A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
67 pág.
Teoria da História (Questionário Completo)

Pré-visualização | Página 5 de 19

acontecimentos por uma história-problema 
A colaboração com outras disciplinas, tais como a geografia, a sociologia, a psicologia, a economia, a lingüística e a 
antropologia social. 
Certo A ênfase na história política, demográfica e social, salientando os aspectos políticos por meio de estudos regionais. 
 A busca por uma história de todas as atividades humanas e não apenas da históriapolítica. 
 A utilização de novas fontes como a tradição oral e vestígios arqueológicos. 
 
30a Questão 
Trata-se de um dos principais modelos historiográficos vigentes no século XIX, tendo como grande característica a análise 
dos "modos de produção", ou seja, das formas através das quais as sociedades reproduzem a sua riqueza. Assinale, 
portanto, entre as opções abaixo, aquela que define, corretamente, esse modelo historiográfico. 
 História cultural. 
 História política. 
Certo Materialismo histórico. 
 História social. 
 Metafísica platônica. 
 
31a Questão 
A moderna História oral surgiu na década de 1940, pós-segunda guerra mundial nos Estados Unidos. Essa metodologia 
tornou possível a transformação de objetos de estudo em sujeitos, uma vez que: 
 Acredita que as fontes orais são apenas complementos das fontes escritas. 
Defende que as sociedades não letradas são sociedades sem história, uma vez que não tem como registrar o 
passado. 
Promove a separação entre sujeito e objeto colocando o historiador em uma imparcialidade necessária para o 
desenvolvimento de seus trabalhos 
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
Certo Contribui para uma história mais rica e viva, pois os entrevistados são ao mesmo tempo os objetos a serem 
estudado e podem contribuir para a construção de sua história. 
Não serve como instrumento para informação sobre o passado, pois o que interessa é apenas a objetividade dos 
narradores 
 
32a Questão 
Leia com atenção o trecho a seguir: "Mas nas menores como nas maiores felicidades é sempre o mesmo aquilo que faz da 
felicidade felicidade: o poder esquecer ou, dito mais eruditamente, a faculdade de, enquanto dura a felicidade, sentir a-
historicamente." (NIETZSCHE, Friedrich. Considerações Extemporâneas. p. 58) Podemos dizer que na reflexão de Nietzsche 
há uma crítica: 
Certo ao Historicismo. 
 ao conceito medieval de história. 
 ao Estruturalismo Durkheimiano. 
 à Filosofia Cartesiana. 
 ao conceito ciceroniano de história. 
 
33a Questão 
Leia com atenção os dois trechos abaixo: "No simbolismo do século XX se condensa todo o fracasso da modernidade, a 
falência do humanismo e o fim do sonho iluminista. Todas as promessas da filosofia da história do século XIX, de uma 
história teleológica, atravessada pela razão, em direção à civilização, ao progresso, à liberdade, à igualdade e à fraternidade 
são calcinadas junto com milhares de japoneses. A validade destas metanarrativas que tentaram unificar a totalidade da 
experiência histórica da modernidade, dentro de um projeto de emancipação humana global, é contestada violentamente." 
(JUNIOR; 2007, p. 56). O aspecto mais fundamental da condição pós-moderna é a morte dos centros, o colapso das 
propostas racionalistas que se ancoravam no princípio de que de fato era possível conhecer a realidade e que a realidade 
era um dado objetivo, com existência própria e independente da cognição humano, sendo, por isso, passível de ser 
conhecida. A condição pós-moderna se fundamenta na incredulidade diante das metanarrativas modernas.¿ (LYOTARD: 
1979, p. 94) Podemos dizer que tanto o historiador brasileiro Durval Muniz de Albuquerque Jr como o filósofo francês 
François Lyotard tratam de uma mesma experiência cultural. Marque entre as opções abaixo aquela que melhor apresenta 
essa experiência. 
Certo Os autores estão tratando da crise dos valores modernos, como, por exemplo, o otimismo em relação à passagem 
do tempo. 
Os autores estão se referindo à queda do muro de Berlim, o que resultou no início da Segunda Guerra Mundial 
(1939-1945). 
Os autores estão analisando o pensamento filosófico positivista, que no final do século XX se tornou o fundamento 
do pensamento moderno. 
Os autores estão se referindo às disputas neocoloniais, o que resultou no início da Primeira Guerra Mundial (1914-
1918). 
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
 Os autores estão tratando do êxito do materialismo histórico e do colapso do liberalismo burguês. 
 
