Estudo Dirigido
5 pág.

Estudo Dirigido

Pré-visualização2 páginas
Estudo Dirigido Bioquímica 
Lipídeos 
01. Caracterizar lipídios e apresentar suas funções 
-Lipídeos de armazenamento: óleos e gorduras que são derivadas de ácidos graxos. 
Tem como função armazenamento de energia na forma de ATP nos organismos. 
 
-Lipídeos de membrana: Formam a membrana das células a partir de uma bicamada 
lipídica atuando como barreira à passagem de moléculas polares e íons. São 
anfipáticos. 
02. Comentar a respeito do poder calorífico dos lipídeos e a importância destas moléculas 
como substância de reserva. 
 -Existem duas vantagens significativas em se usar triacilgliceróis para o armazenamento de 
combustível em vez de polissacarídeos, como o glicogênio e o amido. Primeiro, os átomos de 
carbono dos ácidos graxos estão mais reduzidos do que os dos açúcares, e a oxidação de um grama 
de triacilgliceróis libera mais do que o dobro de energia do que a oxidação de um grama de 
carboidratos. Segundo, como os triacilgliceróis são hidrofóbicos e, portanto, não hidratados, o 
organismo que carrega gordura como combustível não precisa carregar o peso extra da água da 
hidratação que está associada aos polissacarídeos armazenados (2 g por grama de polissacarídeo) Em 
alguns animais, os triacilgliceróis armazenados sob a pele servem tanto de estoques de energia 
quanto de isolamento contra baixas temperaturas. Focas, morsas, pinguins e outros animais polares 
de sangue quente apresentam sua superfície amplamente coberta por triacilgliceróis. Em animais 
hibernantes, como os ursos, as enormes reservas de energia acumuladas antes da hibernação 
servem para dois propósitos: isolamento térmico e reserva de energia. 
03. Porque os triacilgliceróis são mais vantajosos como reserva do que os carboidratos para 
os animais hibernantes? 
Existem duas vantagens significativas em se usar triacilgliceróis para o armazenamento de 
combustível em vez de polissacarídeos, como o glicogênio e o amido. Primeiro, os átomos de 
carbono dos ácidos graxos estão mais reduzidos do que os dos açúcares, e a oxidação de um 
grama de triacilgliceróis libera mais do que o dobro de energia do que a oxidação de um 
grama de carboidratos. Segundo, como os triacilgliceróis são hidrofóbicos e, portanto, não 
hidratados, o organismo que carrega gordura como combustível não precisa carregar o peso 
extra da água da hidratação que está associada aos polissacarídeos armazenados (2 g por 
grama de polissacarídeo) 
04. Diferenciar ácidos graxos saturados e insaturados, mostrando a importância estrutural 
das duplas ligações na cadeia hidrocarbonada e como estas influenciam no ponto de fusão. 
Ácidos graxos saturados não apresentam duplas ligações e insaturados apresentam duplas ligações. 
As duplas ligações presentes em ácidos graxos insaturados fazem com que a temperatura ambiente, 
esses compostos sejam líquidos oleosos. As duplas ligações forçam uma dobra na cadeia 
hidrocarbonada, fazendo com que os ácidos graxos não se agrupem firmemente quanto os saturado. 
Desse modo, as interações são mais fracas fazendo com que o ponto de fusão diminua. 
05. Os lipídeos são classificados como de reserva e de membrana. Determine os 
componentes dos lipídios de cada uma dessas classes. 
Lipideos de reserva são constituídos de glicerol + ácidos graxos 
Lipideos de membrana são constituídos de glicerol ou esfingosina + outros grupos. 
06. Definir ácidos graxos como as unidades fundamentais da maioria dos lipídeos. 
Os ácidos graxos são ácidos carboxílicos com cadeias hidrocarbonadas de comprimento variando de 
4 a 36 carbonos. 
 
