Apostila de anatomia descritiva dos animais domésticos
61 pág.

Apostila de anatomia descritiva dos animais domésticos


DisciplinaAnatomia dos Animais Domesticos1.523 materiais43.478 seguidores
Pré-visualização9 páginas
MEDICINA VETERINÁRIA 
PRIMEIRO PERÍODO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
ANATOMIA DESCRITIVA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SÃO LUÍS \u2013 MA 
2018
 
Resumo: Osteologia Getty, cap 15 
2 Anatomia Descritiva dos Animais Domésticos 
INTRODUÇÃO À ANATOMIA 
- É a ciência que estuda a forma, a estrutura e a organização dos seres vivos, tanto externa 
quanto internamente. 
 
1. MÉTODO DE OBSERVAÇÃO 
\uf0fc Anatomia Microscópica: utiliza-se um microscópio que aumente as dimensões das 
estruturas para melhor observação; 
\uf0fc Anatomia Macroscópica: as estruturas são observadas a olho nu; 
\uf0fc Anatomia Mesoscópica: Necessita para o seu estudo do uso de um aparelho que 
aumente as dimensões das estruturas, para uma melhor observação de forma 
tridimensional. 
 
2. MÉTODO DE ESTUDO 
\uf0fc Anatomia Sistemática ou Descritiva: estudo por meio da divisão do corpo em sistemas 
orgânicos isoladamente; 
\uf0fc Anatomia Topográfica ou Regional: estuda o corpo mediante uma divisão por 
segmentos ou regiões; 
\uf0fc Anatomia por Rádio-Imagem: estudo do corpo através de imagens (Raios X), 
tomografias ou ressonâncias; 
\uf0fc Anatomia de Superfície: estudo dos relevos e depressões existentes na superfície do 
corpo; 
\uf0fc Anatomia em Cortes Segmentados: estuda o corpo por meio de cortes seriados para 
ser associado aos estudos de tomografias e ressonâncias magnéticas; 
\uf0fc Anatomia Comparada: comparações entre o corpo humano e o corpo dos animais. 
 
3. MÉTODOS UTILIZADOS NO ESTUDO DA ANATOMIA 
\uf0fc Dissecação: consiste em cortar as estruturas do corpo, separando-as em partes, sem 
destruí-las; 
\uf0fc Maceração: consiste em destruir as estruturas moles do corpo, preservando as mais 
rígidas. Utilizada no estudo dos ossos; 
\uf0fc Corrosão: consiste em injetar, nos vasos e cavidades, uma massa plástica líquida que 
se torna rígida rapidamente. Em seguida, as estruturas são submetidas à ação de 
 
Resumo: Osteologia Getty, cap 15 
3 Anatomia Descritiva dos Animais Domésticos 
substâncias corrosivas para obtenção de moldes ou modelos. Usada no estudo dos vasos 
e cavidades de órgãos ocos; 
\uf0fc Diafanização: consiste em tornar o órgão transparente mediante uma prévia 
desidratação. Usada para o estudo de vasos na parede dos órgãos; 
\uf0fc Cortes segmentados: consiste em dividir o corpo em segmentos. Utilizado para o 
estudo em imagens; 
\uf0fc Rádio imagem: consiste no estudo através de imagens; 
\uf0fc Macro modelos: consiste no estudo em modelos que substituem as peças naturais; 
\uf0fc Pranchas: consiste no estudo através de pranchas ou quadros, de forma sequenciada. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Resumo: Osteologia Getty, cap 15 
4 Anatomia Descritiva dos Animais Domésticos 
POSIÇÃO ANATÔMICA 
- É a posição padrão adotada para o corpo humano ou animal no espaço, para que se possa 
descrever as estruturas que o compõem. 
- Para os animais, sua posição anatômica refere-se aos quadrúpedes, onde o animal está em 
posição ereta com a face voltada para a frente em posição horizontal, de frente para o 
observador. 
 
1. PLANOS 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
\uf0fc Plano Mediano: divide o corpo em metades simétricas, direita e esquerda; 
\uf0fc Plano Sagital: paralelo ao plano mediano; 
\uf0fc Plano Dorsal ou Horizontal: paralelo à superfície dorsal, divide o corpo em metade 
superior e metade inferior; 
\uf0fc Plano Transversal: divide o corpo em anterior (cranial) e posterior (caudal). 
 
 
 
 
 
Resumo: Osteologia Getty, cap 15 
5 Anatomia Descritiva dos Animais Domésticos 
2. TERMOS DE POSIÇÃO E DIREÇÃO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
POSIÇÃO DIREÇÃO 
CRANIAL Em direção à cabeça 
CAUDAL Em direção à cauda 
PROXIMAL 
Relacionado aos membros. Em direção ao 
corpo 
DISTAL 
Relacionado aos membros. Em direção às 
extremidades 
DORSAL Região situada no plano dorsal 
VENTRAL Região situada no plano ventral 
DORSAL (MEMBROS) Região dos membros voltada para frente 
PALMAR 
Região dos membros torácicos voltada para 
trás 
PLANTAR Região dos membros pélvicos voltada para trás 
 
3. EIXO 
 
\uf0fc Axial: próximo ao eixo; 
\uf0fc Abaxial: distante do eixo. 
 
 
 
 
 
 
 
Termos adicionais, aplicados à 
anatomia dos dedos. O eixo 
localiza-se na região central, 
entre dois dedos. 
 
Resumo: Osteologia Getty, cap 15 
6 Anatomia Descritiva dos Animais Domésticos 
OSTEOLOGIA 
 
- Parte da anatomia que estuda os ossos e as suas relações. 
 
 Ossos: são órgãos rígidos, esbranquiçados, constituídos por tecido conjuntivo 
mineralizado, que reunidos formam o esqueleto. 
 Esqueleto: é o conjunto de ossos e tecidos unidos para dar conformação, proteção e 
sustentação ao corpo. 
 - Axial: compreende coluna vertebral, costelas, esterno e crânio; 
 - Apendicular: inclui ossos dos membros torácicos e pélvicos; 
 - Esplâncnico: ossos que se desenvolvem em vísceras. 
 
1. CLASSIFICAÇÃO DOS OSSOS 
 
\uf0fc Ossos Longos: são tipicamente de forma cilíndrica com extremidades alargadas. São 
encontrados nos membros, onde atuam como colunas de suporte e como alavancas. A 
parte cilíndrica (diáfise) limita a cavidade medular que contém a medula óssea; as 
extremidades são chamadas de epífises. Ex: fêmur, úmero, ulna, tíbia, fíbula. 
 
\uf0fc Ossos Planos: são expandidos e proporcionam suporte para a inserção de músculos, 
também protegem os órgãos que cobrem. Consistem de duas lâminas de osso compacto 
com osso esponjoso e medula óssea interpostos. Ex: escápula, ossos do crânio. 
 
\uf0fc Ossos Curtos: são aqueles que apresentam dimensões similares no comprimento, 
largura e espessura. Sua principal função é de difusão da concussão, pois diminui a 
fricção dos músculos e tendões. Ex: tarso, carpo, sesamóides. 
 
\uf0fc Ossos Irregulares: inclui ossos de formato irregular, que são medianos e ímpares. 
Possuem funções variadas e não tão especializadas quando comparados com os outros 
ossos. Ex: vértebras, ossos da base do crânio. 
 
 
 
 
Resumo: Osteologia Getty, cap 15 
7 Anatomia Descritiva dos Animais Domésticos 
OSTEOLOGIA EQUINA 
Coluna Vertebral 54 
Costelas 36 
Esterno 1 
Cabeça 34 
Membros Torácicos 40 
Membros Pélvico 40 
Total 205 
 
Resumo: Osteologia Getty, cap 15 
8 Anatomia Descritiva dos Animais Domésticos 
COLUNA VERTEBRAL 
- Consiste de uma cadeia mediana e ímpar de ossos irregulares que se estendem do crânio à 
extremidade da cauda. 
 
SUBDIVISÃO \u2013 Entre as espécies 
ESPÉCIE CERVICAL TORÁCICA LOMBAR SACRAL CAUDAL 
EQUINO 7 18 6 5 15 \u2013 21 
BOVINO 7 13 6 \u2013 7 5 18 \u2013 20 
SUÍNO 7 14 \u2013 15 6 \u2013 7 4 20 \u2013 23 
OVINO * 7 13 6 \u2013 7 4 16 \u2013 18 
CANINO 7 13 7 3 20 \u2013 23 
FELINO 7 13 7 3 20 \u2013 24 
* A quantidade se aplica igualmente à caprinos. 
 
VÉRTEBRAS 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
\uf0fc Corpo ou cabeça: massa cilíndrica a qual as outras partes estão formadas. As 
extremidades cranial e caudal estão inseridas nas vértebras adjacentes e são convexas e 
côncavas, respectivamente; 
\uf0fc Arco: formado sobre a face dorsal do corpo e consiste de duas metades laterais; 
\uf0fc Processo Articular: são dois craniais e dois caudais que se projetam na borda do arco; 
\uf0fc Processo Espinhoso: situado dorsalmente, no meio do arco. Varia de forma, tamanho 
e direção nas diferentes vértebras, sendo muito proeminente nas vértebras torácicas; 
No animal adulto, 
certas vértebras 
fundem-se para 
formar uma massa 
simples óssea. 
COLUNA VERTEBRAL