RELATORIO FINAL ELILEIA
47 pág.

RELATORIO FINAL ELILEIA


DisciplinaEstágio Supervisionado Pedagogia132 materiais415 seguidores
Pré-visualização9 páginas
GRUPO SER EDUCACIONAL
UNAMA-UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA
DISCIPLINA: ESTÁGIO SUPERVISIONADO II - PEDAGOGIA
ELILEIA FICAGNA DE FREITAS
RELATÓRIO FINAL
RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO NO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
PLACAS/PA
2019
ELILEIA FICAGNA DE FREITAS
RALATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO NO 5° ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
Relatório Final apresentado ao Curso de Graduação em Pedagogia na Escola Presidente Tancredo Neves como requisito para aprovação da disciplinada Estágio Supervisionado II
PLACAS/PA
2019
 INTRODUÇÃO
O presente relato de Estágio do Ensino Fundamental I referente a Investigação do Contexto Escolar, Observações das Aulas e regência, sendo do curso de Pedagogia, do Centro Universitário Unama, na modalidade à distância, sob a orientação da professora Herica Teixeira Simão e tutor Carlos Alexandre de Oliveira, o qual foi realizado na Escola Municipal de Ensino Fundamental Tancredo Neves em Placas/Pá.
As atividades desenvolvidas no decorrer deste Estágio Supervisionado II, foi cumprido conforme as exigências da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN)- Lei nº9394/96, o estágio constitui uma das etapas mais importantes na vida acadêmica dos alunos de Pedagogia, com o objetivo de oportunizar a observação e a pratica em sala de aula, isso nós exige esforço, dedicação e acima de tudo comprometimento com a educação, estar dentro da sala de aula, vivenciar cada etapa, uma oportunidade única, quando se está no âmbito escolar deparamos com diversas situações e questionamentos.
Este estágio proporciona ao acadêmico a aplicabilidade das teorias estudadas no decorrer do curso de graduação, visando buscar experiência e desenvolvimento no campo profissional, tornando-se um dos maiores desafios do curso de licenciaturas, durante este estágio compreendi que ser professor vai bem além do que simplesmente ser um portador de informações, me fez entender melhor que o professor tem que ter planejamento, recursos, metodologias, estratégias e vários improvisos da docência, a qual se torna uma profissão bem complexa e ao mesmo tempo prazerosa quando exercida com afeto.
O estágio foi realizado com a turma do quinto ano do Ensino Fundamental I período matutino, com início das aulas às 7h30min às 11h45min, onde possibilitou trocas de saberes essenciais, de suma importância no aprimoramento dos métodos educacionais, no processo ensino-aprendizagem, foi positivo, satisfatório e explorador durante as atividades, percebi que é preciso ter paciência no processo de ensino e aprendizagem, o qual obtive para minha bagagem aprendizados significativos e que ficarão perpetuados.
 Observei que não há o acolhimento na entrada para aula, quando o portão e aberto os alunos entram todos bem rápido, sem nenhum acolhimento, alguns vão para suas salas outros ficam conversando nos corredores da escola, logo em seguida bate a última sineta aí eles vão para suas salas.
Muito bem durante o estágio de observação percebi que alguns alunos apresentarão dificuldade na leitura, interpretação de texto. Outro ponto importante foi as aulas tradicionais, sem recursos, sem lúdico, então perante esta situação me propus conversar com a professa de classe, para saber se a metodologia utilizada era sempre aquela. Então obtive a resposta que sim, perguntei se não fazia uso do lúdico, ela disse que não, pois era só fictício. Perante esta resposta, simplesmente me senti paralisada sem ação de propor uma intervenção.
Simplesmente a forma de trabalhar o conteúdo didático seria conforme a professora me orientou na elaboração dos planos de aula, de forma tradicional. E quando se fizesse uma oportunidade iria trabalhar algumas formas buscando o lúdico, mas com muito cuidado para não afetar a professora da classe. Outro ponto seria fazer o acolhimento o qual acho de fundamental importância, para os alunos desenvolver o lado do afeto. Desta forma me senti incapaz de desenvolver uma aula diferenciada.
 
