A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
276 pág.
ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS (1)

Pré-visualização | Página 2 de 50

192 
06 – DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - PODER .......................................................................................... 202 
PODER LEGISLATIVO .............................................................................................................................. 203 
PODER LEGISLATIVO – ASSEMBLEIA LEGISLATIVA ................................................................................... 212 
PODER LEGISLATIVO – TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO ...................................................................... 221 
PODER JUDICIÁRIO ................................................................................................................................ 229 
MINISTÉRIO PÚBLICO ............................................................................................................................. 238 
PODER EXECUTIVO ................................................................................................................................ 247 
07 – LEGISLAÇÃO BÁSICA ...................................................................................................................... 258 
08 – CONSIDERAÇÕES FINAIS ................................................................................................................. 267 
 
 
 
 
 
 
 
Contas de Governo – Exercício 2017 3 
 
Governo do Estado do Rio de Janeiro 
Secretaria de Estado de Fazenda e Planejamento 
Contadoria Geral do Estado 
09 – LISTA DE TABELAS ......................................................................................................................... 269 
10 – LISTA DE SIGLAS E ABREVIATURAS ................................................................................................. 273 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Contas de Governo – Exercício 2017 4 
 
Governo do Estado do Rio de Janeiro 
Secretaria de Estado de Fazenda e Planejamento 
Contadoria Geral do Estado 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 01 – Apresentação das 
Demonstrações Contábeis 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Contas de Governo – Exercício 2017 5 
 
Governo do Estado do Rio de Janeiro 
Secretaria de Estado de Fazenda e Planejamento 
Contadoria Geral do Estado 
1.1. Controle Interno 
 
A contabilidade pública está norteada por dispositivos que tratam do Controle Interno, tais como o 
disposto no art. 74 da Constituição da República Federativa do Brasil, no art. 129 da Constituição do 
Estado do Rio de Janeiro, nos artigos 76 ao 80 da Lei Federal nº 4.320/64 e no art. 202 da Lei Estadual 
nº 287/79. 
 
O controle interno é exercido pelo conjunto de órgãos integrados, sob a forma de sistema, para exercer 
a fiscalização dos atos da administração direta e indireta, levando-se em conta os procedimentos 
desses controles estabelecidos pela Administração, a suficiência, a exatidão e validade dos dados 
produzidos pelo sistema contábil e o ambiente de controle interno do órgão ou entidade. As suas 
atividades devem, portanto, ocorrer exclusivamente no âmbito da Administração Pública, ou seja, são 
inerentes ao poder de autotutela, que só pode ser desempenhado pelos Órgãos e entidades do Poder 
Executivo, Assembleia Legislativa, Tribunal de Contas, Tribunal de Justiça e Ministério Público. 
 
Quando efetivamente implementado, o controle interno se torna uma importante ferramenta à 
Administração Pública, garantindo à sociedade instrumentos de transparência na gestão dos recursos 
públicos, sintonizado com o princípio de maior Accountability por parte dos gestores, cumprindo com os 
ditames de uma gestão fiscal responsável em atendimento às exigências da Lei de Responsabilidade 
Fiscal. 
 
1.2. Competências da Contadoria Geral do Estado 
 
A Contadoria Geral do Estado – CGE é o Órgão Central do Subsistema de Contabilidade do Controle 
Interno do Poder Executivo. Dentre outras atribuições, compete à CGE coordenar e normatizar os 
procedimentos contábeis e atividades relacionadas ao controle interno que promovam o registro dos 
atos e fatos da administração pública nos órgãos e entidades da Administração Direta e Indireta, 
orientando tecnicamente as unidades setoriais do Subsistema de Contabilidade, supervisionando as 
atividades, para padronização, racionalização e controle das ações. 
 
Ainda nesse contexto, é de sua competência elaborar, manter e aprimorar o plano de contas, os tipos, 
itens e operações patrimoniais a serem utilizados pelos órgãos e entidades integrantes dos Orçamentos 
Fiscais e da Seguridade Social; emitir pareceres e notas sobre assuntos de natureza técnica afetos à 
área contábil; fornecer aos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual orientação e apoio 
técnico na aplicação de normas e na utilização de técnicas contábeis. 
 
 
 
 
 
 
 
Contas de Governo – Exercício 2017 6 
 
Governo do Estado do Rio de Janeiro 
Secretaria de Estado de Fazenda e Planejamento 
Contadoria Geral do Estado 
A Contadoria Geral do Estado é ainda responsável pela elaboração e divulgação da Prestação de 
Contas e do Balanço Geral do Estado do Rio de Janeiro, conforme determina o Decreto Estadual nº 
43.463 de 14/02/2012. Assim sendo, este Relatório Técnico (Volume 2) está estruturado de modo a 
apresentar sistematicamente as demonstrações contábeis e suas respectivas notas explicativas do 
exercício de 2017. 
 
Quanto às Coordenadorias Setoriais de Contabilidade – COSEC e demais órgãos de contabilidade ou 
equivalente na administração indireta, compete dentre outros: 
 
 Realizar o registro contábil dos atos e dos fatos que afetam o patrimônio das entidades do 
setor público, respaldado por documentos que comprovem a operação e seu registro na 
contabilidade, mediante classificação em conta adequada, visando à salvaguarda dos bens e à 
verificação da exatidão e regularidade das contas; 
 
 Realizar o registro contábil da liquidação da despesa no sistema eletrônico de contabilidade; 
 
 Promover análise e acompanhamento das contas analíticas garantindo seu registro com 
individualização do devedor ou do credor, quanto à especificação da natureza, importância e 
data do vencimento; 
 
 Observar as instruções baixadas pela Contadoria Geral do Estado quanto à aplicação do 
Plano de Contas Único, Eventos, Rotinas Contábeis e os Manuais de Procedimentos; 
 
Desta forma, observa-se que as atribuições da CGE e das COSEC´s são bastante distintas. Enquanto a 
CGE tem competências de caráter orientador e controlador das atividades contábeis, as COSEC´s tem 
por competência a execução dessas atividades. 
 
Nesse contexto, a estrutura Contábil do Estado do Rio de Janeiro está composta por 117 Unidades 
Gestoras, distribuída pelos seguintes tipos de Administração: 
 
* 25 órgãos da Administração Direta, compreendendo os Poderes, as Secretarias, dentre outras 
Unidades Gestoras especiais; 
* 31 Fundos; 
* 17 Autarquias; 
* 21 Fundações; 
 
 
 
 
 
 
 
Contas de Governo – Exercício 2017 7 
 
Governo do Estado do Rio de Janeiro 
Secretaria

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.