A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
apol 2

Pré-visualização | Página 1 de 2

Questão 1/5 - Educação Especial e Inclusiva
Leia o fragmento de texto a seguir: 
"A maneira como a deficiência é concebida e tratada contribui para sua própria compreensão, ou seja, das concepções que regem as formas de analisar o fenômeno, decorrem produção de conhecimentos e formas de intervenção específicas que, em última análise, determinarão o destino dos sujeitos, alvo dessa ação".
Após esta avaliação, caso queira ler integralmente esse texto, ele está no livro: OMOTE, S. Diversidade, diferença e deficiência no contexto escolar. In: OLIVEIRA, A.; OMOTE, S.; GIROTTO, C. R. M. (Org.) Inclusão escolar: as contribuições da educação especial. Marília: Fundepe, 2008. s. p.
A visão interacionista das deficiências mudou o olhar sobre o sucesso ou fracasso escolar do deficiente. De acordo com os conteúdos abordados nas aulas e no livro-base Fundamentos para Educação Especial sobre a visão interacionista em relação ao deficiente, é correto afirmar que:
Nota: 20.0
	
	A
	Os interacionistas consideram o fracasso escolar do deficiente como resultado direto de suas condições físicas.
	
	B
	A visão interacionista considera as condições externas como um fator central para explicar o desempenho escolar do deficiente.
Você acertou!
Esta é a alternativa correta porque "A visão interacionista das deficiências, nesse sentido, possibilita a mudança de foco da escola na explicação do fracasso na aprendizagem, considerando que o sucesso dos alunos será decorrente da adequada ênfase nas condições estruturais externas, necessárias a sua efetivação" (livro-base, p. 52).      
	
	C
	A visão interacionista considera as condições psicológicas como o aspecto decisivo para explicar o fracasso escolar do deficiente.
	
	D
	Os interacionistas explicam o bom ou mau desempenho escolar do deficiente por meio de fatores biológicos e técnicos.
	
	E
	Para os interacionistas, fatores externos, como o ambiente ou o contexto escolar, em nada interferem na aprendizagem do deficiente.
Questão 2/5 - Educação Especial e Inclusiva
Leia o  fragmento de texto: 
“O currículo para uma escola inclusiva, entretanto, não se resume apenas a adaptações feitas para acomodar os alunos com deficiências ou demais necessidades especiais. A escola inclusiva demanda uma nova forma de concepção curricular”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: Adaptações curriculares na educação inclusiva. Portal Educação. <https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/pedagogia/adaptacoes-curriculares-na-educacao-inclusiva/45866>. Acesso em 21 abr. 2018. 
Considerando o fragmento de texto e os conteúdos do livro base Fundamentos para a Educação especial, adaptações curriculares são:
Nota: 20.0
	
	A
	adaptações obrigatórias, no sentido de mudar o currículo e adaptá-lo a todos os alunos inclusos da escola;
	
	B
	adaptações físicas na escola, no sentido de dar acessibilidades aos alunos inclusos.
	
	C
	aplicações de exercícios e provas para alunos com dificuldade de aprendizagem;
	
	D
	respostas educativas que devem ser dadas pelo sistema educacional, de forma a favorecer a todos os alunos e dentre eles os que apresentam necessidades educacionais especiais.
Você acertou!
De acordo com o MEC, adaptações curriculares são Respostas educativas que devem ser dadas pelo sistema educacional, de forma a favorecer a todos os alunos e dentre eles os que apresentam necessidades educacionais especiais. (livro-base, p. 176)
	
	E
	adaptações exclusivas aos alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem e defasagem nas avaliações escolares.
Questão 3/5 - Educação Especial e Inclusiva
Leia a citação: 
“A proposta inicial da integração escolar evoluiu para uma concepção de inclusão escolar, embora tal diferenciação ainda não tenha ganho unanimidade na comunidade acadêmica internacional bem como nos sistemas educacionais. ”
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: BEYER, Hugo Otto. A Educação Inclusiva: incompletudes escolares e perspectivas de ação. Cadernos Educação Especial, UFSM, n.22, 2003. <http://coralx.ufsm.br/revce/ceesp/2003/02/a3.htm>. Acesso em 21 de abr. 2018. 
Considerando a citação e os conteúdos do livro base Fundamentos para a Educação especial sobre a concepção de currículo na escola inclusiva, é correto afirmar que:
Nota: 20.0
	