METABOLISMO DE ÁCIDOS GRAXOS 
01. Como ocorre a mobilização dos triacilgliceróis dos adipócitos para serem utilizados 
como combustível nos músculos? 
A mobilização ocorre a partir da lipólise, que libera os ácidos graxos e uma molécula de 
glicerol dos triacil. Os ácidos graxos livres se ligam à proteína albumina para serem 
transportados pela corrente sanguínea ate ás células dos músculos e desse modo, sofrem 
oxidação para formarem energia. 
02. Descreva a o processo de utilização dos lipídios da dieta. 
Nos vertebrados, antes que os triacilgliceróis possam ser absorvidos através da parede intestinal, 
eles precisam ser convertidos de partículas de gordura macroscópicas insolúveis em micelas 
microscópicas finamente dispersas. Essa solubilização é realizada pelos sais biliares, como o ácido 
taurocólico (p. 370), que são sintetizados a partir do colesterol no fígado, armazenados na vesícula 
biliar e liberados no intestino delgado após a ingestão de uma refeição gordurosa. Os sais biliares são 
compostos anfipáticos que atuam como detergentes biológicos, convertendo as gorduras da dieta 
em micelas mistas de sais biliares e triacilgliceróis. 
03. Em que consiste a ativação dos ácidos graxos? 
A ativação dos ácidos graxos consiste em formar um acil-CoA Graxo a partir de uma ligação 
tio éster entre o grupo carboxil do ácido graxo e o grupo tiol da coenzima A. Desse modo, é 
possível que o acido graxo entre na mitocôndria e prossiga a oxidação. 
04. Conceituar \u3b2-oxidação, indicar os quatro passos básicos da \u3b2-oxidação de um ácido 
graxo saturado. 
Beta- oxidação corresponde aos 4 processos em que os ácidos graxos são convertidos em 
acetil-CoA. 4 passos: 1- desidrogenação do acil coa graxo produzindo trans delta 2 enoil coa. 
2- adição de agua a esse composto formando L beta hidroxiacil coa . 3- desidrogenação para 
formação de beta cetoacil coa . 4- tiolase: reação de beta cetoacil coa com uma coenzima A 
livre para separar um fragmento de 2 carbonos da extremidade carboxílica do acido graxo 
original como acetil-CoA. 
05. Indicar os destinos metabólicos do acetil-CoA produzido pela \u3b2oxidação. 
A acetil-CoA produzida a partir da oxidação dos ácidos graxos pode ser oxidada a CO2 e H2O pelo 
ciclo do ácido cítrico. 
06. Onde, na célula, ocorre a oxidação de ácidos graxos? Quais são os produtos e saldo 
líquido em ATP da completa oxidação (processo respiratório, que envolve \u3b2-
oxidação, ciclo de Krebs e cadeia de transporte de elétrons) de um ácido graxo 
de16 carbonos? Faça um esquema demonstrando cada uma das etapas. 
A oxidação dos ácidos graxos ocorre na mitocôndria. 
Beta oxidação : Palmitoil-CoA + 7CoA + 7FAD + 7NAD+ + 7H2O ----- 8 acetil-CoA + 7FADH2 + 7NADH 
+ 7H+ 
Oxidação de acetil coa no ciclo do acido cítrico: 8 Acetil-CoA + 16O2 + 80Pi + 80ADP ---- 8CoA 1+ 
80ATP + 16CO2 + 16H2O. 
Oxidação completa: Palmitoil-CoA + 23O2 + 108Pi + 108ADP ---- CoA + 108ATP + 16CO2 + 23H2O 
Gliconeogênese 
 
01. Discorra sobre gliconeogênese, destacando sua importância e local de ocorrência. 
A gliconeogênese é uma via que converte piruvato e compostos relacionados com três a 
quatro carbonos em glicose. Esse método é muito importante devido a alguns tecidos 
dependerem exclusivamente de glicose como energia metabólica. Desse modo, a 
gliconeogenese atua sintetizando glicose a partir de precursores que não são carboidratos. 
Em mamíferos ocorre no fígado e em menor extensão no córtex renal e nas células epiteliais 
que revertem internamente o intestino delgado. 
02. Citar as 3 reações irreversíveis da glicólise, que não são utilizadas pela 
gliconeogênese. 
Conversão de glicoe em glicose-6-fosfato; Fosforilação da frutose-6-fosfato em frutose-1,6-bifosfato; 
Conversão de fosfoenolpiruvato em piruvato. 
03. Os músculos e cérebro não dispõem da enzima glicose-6-fosfato fosfatase, que 
catalisa a última reação da gliconeogênese, sendo assim, como é possível o 
músculo acumular glicogênio? 
A glicose produzida pela gliconeogênese no fígado, nos rins ou ingerida na dieta é entregue a esses 
outros tecidos, inclusive o cérebro e os músculos, pela corrente sanguínea. 
Peptídeos 
01. Definir e esquematizar