Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
empreendedorismo atividade 1 dificuldades e facilidades de empreender

Pré-visualização | Página 1 de 1

1 - Tais políticas não são desenvolvidas a partir do diálogo com os empreendedores, e apesar das mensagens encorajadoras do governo, os empreendedores encontram dificuldades práticas para acessar os recursos, o apoio e as oportunidades necessárias para começar e administrar seus negócios 
O empreendedorismo é um fenômeno complexo condicionado a fatores culturais, mas que também é influenciado por questões políticas e econômicas, sendo resultado dos hábitos, práticas e valores das pessoas. Em países desenvolvidos, com economia estável, os empreendedores agem de forma diferente daqueles num país pobres e com população carente. O fato é que o empreendedor é influenciado diretamente pelo meio onde vive, sendo um fenômeno cultural
a vida do empreendedor no Brasil não é fácil. Os principais fatores limitantes estão relacionados com a burocracia, a carga tributária e a infraestrutura. A mortalidade das empresas nos dois primeiros anos de vida é elevada, mas tem melhorado nos últimos anos. Esses aspectos resultam na observação que o medo de fracassar é o mais impactante para decidir empreender (GEM, 2016). 
Melhorar o cenário do empreendedorismo no Brasil depende de uma evolução das políticas públicas do governo
negativo: dificuldades com a participação o governo, pois este não desenvolve políticas públicas que incentivem o empreendedorismo. Não há apoio contínuo e oportunidades vindas do governo. O Mal momento da economia, crises políticas, fatores naturais e culturais, país subdesenvolvido, burocracia, tributos, falta de infraestrutura, levando a alta taxa de falência dos empreendimentos. Falta de capacitação também é um ponto que dificulta o desempenho do empreendedor. A necessidade do empreendedor como forma para iniciar as atividades, pois esta não vem condionada ao devido planejamento que um empreendimento precisa ter para obter sucesso, gerando a informalidade fruto do desemprego e o não retorno ao mercado de trabalho.
positivo: participação do SEBRAE, órgão do governo, orientando e capacintando os empreendedores. Apoio para quem deseja iniciar um empreendimento, realizando consultorias e treinamentos. Melhoria na economia, geração de empregos, incentivo ao desenvolvimento junto à pesquisa, ferramenta de análise do desenvolvimento da economia a partir do desempenho dos empreendimentos.