APOL'S - Neurociência Educacional - Pós Graduação UNINTER
2 pág.

APOL'S - Neurociência Educacional - Pós Graduação UNINTER


DisciplinaNeurociência1.878 materiais10.988 seguidores
Pré-visualização1 página
APOL 
Questão 1/5 - Neurociência Educacional
Como todas as estruturas do corpo humano, o sistema nervoso foi dividido didaticamente em partes para uma maior compreensão e para facilitar seu estudo. A divisão anatômica do sistema nervoso se dá em sistema nervoso central e sistema nervoso periférico e há ainda também, o sistema nervoso autônomo ou, como alguns neurocientistas preferem, sistema nervoso vegetativo. É relevante dizer que o sistema nervoso central é:
	
	A
	A estrutura que processa a informação e sua localização está no neuroeixo, esclarecendo, estrutura envolvida pelos ossos: crânio e coluna vertebral, já a estrutura que se projeta fora deste neuroeixo será o sistema nervoso periférico. 
	
	B
	A estrutura que impede a informação e sua localização está no neuroeixo, esclarecendo, estrutura envolvida pelos músculos: crânio e coluna vertebral, já a estrutura que se projetam fora deste neuroeixo será o sistema nervoso periférico.
	
	C
	A estrutura que processa a informação e sua localização está no neuroeixo, esclarecendo, estrutura envolvida pelos ossos: crânio e coluna vertebral, já a estrutura que se projetam fora deste neuroeixo será o sistema nervoso vegetativo.
	
	D
	A estrutura que processa a informação e sua localização está no neuroeixo, esclarecendo, estrutura envolvida pelos músculos que recheiam a coluna vertebral, já a estrutura que se projeta fora deste neuroeixo será o sistema nervoso periférico.
Questão 2/5 - Neurociência Educacional
Os neurotransmissores são pequenas moléculas produzidas pelos neurônios que sinalizam e estimulam grupos de neurônios, que responderão estímulos, como por exemplo, movimentos, pensamentos, memória, gostos, etc. Problemas relacionados aos neurotransmissores podem resultar em cansaço, insônia, ganho de peso, ansiedade, prejuízos cognitivos, entre outros. Existem vários tipos de neurotransmissores, entre os mais conhecidos estão:
	
	A
	Acetilcisteína, endorfina, dopamina, noradrenalina, serotonina, GABA, glutamato;
	
	B
	Acetilcolina, endorfina, estamina, noradrenalina, serotonina, GABA, glutamato;
	
	C
	Acetilcolina, endorfina, dopamina, noradrenalina, serotonina, GABA, glutamato;
	
	D
	Acetilcolina, endorfina, dopamina, noradrenalina, toxina, GABA, glutamato;
Questão 3/5 - Neurociência Educacional
O córtex cerebral, também conhecido como a \u201ccasca\u201d que recobre nosso cérebro, que estirado tem aproximadamente dois metros quadrados, com 4 mm de espessura é dividido por 5 lobos, frontal, parietal, insular, temporal e occipital. Nos hominídeos, cresceu continuamente nos últimos 4,4 milhões de anos. Podemos dizer que as funções gerais do córtex cerebral são:
	
	A
	Pensamento, Julgamento, Antecipação, Movimentos voluntários, Linguagem e Percepção.
	
	B
	Pensamento, Julgamento, Antecipação, Movimentos involuntários, Linguagem e Percepção;
	
	C
	Pensamento, Emoção, Antecipação, Movimentos voluntários, Linguagem e Percepção;
	
	D
	Pensamento, Julgamento, Antecipação, Movimentos voluntários, Linguagem e Espiritualidade;
Questão 4/5 - Neurociência Educacional
Memória é um termo amplo que se refere a uma série de funções nervosas distintas. A característica comum entre elas é a capacidade de recriar experiências pelo disparo sincrônico dos neurônios envolvidos na situação original. É correto dizer que, as áreas da memória, localizadas no cérebro, são:
	
	A
	Hipocampo, Lobo Temporal, Amígdala, Lobo Frontal, Lobo Parietal e Talámo;
	
	B
	Hipocampo, Lobo Occipital, Amígdala, Lobo Frontal, Lobo Parietal e Talámo;
	
	C
	Hipocampo, Lobo Temporal, Amígdala, Lobo Occipital, Lobo Parietal e Cerebelo;
	
	D
	Hipocampo, Lobo Occipital, Amígdala, Lobo Médio, Cerebelo e Talámo;
Questão 5/5 - Neurociência Educacional
Pode-se dizer que numa abordagem neurocientífica para a aquisição da escrita, há no cérebro uma rota neuroanatomofisiológica muito semelhante à produção da fala, onde inicia-se a partir do lobo occipital, evocando os grafemas, que por sua vez são projetados via giro angular para o lobo temporal, associando-se aos fonemas. Já na área de Wernicke ocorre a compreensão destes fonemas, que seguirão a rota para o córtex motor no lobo frontal, sendo que para a escrita não haverá participação da área de Broca que seguirão pelas células piramidais ao tronco encefálico e finalmente será produzida a escrita por meio da musculatura envolvida. Nesta musculatura, haverá dependência direta de sua aprendizagem e também:
	
	A
	Das condições motoras, podendo ser pelas mãos, esquerda ou direita, ou em casos de deficiência física, a musculatura envolvida poderá ser o pé ou qualquer outra musculatura que tenha sido desenvolvida para esta habilidade.
	
	B
	Das condições ambientais, podendo ser pelas mãos, esquerda ou direita, ou em casos de deficiência física, a musculatura envolvida poderá ser o pé ou qualquer outra musculatura que tenha sido desenvolvida para esta habilidade.
	
	C
	Das condições psicológicas, podendo ser pelas mãos, esquerda ou direita, ou em casos de deficiência física, a musculatura envolvida poderá ser o pé ou qualquer outra musculatura que tenha sido desenvolvida para esta habilidade.
	
	D
	Das condições ósseas, podendo ser pelas mãos, esquerda ou direita, ou em casos de deficiência física, a musculatura envolvida poderá ser o pé ou qualquer outra musculatura que tenha sido desenvolvida para esta habilidade.