Ettore Bresciani Filho - Conformacao Plastica dos Metais
352 pág.

Ettore Bresciani Filho - Conformacao Plastica dos Metais


DisciplinaProcessos de Conformacao Plastica6 materiais26 seguidores
Pré-visualização1 página
c=c'
Ponto
neutro
EDITORA DA
UNICAMP
B=B'orco de
contato
Parte1
PROCESSOS DE CONFORMAÇÃO PLÁSTICA
PesquisaeRedação
ETI'ORE BRESCIANI FILHO
PesquisaeRevisão
CECÍLIA AMÉLIA DE CARVALHO 7AVAGLIA
SÉRGIO TONINI BOTI'ON
Capítulo1
CLASSIFICAÇÃO DOS __
PROCESSOSDE CONFORMAÇAO
PARAFUSO DE AJUSTE
CILINDROS
DE
ENCOSTO
GAIOLA
CALÇOS
I
,.
t
I
I
I
i
1
t
I
Figura2.10-lIustraçã().dam()ntagemconvencionaldoscilindrosnumagaioladelaminaçãocomarranjoquádl'J.i0
MANCAIS
Figura2.11- Representaçãoesquemálicadamontagemdecilindrosnagaiolacomarranjoduo
,
2.5.1 Laminaçãoa quentede blocos e placas
Os lingotesaquecidospodemserlaminados,paraa obtençãodeblocose placase de
produtosacabados,em uma instalaçãode laminaçãoconstituídade diversos(atévinte)
conjuntoslaminadores(trensdelaminação)emoperaçãocontínuasemreaquecimento.
O maisfreqüenteé o processamentodolingoteparaaobtençãodeblocose placasque
serão,posteriormenteà laminação,resfriadose armazenados.Essafasedo processopode
sergenericamentedenominadade"laminaçãoprimária".
37
A laminaçãoprimáriatemdoisobjetivosbásicosquesão:
112) A conversãodo lingotefundidoemprodutoslaminados;
212) A obtençãodeprodutoslaminadosna formadepeças,comdimensõese massas
especificadas.
Uma seqüênciade operaçõestípicas para a laminaçãoprimária,constituídade
tratamentostérmicosemecânicoseoperaçõesauxiliares,éaseguiI}te:
1)Aquecimentodoslingotes
É realizadopara tornaro materialsuficientementeplástico para a operaçãode
laminaçãocomreduçõesgrandesdesecções.Essaoperaçãoé conduzidaemforno-poçode
encharcamentoa combustível(fornoprofundo,parauniformizaçãoda temperatura)com
controleda temperatura,do tempode permanênciae dascondiçõesde combustão.As
temperaturasusuaisficamna faixade 1.100a 1.350°Ce os temposde aquecimentode
lingotesfrios sãode oito a dozehoras.É possívelestimaras diferençasde temperatura
entreasuperfícieeo núcleodoslingotesemfunçãodasrelaçõesdetempo-temperaturaede
~onsumode combustívelobtidas atravésde leituras em instrumentosde medição.
Dependendoda naturezado material,podeser consideradaconveniente- paraevitaro
aparecimentode tensõesinternasdevidoa um acentuadogradientede temperatura- a
execuçãodo aquecimentoemdiversospatamarescrescentesdetemperatura.O controleda
relaçãocombustível-arpermiteregularas característicasda chama que influencia a
distribuiçãoda temperaturano fornoe a atmosferado mesmo(que afetaa formaçãode
óxidossuperficiaisna peça).Dois fatoresimportantesparacontrolara produtividadedo
equipamentosão:produçãoemtoneladaspor horae poráreado forno(daordemde 30 a
100t delingotesdeaçoporhoraparaumaáreade90m2)e o consumodecombustívelpor
toneladadematerialaquecido(daordemde400.000a2.000.000Btu portoneladadeaço).
As faixas indicadassão amplasem face dos diferentestipos e tamanhosde poços
(McGannon,pp.661-667).
2)Laminaçãoa quentedoslingotes
É conduzidaparatransformara estruturacristalinagrosseira(brutade fusão)dos
lingotesem uma estruturade grãos finos atravésda deformaçãoplástica intensae
recristalizaçãosubseqüente.Além disso,a laminaçãoa quenteprovocao caldeamentodos
vazios internosdecorrentesdo processode solidificaçãodo lingote. Na seqüênciado
processamento,são retiradas por corte as partes do lingote que apresentam
heterogeneidadesfísicas e químicas(inadequadasà qualidadeexigida dos produtos)e,
quandofor o caso,é promovidoo resfriamentodos lingoteslam,inadosatéa temperatura
ambienteparaum posteriorreaquecimentoe laminação.Atinge-se,com isso,o primeiro
objetivobásicoda laminaçãoprimária.O segundoobjetivoé atingidonacontinuidadedo
processamento,coma laminaçãoa quenteemcilindrosdeperfis adaptadosà formados
produtosdesejadoseaocortedaspeçaslaminadasnasdimensõesepesosespecificados.
38