Coluna
84 pág.

Coluna


DisciplinaAnatomia I31.831 materiais262.090 seguidores
Pré-visualização2 páginas
TOPOGRAFIA COLUNA VERTEBRAL
Profa. MSc. Luana Cavaleiro
A coluna vertebral, estende-se do crânio até a
pelve. Composta por tecido conjuntivo e por
uma série de ossos, chamados vértebras, as
quais estão sobrepostas em forma de uma
coluna, daí o termo coluna vertebral.
Superiormente, se articula com o osso
occipital (crânio); inferiormente, articula-se
com o osso do quadril ( Ilíaco ).
COLUNA VERTEBRAL
Funções da Coluna Vertebral 
\u27a2 Protege a medula espinhal e os nervos espinhais;
\u27a2 Suporta o peso do corpo, fornece um eixo
parcialmente rígido e flexível para o corpo e um pivô
para a cabeça;
\u27a2 Exerce um papel importante na postura e
locomoção;
Funções da Coluna Vertebral 
\u27a2 Serve de ponto de fixação para as costelas, a cintura
pélvica e os músculos do dorso;
\u27a2 Proporciona flexibilidade para o corpo, podendo
fletir-se para frente, para trás e para os lados e ainda
girar sobre seu eixo maior.
DIVISÃO DA COLUNA VERTEBRAL
A coluna vertebral é dividida em cinco regiões:
Cervical, Torácica, Lombar e Sacro e Cóccix.
São 7 vértebras cervicais, 12 torácicas, 5
lombares, 5 sacrais e cerca de 4 cóccix.
Curvaturas da Coluna Vertebral
Numa vista lateral, a coluna apresenta várias
curvaturas consideradas FISIOLÓGICAS.
Cervical (convexa ventralmente -LORDOSE),
Torácica (côncava ventralmente - CIFOSE),
Lombar (convexa ventralmente - LORDOSE).
DESVIOS DA COLUNA
HIPERCIFOSE / HIPERLORDOSE: Aumento
das curvaturas
HIPOCIFOSE/ RETIFICAÇÃO: Diminuição
das curvaturas
ESCOLIOSE: Desvio lateral da coluna
DESVIOS DA COLUNA
CANAL VERTEBRAL
O canal vertebral segue as diferentes curvas da
coluna vertebral. É grande e triangular nas
regiões onde a coluna possui maior mobilidade
(cervical e lombar) e é pequeno e redondo na
região que não possui muita mobilidade
(torácica).
Disco Intervertebral
Entre os corpos de duas vértebras adjacentes
desde a segunda vértebra cervical até o sacro,
existem discos intervertebrais.
Constituído por um disco fibroso periférico
composto por tecido fibrocartilaginoso, chamado
ANEL FIBROSO; e uma substância interna,
elástica e macia, chamada NÚCLEO PULPOSO.
Compressão 
nervosa
ARTRODESE DA CERVICAL
Características gerais das vértebra
Características regionais
Cervical 
Região cervical
A região cervical é formada por sete
vértebras que estão divididas, em
vértebras típicas e atípicas. Constitui a
primeira região da coluna vertebral, (de
cima para baixo), dando origem ao
pescoço.
Tem como características o corpo
pequeno, o processo espinhoso bifurcado
e forame no processo transverso.
Vértebras cervicais atípicas
São vértebras que não apresentão
características da própria região 
C1 (Atlas)
Primeira vértebra da região cervical, tem 
como características não possuir corpo e 
nem o processo espinhoso. 
Atlas vista superior
C2 (Áxis)
Segunda vértebra cervical, tem como 
características o processo odontóide
(dente).
Áxis
C7 (proeminente)
\u2022 Sétima vértebra cervical, tem como 
características o processo espinhoso único 
tendo aspectos já com a região torácica.
Sétima cervical
Vértebras cervicais típicas
São vértebras que possuem as
mesmas características da própria
região são elas: (C3, C4, C5 e C6).
Vértebras da região torácica
A região torácica é formado por doze
vértebras. Onde vai formar o tórax se
articulando com as costelas.
Tem como características o corpo maior
que a cervical e menor que a lombar,
processo espinhoso longo e oblíquo e
processo articular para as costelas.
Torácica vista superior
Torácica vista lateral
Região lombar
É formada por cinco vértebras e faz
parte da região inferior do tronco.
Tem como características o corpo grande
e o processo espinhoso quadrilátero.
Lombar vista superior
Osso sacro
É considerado como um único osso com
cinco vértebras fundidas. Faz parte da
articulação do quadril. Sua face
anterior é côncava e a posterior é
convexa.
