05_ctn_administracaotributaria_2010 1
92 pág.

05_ctn_administracaotributaria_2010 1


DisciplinaAdministração Tributária67 materiais1.688 seguidores
Pré-visualização6 páginas
1
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
2
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
3
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
4
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
Art. 194 - A legislação tributária, observado o
disposto nesta Lei, regulará, em caráter geral,
ou especificamente em função da natureza do
tributo de que se tratar, a competência e os
poderes das autoridades administrativas em
matéria de fiscalização da sua aplicação.
Parágrafo único. A legislação a que se refere
este artigo aplica-se às pessoas naturais ou
jurídicas, contribuintes ou não, inclusive às
que gozem de imunidade tributária ou de
isenção de caráter pessoal.
ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA
FISCALIZAÇÃO
5
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
A legislação tributária
Relativa a 
um 
tributo
A competência e os 
poderes das 
aurtoridades fiscais.
aplica-se às pessoas 
naturais ou jurídicas, 
contribuintes ou não, 
mesmo que imunes 
ou isentas em caráter 
pessoal.
Geral
ou
Regula em 
caráter
PORTANTO, 
APLICA-SE A 
TODO MUNDO
FISCALIZAÇÃO
6
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
JURISPRUDÊNCIA
STJ
\u201cA lei pode impor obrigações acessórias às
empresas, ainda que não sejam contribuintes
do tributo.\u201d
(2ª Turma, REsp nº 89.967/RJ, Rel. Min. Ari
Pargendler, abril/1998)
7
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
OBRIGAÇÃO DE PRESTAR 
INFORMAÇÕES AO FISCO
Art. 195. Para os efeitos da legislação
tributária, não têm aplicação quaisquer
disposições legais excludentes ou limitativas
do direito de examinar mercadorias, livros,
arquivos, documentos, papéis e efeitos
comerciais ou fiscais, dos comerciantes
industriais ou produtores, ou da obrigação
destes de exibi-los.
8
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
OBRIGAÇÃO DE PRESTAR 
INFORMAÇÕES AO FISCO
Art. 195, Parágrafo único. Os livros
obrigatórios de escrituração comercial
e fiscal e os comprovantes dos
lançamentos neles efetuados serão
conservados até que ocorra a
prescrição dos créditos tributários
decorrentes das operações a que se
refiram.
9
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
JURISPRUDÊNCIA
STF
SÚMULA Nº 70
\u201cÉ inadmissível a interdição de
estabelecimento como meio coercitivo
para cobrança de tributo.\u201d
10
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
JURISPRUDÊNCIA
STF
SÚMULA Nº 323
\u201cÉ inadmissível a apreensão de
mercadorias como meio coercitivo para
pagamento de tributos\u201f
11
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
JURISPRUDÊNCIA
STF
SÚMULA Nº 439
\u201cEstão sujeitos à fiscalização tributária
ou previdenciária quaisquer livros
comerciais, limitado o exame aos
pontos objeto da investigação\u201d.
12
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
JURISPRUDÊNCIA
STF
SÚMULA Nº 547
\u201cNão é lícito a autoridade proibir que o
contribuinte em débito adquira
estampilhas, despache mercadorias nas
alfândegas e exerça suas atividades
profissionais.\u201d
13
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
JURISPRUDÊNCIA
STF
\u201cI- Inadmissibilidade de apreensão de livros
contábeis e documentos fiscais realizada, em
escritório de contabilidade, por agentes
fazendários e policiais federais, sem mandado
judicial.
II- Espaço privado, não-aberto ao público,
sujeito à proteção constitucional da
inviolabilidade domiciliar (CF, art. 5º, XI).
Subsunção ao conceito normativo de \u201ecasa\u201f.
Necessidade de ordem judicial.
(Continua)
14
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
JURISPRUDÊNCIA
III- Impossibilidade de utilização, pelo
Ministério Público, de prova obtida em
transgressão à garantia da inviolabilidade
domiciliar. Prova ilícita. Inidoneidade
jurídica.\u201d
(STF - HC nº 82.788/RJ \u2013 RJ \u2013 Habeas Corpus
\u2013 Relator: Min. Celso de Mello \u2013 Julgamento:
12/04/2005 \u2013 Órgão: Segunda Turma \u2013
Publicação: DJ 02/06/2006)
15
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
JURISPRUDÊNCIA
STJ
É defeso à administração impedir ou cercear a
atividade profissional do contribuinte, para
compeli-lo ao pagamento de débito, uma vez
que este procedimento redundaria no bloqueio
de atividades lícitas, mercê de representar
hipótese da autotutela, medida excepcional
ante o monopólio da jurisdição nas mãos do
Estado-juiz.
(Agravo Regimental no Recurso Especial nº
2005/0027.678-4 \u2013 Rel. Ministro Luiz Fux \u2013 DJ
13/03/2006, p. 213.)
16
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
LEI COMPLEMENTAR 105/01
Art. 6º. As autoridades e os agentes fiscais
tributários da União, dos Estados, do Distrito
Federal e dos Municípios somente poderão
examinar documentos, livros e registros de
instituições financeiras, inclusive os referentes
a contas de depósitos e aplicações financeiras,
quando houver processo administrativo
instaurado ou procedimento fiscal em curso e
tais exames sejam considerados
indispensáveis pela autoridade administrativa
competente.
17
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
LEI COMPLEMENTAR 105/01
Art. 6º, Parágrafo único. O resultado
dos exames, as informações e os
documentos a que se refere este artigo
serão conservados em sigilo, observada
a legislação tributária.
18
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
JURISPRUDÊNCIA
STJ
\u201cI-Doutrina e jurisprudência proclamavam ser o
sigilo bancário corolário do princípio
constitucional da privacidade (inciso XXXVI do
art. 5º), com a possibilidade de quebra por
autorização judicial, como previsto em lei (art.
38 da Lei no 4.595/96).
II-Mudança de orientação, com o advento da LC
nº 105/2001, que determinou a possibilidade
de quebra do sigilo pela autoridade fiscal,
independentemente de autorização do juiz.
(Continua)
19
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof. Cláudio Borba
JURISPRUDÊNCIA
STJ
\u201c...
III - Afasta-se a tese do direito adquirido
para, encarando a vedação antecedente
como mera garantia, e não princípio,
aplicar-se a regra do art. 144, § 1º, do CTN
que pugna pela retroatividade da norma
procedimental.
(REsp nº 691.601/SC \u2013 Recurso Especial
no 2004/0137.940-0 \u2013 Rel.(a) Min. Eliana
Calmon \u2013 DJ 21/11/2005, p. 190.)
20
DIREITO TRIBUTÁRIO
Slides disponíveis em material complementar no site www.professorclaudioborba.com.br 
Prof.