A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
54 pág.
UNIDADE DO PACIENTE Dieslley

Pré-visualização | Página 1 de 3

*
UNIDADE DO PACIENTE
*
UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA DEDC XII GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM PROCESSO DO CUIDAR: FUNDAMENTAÇÃO E PRÁTICA
Dieslley Amorim de Souza
*
Definição
É o espaço físico hospitalar onde o paciente permanece a maior parte do tempo durante seu período de internação;
A unidade consiste na área, mobiliário e equipamentos necessários para cuidados a cada paciente.
*
Unidade do Paciente
*
Condições de conforto e segurança
*
Decoração adequada
Iluminação
Temperatura
Mobiliário
Objetos de tratamento pessoal
Privacidade e silêncio
Unidade do Paciente
*
Composição da unidade
*
Cama ou leito
	50cm entre o leito e a parede paralela
 1m entre dois leitos paralelos
 1.5m entre o pé do leito e a parede do lado
 Somente a cabeceira do leito poderá estar encostada na parede
Colchão
Travesseiro
Mesa de cabeceira e Armário
Campanhia
Unidade do Paciente
*
Composição da unidade
*
Suporte de soro
Escadinha e Cadeira
Painel composto por: saída de oxigênio (verde), saída de ar comprimido (amarelo) e vácuo (cinza)
Roupa
2 lençóis (paciente e colchão)
1 lençol móvel
1 lençol impermeável
1 colcha
Fronhas , cobertor, 1toalha de banho e
1 toalha de rosto
Unidade do Paciente
*
Finalidades:
Evitar propagação da infecção e promover conforto do paciente.
Tipos de limpeza:
Limpeza diária ou concorrente
Desinfecção terminal
*
É a técnica de limpeza e desinfecção do mobiliário que compõe a unidade, visando proporcionar conforto, diminuir o risco de infecções pela diminuição dos micro-organismos e das sujidades existentes no ambiente.
Limpeza da Unidade do Paciente
*
*
Limpeza da Unidade do Paciente
*
Inclui:
Limpeza de piso, remoção de poeira do mobiliário e peitoril, limpeza completa do sanitário;
Limpeza de todo o mobiliário da unidade (bancadas, mesa, cadeira), realizada pela equipe da unidade (ou pela equipe da higienização, quando devidamente orientada).
Material necessário:
Bacia (com solução desinfetante); panos de limpeza ou papel descartável; balde; solução desinfetante.
*
Limpeza Diária ou Concorrente
*
Procedimentos:
Reunir todo o material, levar para a unidade;
Afastar a mesa de cabeceira;
Colocar a cadeira aos pés da cama de frente para a cabeceira, sendo que as costas da cadeira fique alinhada aos pés da cama.
*
Limpeza Diária ou Concorrente
*
Material necessário: 
Carrinho de banho ou bandeja; Balde; Jarro (com solução desinfetante); Bacia, cuba rim com panos de limpeza e escova; Recipiente para lixo; Se necessário: jarro com água; sabão; palha de aço; benzina (solvente).
Procedimentos:
Arejar o ambiente;
Desocupar a mesa de cabeceira;
Desfazer a cama e colocar a roupa no hamper;
Limpar mesa de cabeceira, travesseiro, impermeável, colchão, cabeceira, grades estrado, pés da cama...
*
Limpeza Terminal
*
Medidas de extrema importância:
executar a limpeza com luvas de procedimento;
realizar movimentos amplos e em único sentido;
seguir do local mais limpo para o mais contaminado; 
colocar sempre a superfície já limpa sobre outra superfície limpa; 
limpar com solução detergente e, em seguida, remover o resíduo; 
substituir a água, sempre que necessário.
*
A realização da limpeza da unidade requer conhecimentos básicos de desinfecção e uso de técnica adequada, visando evitar a disseminação de micro-organismos e a contaminação ambiental
Limpeza da unidade
*
Aplicação de desinfetante sobre a matéria orgânica; aguardar o tempo de ação, remover o conteúdo descontaminado com papel absorvente ou tecidos e realizar a limpeza com água e solução detergente;
O desinfetante habitualmente utilizado para a descontaminação e desinfecção de superfícies é o cloro orgânico (clorocide) ou inorgânico (hipoclorito de sódio a 1%), com tempo de exposição de 10 minutos.
*
Descontaminação do Ambiente
*
É o preparo da cama de forma sistematizada e adequada ao paciente.
