A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
34 pág.
Livro-Texto - Unidade I contabilidade

Pré-visualização | Página 6 de 8

da picape.
Prestação de serviços, recebendo a importância de $ 1.600.
Pagamento de funcionários pelos serviços prestados: $ 250.
Pagamento da conta de energia do mês: $ 30.
Prestação de serviços no valor de $ 2.200, cujo recebimento ocorrerá em trinta dias.
Resolução
Lançamentos contábeis no diário
D – Caixa $ 10.000
C – Capital social $ 10.000
D – Móveis e utensílios $ 3.000
C – Caixa $ 3.000
D – Veículos $ 4.000
C – Duplicatas a pagar $ 4.000
D – Banco conta movimento $ 500
C – Caixa $ 500
D – Despesa de aluguel $ 200
C – Banco conta movimento $ 200
D – Duplicatas a pagar $ 1.200
22
Unidade I
Re
vi
sã
o:
 M
ic
he
l-
 D
ia
gr
am
aç
ão
: M
ár
ci
o 
- 
04
/0
7/
20
12
C – Caixa $ 1.200
D – Caixa $ 1.600
C – Receita de serviços $ 1.600
D – Despesa de salários $ 250
C – Caixa $ 250
D – Despesa de energia $ 30
C – Caixa $ 30
D – Duplicatas a receber $ 2.200
C – Receita de serviços $ 2.200
Lançamentos contábeis nos razonetes
Caixa Capital social Móveis e utensílios
(1) 10.000 3.000 (2) 10.000 (1) (2) 3.000
(7) 1.600 500 (4) 10.000 3.000
1.200 (6)
250 (8) Despesa aluguel Duplicatas a pagar
30 (9) (5) 200 (6) 1.200 4.000 (3)
11.600 4.980 200 200 (12) 2.800
6.620
Veículos Banco conta movimento Receita serviços
(3) 4.000 (4) 500 200 (5) 1.600 (7)
4.000 300 2.200 (10)
(11) 3.800 3800
Despesa salário Despesa energia Duplicatas a receber
(8) 250 (9) 30 (10) 2.200
250 250 (13) 30 30 (14) 2.200
ARE
(12) 200 3.800 (11)
(13) 250 
(14) 30 
480 3.800
(15) 3.320 3.320
23
Re
vi
sã
o:
 M
ic
he
l-
 D
ia
gr
am
aç
ão
: M
ár
ci
o 
- 
04
/0
7/
20
12
CONTABILIDADE
Lucros/Prejuízos acumulados
3.320 (15)
Em seguida à transcrição do diário para o razão, devemos apurar o saldo de todas as contas. 
Continuando, elaboramos o balancete de verificação após as dez operações, um importante instrumento 
que a contabilidade usa para verificação de erros.
O balancete de verificação é um papel de trabalho em que são transcritas para uma coluna todas 
as contas com saldos devedores e, para outra coluna, todas as contas cujos saldos apresentam valores 
credores. Observe-se que o valor total da coluna de saldos devedores deverá ser igual ao valor total da 
coluna de saldos credores.
 Observação
Caso os valores totais forem diferentes, certamente haverá pelo menos 
erro nos lançamentos. Um ponto que destacamos é que o balancete de 
verificação jamais deve ser confundido com o balanço patrimonial.
Quadro 5 – Balancete de verificação após as 10 operações
Saldo
Contas Devedor Credor
Caixa 6.620
Capital social 10.000
Móveis, utensílios 3.000
Veículos 4.000
Duplicatas a pagar 2.800
Banco conta movimento 300
Despesa aluguel 200
Receita serviços 3.800
Despesa salários 250
Despesa energia 30
Duplicatas a receber 2.200
Total 16.600 16.600
Em seguida, devemos encerrar as contas de resultado (despesas e receitas) contra a conta ARE, o que foi 
realizado por meio dos lançamentos de encerramento no razão de números 11, 12, 13, 14. Complementando 
a sequência, foi apurado o saldo da conta ARE, que apresentou um saldo credor de $ 3.320, indicando que 
o total das receitas ($ 3.800) foi maior que o total das despesas do período ($ 480).
24
Unidade I
Re
vi
sã
o:
 M
ic
he
l-
 D
ia
gr
am
aç
ão
: M
ár
ci
o 
- 
04
/0
7/
20
12
Finalmente, a conta ARE foi encerrada contra a conta patrimonial lucros ou prejuízos acumulados, 
por meio do lançamento de número 15. Os lançamentos de encerramento das contas de resultados 
também são feitos no diário, a saber: 
Lançamento no diário de encerramento da conta de receita:
D – Receita de serviços $ 3.800
C – ARE $ 3.800
Lançamento no diário de encerramento das contas de despesas:
D – ARE $ 480
C – Despesa de aluguel $ 200
C – Despesa de salário $ 250
C – Despesa de energia $ 30
Lançamento no diário de encerramento de conta de resultado:
D – ARE $ 3.320
C – Lucros/Prejuízos acumulados $ 3.320
O próximo passo é a montagem do balanço patrimonial constituído pelas contas patrimoniais e a 
demonstração do resultado do exercício, com as contas de resultado.
Quadro 6 – Balanço patrimonial
Ativo Passivo
Caixa 6.620 Duplicatas a pagar 2.800
Móveis, utensílios 3.000
Veículos 4.000
Banco conta movimento 300
Duplicatas a receber 2.200
Patrimônio líquido
Capital social 10.000
Lucros/Prejuízos acumulados 3.320
Total 16.120 Total 16.120
25
Re
vi
sã
o:
 M
ic
he
l-
 D
ia
gr
am
aç
ão
: M
ár
ci
o 
- 
04
/0
7/
20
12
CONTABILIDADE
Quadro 7 – Demonstração do resultado do exercício
Receita de serviços 3.800
Despesa de aluguel (200)
Despesa de salário (250)
Despesa de energia (30)
 ---------
= Resultado do exercício 3.320
Os conceitos e aplicações aprendidos até agora podem ser sintetizados da seguinte forma:
• Patrimônio: conjunto de bens, direitos e obrigações de uma pessoa física ou jurídica.
• Bem: do ponto de vista contábil, é tudo aquilo que uma empresa possui, seja para uso, troca ou 
consumo, e que possui valor monetário.
• Direitos: constituem os valores a receber de uma empresa sobre outra ou sobre pessoas físicas.
• Obrigações: referem-se às dívidas de uma empresa em relação a terceiros.
• Ativo: conjunto de bens e direitos.
• Passivo: conjunto de obrigações.
• Patrimônio líquido: diferença entre o ativo e o passivo.
• Ativo = passivo + patrimônio líquido.
• Ativo total = patrimônio bruto.
• Passivo = capital de terceiros.
• Capital inicial = capital nominal.
• Patrimônio líquido = capital próprio.
• Passivo + patrimônio líquido = capital total à disposição.
• Ativo bruto = ativo total.
• Ativo líquido = patrimônio líquido.
• Receitas: representam as entradas de elementos para o ativo na forma de venda de mercadorias, 
recebimento de aluguéis, juros, ou significam uma redução do passivo sem a correspondente 
redução do ativo.
26
Unidade I
Re
vi
sã
o:
 M
ic
he
l-
 D
ia
gr
am
aç
ão
: M
ár
ci
o 
- 
04
/0
7/
20
12
• Despesas: consumo de um bem ou serviço que direta ou indiretamente gera receitas. Referem-se 
também a uma redução do ativo sem a correspondente redução do passivo.
• Custo: consumo de um bem ou serviço diretamente relacionado com a produção de outros bens 
e serviços.
• Fatos permutativos: apenas alteram (permutam) os valores do patrimônio sem impacto no 
patrimônio líquido.
• Fatos modificativos: modificam o valor do patrimônio líquido.
• Fatos mistos: além de modificarem o valor do patrimônio líquido, permutam elementos do patrimônio.
• Princípios fundamentais segundo a Resolução do CFC n. 750/93: entidade; continuidade; 
oportunidade; registro pelo valor original; atualização monetária; competência e prudência.
• Escrituração: registro dos fatos contábeis.
• Fatos administrativos: são aqueles que podem modificar ou não os elementos patrimoniais.
• Fatos contábeis: são aqueles que provocam alterações nos elementos do patrimônio.
• Ativo: aumenta por débito e diminui por crédito.
• Passivo: aumenta por crédito e diminui por débito.
• Patrimônio líquido: aumenta por crédito e diminui por débito.
• Despesa: aumenta por débito e diminui por crédito.
• Receita: aumenta por crédito e diminui por débito.
• Método das partidas dobradas: obedece a um princípio matemático: a cada débito registrado em 
uma ou mais contas deve corresponder, obrigatoriamente, um crédito ou mais do mesmo valor.
• Conta contábil: é o nome ou título representativo de um elemento ou grupo de elementos 
homogêneos do patrimônio. É por meio da conta que se

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.