A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
RESUMO ÁREA I 2 MICRO CLÍNICA

Pré-visualização | Página 3 de 3

forem ativadas ⇒ corrente sanguínea​ ​⇒ septicemia, pneumonia, 
aborto…. 
■ Vacúolo Contendo ​Salmonella 
● Fagossomo que se formou ao redor da bactéria após internalização 
○ Sem ⬇ do pH ⇒​ ​Inibe fusão fagolissomal​ ⇒ Latência 
○ Ajuda na nutrição da bactéria 
■ Vacúolo é ​atraído próximo ao núcleo da célula do hospedeiro 
● