COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL
8 pág.

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL


Disciplina<strong>comunicação Empresarial</strong>453 materiais581 seguidores
Pré-visualização3 páginas
COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL
Parte superior do formulário
QUESTÃO 1
O planejamento estratégico é um processo gerencial dinâmico e sistemático, centrado no estabelecimento de objetivos e na sua necessária e indispensável contextualização com fatores internos e externos. Assinale, entre as opções abaixo, a que apresenta o nome de uma ferramenta para análise dos ambientes em que atua a organização.
a )
 Business Model Canvas ou Quadro de Modelo de Negócio
b )
 Matriz BCG.
c )
 Mapa Mental
d )
 Análise de Fluxo de Caixa.
e )
 Análise SWOT. 
QUESTÃO 2
Como um saber não normativo, a ética detém-se sobre princípios e não sobre regras. Por isso, 
a )No caso das organizações, a ética parte da perspectiva de que as empresas são justas e agem segundo um arcabouço de princípios legais (as regras).
b ) A convicção para adotar referenciais éticos, claros e coerentes, está diretamente ligada à reputação da empresa, tema que não admite a formulação de regras.
c ) Uma reflexão sobre o que significa uma empresa &quot;ser justa&quot; acabaria por estipular uma série de regras que não poderiam ser verificadas pela ética.
d ) A ética, como saber não normativo, tende a se desligar de questões práticas, sustentando-se quase sempre em abstrações de natureza filosófica.
e ) As empresas devem ser preocupar mais com os valores morais, objetivamente mais ligados ao cotidiano do que as especulações de caráter ético. 
QUESTÃO 3
Quando se afirma que a comunicação empresarial, no estágio em que se encontra hoje, é produto de uma lenta construção de conhecimentos. Dá-se ênfase 
a )  À noção de interdependência entre ela e a comunicação social como um todo.
b ) Ao fato de a comunicação empresarial fundir-se com as relações públicas, área mais antiga e abrangente de conhecimento, e por isso ter-se beneficiado do status alcançado pela segunda.
c ) Ao aprendizado com outras áreas da comunicação social, como Relações Públicas e Jornalismo, sobretudo no início do século 20, e desde então em um processo contínuo de refinamento e aumento do grau de complexidade das atividades.
d ) Ao fato de a comunicação empresarial ter adotado diferentes designações, como comunicação corporativa e organizacional, até o momento em que o nome oficial da disciplina se estabeleceu como o mais apropriado, considerando-se a sua abrangência.
e ) Ao processo de institucionalização da comunicação empresarial que, ao absorver áreas como marketing, responsabilidade social, gestão da reputação, propaganda mercadológica, institucional e corporativa, torna-se a principal referência da comunicação social, com decorrente perda de autonomia das áreas citadas.
QUESTÃO 4
O que é o Midia Trainning?
a )  Um programa de formação de especialistas em marketing digital.
b )  Um fórum, de periodicidade anual, sobre práticas de lobby.
c ) Um programa de formação de programadores de mídia para agências de comunicação.
d ) Uma das principais publicações da área de Relações Públicas.
e ) Um programa de formação de porta-vozes para as organizações.
QUESTÃO 5
Van Riel (2003) afirma que a identidade organizacional é composta por três fatores que formam o chamado Mix de Identidade: 
a )Imagem organizacional estabelecida; marca citada em pesquisas de lembrança como o Top of Mind; Publicação anual do Relatório de Sustentabilidade.
b ) Comportamento da organização; Tempo de existência; Propaganda institucional.
c ) Comportamento da organização; Comunicação; Símbolo: logotipo, material impresso, papelaria etc..
d )  Comportamento da organização; Reputação; Imagem
e ) Alto grau de reputação; Publicação anual do Relatório de Sustentabilidade; Símbolo: logotipo, material impresso etc.
QUESTÃO 6
Sobre a formação do repertório, como um conjunto de conhecimentos organizados e recuperáveis pelo indivíduo com base em sua memória, é correto afirmar: 
a ) O repertório, no sentido próprio da palavra, é representado por aqueles conhecimentos decorrentes da educação escolar, já que correspondem ao grau de formalização inerente à noção de cultura, um conjunto de conhecimentos de caráter teórico, base da experiência da vida prática.
b ) O repertório, embora constitua todo o acervo de experiências do indivíduo, o que inclui a noção de &quot;cultura&quot;, no sentido mais amplo da palavra, não gera propriamente mais conhecimento em benefício desse indivíduo. Isso porque o repertório é determinado apenas por uma operação de inclusão de &quot;mais informação&quot; originada &quot;fora&quot; do indivíduo e não por um redimensionamento a partir da capacidade dele em gerar mais conhecimento a partir do próprio repertório.
c ) O repertório é um conjunto de conhecimentos, uma coleção de saberes e experiências, mas condicionados a uma relação direta entre teoria e prática; assim, os conhecimentos somente de caráter teórico ou, por outro lado, especificamente de caráter prático não podem ser incluídos no referido conjunto de conhecimentos.
d ) O repertório não sofre nenhum tipo de reformulação em termos de conteúdo e de sentido que se possa conceder a cada um dos seus muitos itens; a base é sempre a mesma a qual será sistematicamente expandida por mais conhecimento originado por diferentes fontes: leituras, experiências de diferentes natureza, entre as quais as relações pessoais, viagens, acesso aos bens culturais etc.
 
e ) O repertório é produto de diferentes experiências como as proporcionadas pela vida em família, pela interação com diferentes pessoas e ambientes, pela formação escolar, por leituras, não necessariamente exigidas e/ou estimuladas pela Escola, pela relação com os bens culturais da humanidade e ainda por vários outros elementos, todos participantes do que se chama de visão de mundo.
QUESTÃO 7
Neves (2000) faz referência a três grupos de princípios, conteúdos ou comportamentos que devem orientar o porta-voz em sua relação com a imprensa. Tais itens formam também a base do repertório do profissional. São eles:
a )Compreender e ajuizar a intenção das controvérsias surgidas em contextos de interesse da organização; assegurar, em consequência, a permanência do bom conceito público em relação à organização, como apoio à manutenção dos investimentos produtivos da companhia; como resultado: obter o equilíbrio entre o interesse privado e o interesse público.
b )Capacidade de identificação de problemas e oportunidades relacionados com a comunicação e a imagem institucional da organização no ambiente social; capacidade de avaliação de como o comportamento dos públicos e da opinião pública pode afetar os negócios e a própria vida da organização; capacidade de posicionamento da organização diante desses estímulos.
 
c ) Transparência; relacionamento com a comunidade; normas de governança corporativa.
d ) Capacidade de geração de notícia; prontidão nas respostas; profundo conhecimento técnico sobre os temas relacionados à empresa. 
e )Saber nome de jornalistas e bom conhecimento do perfil dos veículos; rede de contatos com editores; possuir comprovado reconhecimento no contexto das Relações Públicas.
QUESTÃO 8
Em um livro que se tornou clássico, As 22 Consagradas Leis do Marketing, Al Ries e Jack Trout (1993) defendem que a Lei do Foco: 
a ) Meio de representar uma palavra na mente do cliente em perspectiva. Não uma palavra complicada. Marca-se o caminho para a mente, estreitando o foco para uma única palavra ou conceito.
b ) Consiste em eleger um só segmento do mercado para trabalhar - automobilístico, por exemplo - evitando desperdício de recursos e energia (perda de foco) em ações em outros segmentos.
c )  O foco consiste em ocupar um lugar na mente do consumidor.
d ) O foco consiste em chamar a atenção para a categoria que seu produto domina. O seu iogurte não é o líder absoluto do mercado. Mas o é na categoria &quot;grego&quot;.
e )  O foco consiste em chamar a atenção para seu produto ocupando o lugar de líder no mercado.
QUESTÃO 9
Neves (2000) afirma que