Objetiva preparar uma cama segura e confortável e manter a unidade com aspecto agradável.
*
Preparo para a cama hospitalar
*
Objetivos:
Proporcionar conforto, bem-estar e segurança ao paciente. 
Tipos de cama:
*
Arrumação do Leito
*
A CAMA ABERTA pode estar:
Sem paciente;
Cama ocupada com paciente  leito ocupado pelo paciente impossibilitado de se locomover.
*
Arrumação do Leito
*
Procedimento:
Lavar as mãos;
Reunir todo material e encaminhá-lo ao quarto, colocar sobre o colchão;
Afastar a mesa de cabeceira da cama, colocar a cadeira ao lado dos pés da cama;
Colocar a toalha no porta-toalhas, enfronhar o travesseiro, colocando-o sobre a cabeceira;
Dispor a roupa no espaldar da cadeira, observando-se a ordem: colcha, cobertor, lençol de cima, lençol móvel, impermeável e lençol de baixo.
*
Arrumação da cama fechada
*
*
*
Dispor o lençol de baixo sobre a cama em sentido longitudinal fazendo coincidir a dobra que indica a metade do lençol com a linha média do colchão;
Desdobrar o lençol, revestir com ele o colchão, prendendo primeiramente na cabeceira fazendo uma dobra no canto e depois lateralmente em toda a sua extensão. Deixar a outra parte do lençol em leque;
Colocar o impermeável a dois palmos de distância da cabeceira; abrir uma parte, deixando a outra enrolada.
*
Arrumação da cama fechada
*
Colocar o lençol móvel em cima do impermeável; abrir uma parte e prendê-lo junto com o impermeável; a outra parte fica em leque;
Estender o lençol protetor do paciente e prendê-lo nos pés da cama fazendo uma dobra ao cobrir o outro lençol, fazer o canto; a outra parte fica em leque. Repetir o mesmo com a colcha.
*
Arrumação da cama fechada
*
Passar para o outro lado da cama, levando o travesseiro e colocando-o no lado que está pronto; desdobrar peça por peça que estava em leque, prendendo-as sobre o colchão, fazendo os cantos e esticando-as para evitar pregas.
Prender a colcha, fazendo a prega de conforto e o canto em diagonal.
Deixar a unidade em ordem com o mobiliário em alinhamento. Verificar funcionamento da campainha. Colocar os materiais na mesa de cabeceira.
*
Arrumação da cama fechada
*
Mesmo material da cama fechada.
Sem paciente ou paciente que pode se locomover:
Retirar as peças usadas e colocá-las em um hamper/saco.
Seguir a mesma sequência da cama fechada, mas deixando o lençol de cima sobre o cobertor, e a colcha na parte da cabeceira. O travesseiro deverá ser colocado sobre a cama.
Após arrumação da cama, solicitar a limpeza diária ao serviço de higienização.
*
Arrumação da cama aberta
*
Lavar as mãos;
Reunir todo o material e encaminha-lo ao quarto, colocar sobre o espaldar da cadeira, observando a mesma sequência;
Afastar a mesa de cabeceira da cama, colocar a cadeira ao lado dos pés da cama;
Colocar a toalha no porta-toalhas, enfronhar o travesseiro, colocando-o sobre a cadeira;
Baixar a cabeceira da cama de acordo a situação clínica do paciente.
*
Arrumação da cama aberta ocupada
*
Auxiliar o paciente a virar-se em decúbito lateral orientando a segurar nas grades ou cabeceira e passar para o lado mais distante da cama;
Dobrar as peças de cama de tal forma a deixar exposta a metade do colchão;
Dispor o lençol de baixo sobre a cama em sentido longitudinal fazendo coincidir a dobra que indica a metade do lençol com a linha média do colchão.
*
Arrumação da cama aberta ocupada
*
Auxiliar o paciente a virar-se em decúbito lateral orientando a segurar nas grades ou cabeceira e passar para o lado mais distante da cama;
Dobrar as peças de cama de tal forma a deixar exposta a metade do colchão;
Dispor o lençol de baixo sobre a cama em sentido longitudinal fazendo coincidir a dobra que indica a metade do lençol com a linha média do colchão.
*
Arrumação da cama aberta ocupada
*
Desdobrar o lençol, revestir com ele o colchão, prendendo primeiramente na cabeceira fazendo uma dobra no canto e depois lateralmente em toda a sua extensão.