Sacro - Vista Anterior
Sacro vista anterior
Sacro vista posterior
Osso cóccix
É considerado como um único osso com
variação no número de vértebras, (3 a 4).
As vértebras 
são unidades 
funcionais
Cada unidade 
é constituída 
de duas 
vértebras 
adjacentes. 
LIGAMENTOS 
DA 
COLUNA VERTEBRAL
Ligamentos da Coluna Vertebral
Corpo vertebral \u2013 parte anterior
Membrana Atlantoccipital Anterior 
Ligamento Atlantoaxial Anterior 
Ligamento Longitudinal Anterior
Corpo vertebral \u2013 parte 
posterior
Membrana Tectória
Lig. Longitudinal Posterior
Parte posterior interna do arco 
vertebral
Membrana Atlantoccipital Posterior 
Ligamento Atlantoaxial Posterior 
Ligamento Amarelo
Parte posterior externa do arco 
vertebral
Ligamento Nucal
Ligamento Interespinal
Ligamento Supraespinal
Ligamentos da Coluna Vertebral
Ligamento Nucal
Ligamento Interespinal
Ligamento Supra-espinal
Parte posterior externa do arco vertebral
Ligamentos da Coluna Vertebral
Membrana Tectória
Ligamento 
Longitudinal Posterior
Corpo vertebral \u2013 parte posterior
Ligamentos da Coluna Vertebral
Ligamento Longitudinal 
Anterior
Ligamento 
Intertransversário
Corpo vertebral 
\u2013 parte anterior
Ligamentos da Coluna Vertebral
Ligamento Amarelo
- Composto por tecido 
elástico amarelo
- Postura vertical
Parte posterior interna do 
arco vertebral
ARTICULAÇÕES 
DA 
COLUNA VERTEBRAL
ARTICULAÇÃO ATLANTOCCIPITAL
Sinovial \u2013 Bicondilar/ Elipsóidea - Biaxial
Flexão-Extensão / Eixo Latero-lateral
Inclinação lateral / Eixo Antero-posterior
Articulação Atlantoaxial
MEDIANA
Sinovial - Trocóidea
Articulação Atlantoaxial Mediana
Sinovial - Trocóidea
Ligamento do ápice do dente do axis
Articulação Atlantoaxial Lateral
Sinovial - Plana
\u2022 Cápsula Articular
\u2022 Superfície Articular
ARTICULAÇÃO INTERVERTEBRAL
SÍNFISE
Núcleo
Pulposo
Anel
Fibroso
Articulações dos Processos Articulares
Sinovial - Plana
Articulação Costovertebral
Tubérculo da Costela
Cabeça
Da
Costela
Articulação Costovertebral
Fóveas Costais
Superior e inferior
Fóvea 
do 
Processo Transverso
Articulação Costovertebral
Articulação da Cabeça da Costela
Ligamento Radiado
Articulação Costovertebral
Articulação Costotransversária
Ligamento
Costotransversário Superior.
Ligamento
Costotransversário Lateral
Articulação Lombossacral / 
Sacroilíaca
Lig. Ilíolombar
Lig. Sacroilíaco Ant.
Lig. Sacroespinal
Lig. Sacrotuberal
Movimentos Permitidos na Coluna 
Vertebral
\u2022 Flexão
\u2022 Extensão
\u2022 Flexao Lateral
\u2022 Rotação
MÚSCULOS 
DA 
COLUNA VERTEBRAL
Músculos Situados mais 
Superficialmente
\u2022 Trapézio;
\u2022 Latíssimo do Dorso ou Grande Dorsal;
\u2022 Rombóide;
\u2022 Levantador da Escápula;
\u2022 Serrátil Póstero-Superior;
\u2022 Serrátil Póstero-Inferior;
Trapézio
Inserção Medial: Linha nucal superior, 
ligamento nucal e processos espinhosos da 
C7 a T12
Inserção Lateral: Borda posterior da 
clavícula, acrômio e espinha da escápula
Inervação: Nervo Acessório (XI par 
craniano) e nervo do trapézio (C3 - C4)
Ação:
* Fixo na Coluna: Elevação do ombro, 
adução das escápulas, rotação superior 
das escápulas e depressão de ombro
* Fixo na Escápula:
Contração Unilateral: Inclinação 
homolateral e rotação contralateral da 
cabeça
Contração Bilateral: Extensão da cabeça
Latíssimo do Dorso
Inserção Medial: Processos 
espinhosos da 6 últimas