	Pontos: 0,0  / 1,0 
	Maria sabe tudo o que precisa para chegar ao trabalho, telefonar, comer, se relacionar com as pessoas e se locomover pela cidade. de acordo com Freud, o lugar psíquico que abrange todas as informações utiliadas no dia-a-dia, denomina-se: 
		
	
	Ego
	
	Consciente
	
	Inconsciente
	
	Superego
	
	Id