Explicação: 
Questões boas para debate e aprofundamento 
 
34a Questão 
No final do século XX, junto com a crise dos paradigmas historiográficos que tinham o projeto de escrever uma história 
total, aconteceu, também, um dos valores mais importantes da modernidade. Assinale, portanto, entre as opções abaixo, 
aquela que apresenta, corretamente, esse valor. 
 Capitalismo. 
 Tradição. 
Certo Progresso. 
 Socialismo. 
 Antiguidade. 
 
Aula 03 - ECONOMIA E SOCIEDADE - HISTÓRIA ECONÔMICA E HISTÓRIA SOCIAL 
1a Questão 
Qual assertiva abaixo não está correta: 
A história dos Annales com a sua interdisciplinaridade permitiu que a história pudesse apropriar-se das ferramentas 
das outras disciplinas para desenvolver e analisar melhor seu objeto de estudo. 
Certo A história econômica nunca foi muito bem vista dentro dos Annales, que desde o início queria fortalecer a história 
oficial dos Estados. 
A economia só se tornou uma esfera específica do mundo social após o advento do capitalismo. Mesmo nas 
sociedades capitalistas, a economia não é completamente opaca e imune às influências das outras atividades 
sociais, políticas e culturais. Por isso, é fundamental o diálogo da história econômica com a história social. 
A história econômica foi durante grande parte do século XX uma abordagem hegemônica dentro da história social 
proposta pelos annales. 
 A economia diz respeita à produção, circulação e consumo de riquezas em uma determinada sociedade. 
 
2a Questão 
Sobre a história quantitativa, é possível dizer que: 
 aplica-se, exclusivamente, à história econômica. 
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
Certo consiste, fundamentalmente, no tratamento das fontes a partir de uma ênfase numérica, podendo, portanto, ser 
identificada em diversas abordagens. 
consiste, tão somente, na descrição numérica das fontes, podendo, podendo, portanto, ser identificada em 
diversas abordagens. 
 aplica-se, exclusivamente, à história social. 
 aplica-se à história econômica e à história cultural. 
 
3a Questão 
Assinale, entre as opções abaixo, aquela que apresenta, corretamente, o nome de um dos autores mais importante pelo 
delineamento da abordagem da história quantitativa. 
 Lucien Febvre. 
 Marc Bloch. 
Certo Ernest Labrousse. 
 Fernand Braudel. 
 Pierre Chaunu. 
 
4a Questão 
O modo de se pensar a História como construída através de etapas, ressaltando a luta de classes e considerando-a 
teleológica tem suas limitações. Após ser muito utilizado os historiadores perceberam que tal modo não dava conta de 
responder certos aspectos da vida social. 
Sobre qual modelo teórico o texto acima se refere: 
 História do Cotidiano 
Certo História marxista 
 História dos Annales 
 HIstória Regional 
 HIstória Positivista 
 
5a Questão 
Podemos dizer que o argumento cartesiano do cogito "Penso logo existo" foi o fundamento do seguinte paradigma: 
 Esteticismo de Kant. 
Certo estruturalismo de Durkheim e Levi-Strauss. 
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
 Historicismo de Marc Bloch. 
 Estoicismo de Montaigne. 
 niilismo de Nietzsche. 
 
Explicação: 
Linhas intelectuais que valem a observação do aluno como abordagens paralelas. 
 
6a Questão 
A história econômica, tal como todos