A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
CICLO MENSTRUAL

Pré-visualização | Página 1 de 1

CICLO MENSTRUAL
terça-feira, 16 de julho de 2019
10:10
Conjunto de eventos endócrinos interdependentes do eixo HHO
-principais processos reprodutivos
Maturação folicular - liberação ovulo
Preparação utero p receber embriao
 
Menarca (11-14 anos) pode ocorrer de 9- 16 anos
Menstruação (sangramento genital temporario a cada mês)
Menacme (período reprodutivo da mulher, inicio com a madurecimento do eixo HHO)
 
 
Fase folicular, menstrual e secretora
 
Cel teca 
.receptor p LH que permite entrada de colesterol p síntese de androstenediona e testosterona 
Cel granulosa
.n produz androgênios 
.androgênios da teca vão p cel da granulosa p trasnformação em estrogênio via aromatase sob ação do FSH
 
 
1 FASE
 
-FASE FOLICULAR
Primeira fase do ciclo
Ocorre recrutamento de folículos através do aumento de FSH onde o folículo dominante (apresenta + receptores p FSH e LH, maior ação da aromatase e ) crescerá
Dura 10-14 dias (tempo do ciclo menstrual depende dela)
Aumento de FSH ocorre qd há queda de progesterona, estradiol e inibina A 
Foliculo primordial, primario, pre-antral, antral e pre- ovulatorio
No endométrio ocorre a fase proliferativa sob ação do estrogênio 
Estrogênio (produzido pela cel granulosa a partir de androgênios sob ação da aromatase)
 androgênios ( produzidos pela Cel teca a partir do colesterol - androstenediona e testosterona sob ação do LH)
 
 
 
-OVULAÇÃO
Ocorre qd foliculo atinge maturação e é capaz de romper
Marcadpr fisiologico é o pico de LH que é precedido pelo aumento acelerado de estradiol (secretado pelo pre-ovulatorio)
Estradiol > 200 pg/ml por 50 h
Ovulação ocorre após 32-36 h da elevação de LH
Produção de protaglandinas e enzimas proteolíticas que digerem a parede do folículo p processo da ovulação
 
2 FASE
 
-FASE LÚTEA
Dura 14 dias
Presença de LH preparação do organismo p provavel gestação)
Aumento progesterona que começa na ovulação, persiste alta durante fase lútea p que ocorra nidação - compactação a camada endometrial (endometrio secretor)
Progesterona produzida pelo corpo lúteo após ovulação
 
Repercussões endocrinas 
-ação estrogênio
Canal cervical aumento do muco (filante)
Epitelio vaginal proliferação cel superficiais
Endometrio proliferação, glandulas alongadas e vasos retilineos
 
-ação progesterona
Canal cervical aumento do muco espesso
Epitelio vaginal descamação
Endometrio secreção, glandulas dilatadas e tortuosas, vasos espiralados
 
 
GnRH (hipotálamo) secreção pulsatil 
.maior da frequência e diminuição da amplitude (FSH)
.menor frequência e aumento da ampliteude (LH)
FSH e LH (hipofise)
Estrogênio (estradiol + comum na menacme /estrona + comum no climaterio)
Androgênios - precursores dos estrogênio
Progesterona (após ovulação) pró gestação
 
 
 
 
VIOLÊNCIA SEXUAL
Atendimento 
.notificação compulsória
.menor de idade (conselho tutelar)
-exames e sorologias
 
-profilaxia de DST não virais
 
 
 
 
OBS: metronidazol interage co o retroviral ritonavir (adiar uso de metronidazol até completar tto antirretroviral)
 
-profilaxia das DST virais
 
 
 
 
 
Substituição do AZT+3TC por TDF+3TC (menor risco descontinuação e efeitos adversos)
ATV/r (dose única/dia melhora adesão - 4% icterícia benigna, que n deve interromper tto)
 
-anticoncepção de emergência 
 
 
OBS: até 5 dias, preferência <72 h após a violência 
OBS: não fazer contracepção de emergência se a pact utilizar um método confiável de contracepção
OBS: sempre dá preferência p o Levonorgestre
 
Pct inconsciente - AE via vaginal
Vômitos priemiras 2h - nova diose
Suspeita de gravidez prévia - preferir levonorgestrel