	A
	O currículo deve ser o mesmo para todos, o que reforça o objetivo de superar as desigualdades sociais.
Você acertou!
Na escola inclusiva, pressupõe-se “uma concepção crítica acerca da realidade em que se insere, de modo a contribuir para a consolidação de uma sociedade que supere, definitivamente, desigualdades sociais. [...] Essa premissa está cindida da ideia que esse currículo deve ser o mesmo para todos os alunos, que, como cidadãos, tem direito às mesmas oportunidades educacionais e sociais” (livro-base, p. 159, 160).
	
	B
	São centrais no currículo elementos dominados pela matriz do cristianismo, centrada na salvação do homem.
	
	C
	O currículo constitui-se do choque entre os elementos tradicionais trazidos do pentecostalismo americano e a realidade do campo.
	
	D
	O currículo supõe a inserção de crenças e práticas originariamente minoritárias na sociedade brasileira contemporânea.
	
	E
	Nesse currículo vincula-se as práticas do cristianismo aos hábitos da população brasileira.
 
Questão 4/5 - Educação Especial e Inclusiva
Leia o fragmento a seguir: 
"A hegemonia do modelo médico, ao longo da história, resultou na crença de que as deficiências são contagiosas, como as doenças, e que as pessoas que as apresentam devem ser segregadas em instituições para tratamento".
Após esta avaliação, caso queira ler integralmente esse texto, ele está no livro: BEYER, H. O. Inclusão e avaliação na escola: alunos com necessidades educacionais especiais. 2. Ed. Porto Alegre: Mediação, 2005 
Há uma clara diferença entre doença mental e deficiência mental. Considerando o fragmento de texto acima e os conteúdos do livro-base Fundamentos para Educação Especial, enumere as explicações que se relacionam com os dois conceitos a seguir:
Deficiência mental
Doença mental 
(   ) Funcionamento intelectual significativamente inferior à média.
(   ) Apresenta limitações significativas em outras áreas, como a comunicação.
(   ) Interfere nos comportamentos sociais dos sujeitos.
(   ) Envolve quadros de neuroses e psicoses, como a depressão.
Agora marque a sequência correta:
Nota: 20.0
	
	A
	1, 1, 2, 2
Você acertou!
A sequência correta é esta porque: "As expressões são muito parecidas e a forte influência da medicalização na educação especial resultou na crença equivocada de que ser deficiente é ser doente, necessitando de tratamentos médicos para alcançar a cura. A doença mental interfere no comportamento e a deficiência mental pelo funcionamento intelectual inferiorizado. [...] Segundo o DSM-IV (1995), publicação da área médica, a deficiência mental caracteriza-se, fundamentalmente, pelo funcionamento intelectual significativamente inferior à média; além disso, o sujeito pode apresentar limitações significativas em outras áreas como a comunicação [...] 
A doença mental, por sua vez, interfere nos comportamentos sociais dos sujeitos que as apresentam, acarretando variações  qualitativas significativas em suas atitudes e práticas em situações sociais, familiares, ocupacionais e pessoais, tendo como base critérios valorativos considerados normais para um estado completo de saúde mental. [...] Embora a expressão seja popularmente empregada, em psiquiatria e em psicologia adota-se a terminologia dos transtornos ou distúrbios psíquicos relacionados a comportamentos desviantes daqueles estabelecidos como normais pela sociedade. Doenças mentais ou transtornos psíquicos envolvem quadros de neuroses e psicoses, cujas patologias mais conhecidas são a depressão, o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), o transtorno bipolar e a esquizofrenia. (livro-base,