 
A ANÁLISE DOCUMENTAL COMO POSSIBILIDADE DE REFLEXÃO DA IDENTIDADE DA ESCOLA CAMPO
2.1. Projeto Político Pedagógico
Escola Estadual municipalizada de Ensino Fundamental e Médio Presidente Tancredo Neves, foi fundada no ano de 1985, tendo como primeiro nome Escola Ronan Liberal. No ano seguinte recebeu o nome atual em homenagem ao Presidente Tancredo de Almeida Neves. Sua localização está na Avenida Perimetral Sul, Bairro Centro n° 100, na área urbana, no município de Placas - Pará. Prédio próprio, construído em alvenaria, madeira, cobertura de telha de cerâmica e piso de cimento. Sendo assim, a Escola possui três autorizações, ou seja, resoluções diferentes para cada modalidade, Ensino Fundamental, EJA e Ensino Médio.
A referida instituição possui uma estrutura física de 12 salas de aula, uma sala de direção, uma cozinha, uma biblioteca (com TV, antena parabólica, vídeo cassete), internet através de um roteador, duas secretarias, fundamental e médio, um depósito, quatro banheiros, sendo dois masculinos e dois femininos para alunos, uma sala para professores, com dois banheiros, um feminino e outro masculino e um refeitório, um bebedouro com quatro torneiras, no momento está sem espaço para realizar as aulas de Educação Física. Porém no momento não está sendo feito o uso de vários lugares, pois a escola encontra-se em uma reforma.
A Escola trabalha atendendo alunos nos três turnos: matutino, vespertino e noturno. Nesta Escola, é realizada anualmente, no mês de maio, a partir do ano de 2005 a GUIETAN (Gincana de União Inter sala da Escola Tancredo Neves) que comemora o aniversário da escola e no mês de junho uma festa em comemoração ao dia de São João. O qual também não acontecera este ano por motivo do colégio está em reforma.
O planejamento de ensino da Escola leva-se em consideração que a tarefa primordial da escola é a difusão dos conteúdos, não conteúdos abstratos, mas vivos, concretos e, portanto, indissociáveis das realidades sociais. Dentro da proposta integracionista crítico-social, os conteúdos são desenvolvidos levando em consideração a realidade dos educandos, e planejado pelo grupo de professores a nível geral e também em reuniões de grupo por série. O contato com a escola pode ser realizado por meio do e-mail rosineideoliveira123@hotmail.com, telefone (93)984143416. A referida instituição é mantida e gerenciada pela Secretaria Municipal Educação (SEMD), atende um total de uma clientela de aproximadamente 1.173 alunos distribuídos entre zona urbana e rural numa faixa etária oscilando entre 06 e 45 anos.
A mesma situa-se na área mais populosa do município e seus moradores, na grande maioria, são pessoas carentes, fator que reflete de forma transparente uma experiência de vida difícil, no sentido socioeconômico e cultural. Porém, apesar dos problemas, a esperança de dias melhores e uma vida mais digna estão estampadas em cada rosto, as aulas foram observadas na turma do quinto ano, juntamente com a Prof.ª Sirlei Cerqueira Santos formada em pedagogia e tem especialização em educação infantil e seres iniciais, o professor de educação física Rilsom Oliveira formado em Pedagogia e em Educação Física, e a professora de Artes, Neusa Schonholzer Faleiro formada em Pedagogia. 
De acordo (LONGHI, 2010, p. 83) \u201cA instituição educacional é o espaço interacional onde se realiza a formação do aluno por meio do diálogo na diversidade, diálogo aceitável para olhar o outro no seu mundo de cultura e de alteridade\u201d. Com o estudo realizado do Projeto Político Pedagógico (PPP), o qual consta que se torna mais fácil para a escola planejar o ano letivo, rever e aperfeiçoar a oferta curricular, aprimorar expedientes avaliativos, demonstrando a capacidade de evolução positiva crescente. Conforme o