5 INFRA_VERMELHO_2
22 pág.

5 INFRA_VERMELHO_2


Disciplina<strong>eletrotermo</strong>7 materiais2 seguidores
Pré-visualização1 página
*
*
INFRAVERMELHO
Profa: Juliana Fonteles
*
*
*
*
*
*
As radiações infravermelhas consistem em ondas com comprimento maior que os da luz vermelha visível e se estendem até a região das microondas.
São divididas em três regiões ou bandas: A, B, C
*
*
Radiações infravermelhas
*
*
Luz visível
Radiação eletromagnética com comprimento de onda entre 400 e 760nm;
Obs: O laser usado terapeuticamente pode produzir radiação visível ou infravermelha, o que irá produzir diferentes indicações;
*
*
Radiações infravermelhas
São emitidas por qualquer corpo aquecido, sendo produzidas pela vibração molecular;
Produzem calor quando são absorvidas;
O comprimento de onda é determinado pela temperatura (altas temperaturas estão associados a pequenos comprimentos de onda)
*
*
Infravermelho
Transmissão de calor por via eletromagnética, em forma de raios térmicos ou infra vermelhos (IV)
É do tipo radiante: os raios IV atravessam o ar, não sendo necessário o contato direto com a parte a ser tratada;
No espectro eletromagnético o IV situa-se entre a luz visível e as microondas.
*
*
*
*
Absorção e penetração da radiação IV 
Podem sofre reflexão, refração, penetração e absorção;
Devem ser aplicadas perpendicularmente a área a ser tratada (95% de absorção);
Somente pequena quantidade da radiação passa para o tecido subcutâneo---maioria absorvido na pele----calor superficial.
*
*
O efeito da radiação IV é marcado pelo aquecimento da pele;
Passa para outros tecidos por condução;
*
*
Efeitos fisiológicos do infravermelho
Vasodilatação cutânea:
Ocorre devido a liberação de mediadores químicos, bem como efeito direto nos vasos sanguíneos;
Inicia após 1 a 2 min., e ocorre pela dilatação arteriolar, desenvolvendo uma aparência irregular);
Tem duração de 30 min.
*
*
Efeitos fisiológicos do infravermelho
Transpiração;
Sensação (ativação dos receptores térmicos);
Alterações crônicas ( a aplicação excessiva pode levar a destruição dos eritrócitos- pele amarronzada)
*
*
Efeitos fisiológicos do infravermelho
Aumento do metabolismo;
Diminuição da viscosidade dos fluidos;
Estimulação de nervos sensitivos;
Alterações vasculares;
*
*
Utilizações terapêuticas do infravermelho
Alívio da dor;
Aceleração da cicatrização e reparação;
Relaxamento muscular\ redução do espasmo muscular (utilizado antes da cinesioterapia, massagem, alongamento);
Antes da eletroestimulação;
*
*
Dosagem ou quantidade de energia
Potência de emissão da lâmpada (watts);
Distância lâmpada x pele ( varia de 40 a 100cm- de 60 a 75cm para lâmpadas grandes e 45 a 50cm para lâmpadas pequenas) 
Tempo de duração do tratamento;
Ângulo de incidência- 90º
*
*
Indicações
Alívio da dor;
Redução de espasmos musculares;
 Promover a flexibilidade dos tecidos reduzindo a rigidez;
Aumento da vascularização;
Algumas condições dermatológicas:
Psoríase \u2013 a hipertermia interfere na duplicação de células- doença proliferativa;
Profilaxia de úlceras de pressão 
*
*
Contra \u2013 indicações 
Alterações de sensibilidade
Processos inflamatórios na fase aguda
Hemorragias
Isquemia por obstrução vascular, ou circulação defeituosa;
Tumores;
Infecções superficiais;
Após radioterapia
*
*
Perigos no tratamento com o IV
Queimaduras;
Pressão sangüínea reduzida;
Danos aos olhos;
Irritações dermatológicas;
Fluxo sangüíneo insuficiente (artérias e arteríolas não podem responder através de uma vasodilatação adequada às demandas do aquecimento adicional.
*
*
*
*
Forma de aplicação
Colocar o paciente em posição cômoda e relaxada;
Despir a região a ser tratada; 
Retirar metais
Testar a sensibilidade;
Aquecer a lâmpada se for não-luminosa;
Proteção dos olhos;
Posicionar a lâmpada em 90º, e na distância adequada;
Orientar o paciente sobre o nível do calor desejado; 
*
*
Radiações 
Infra-vermelho
Ultra-violeta
Laser 
Obedecem a Lei do Inverso Quadrado (a intensidade da radiação é inversamente proporcional ao quadrado da distância da fonte;
Obedecem a Lei do Co-seno (a intensidade da radiação varia em relação ao co-seno do ângulo de incidência) (melhor incidência a 90°)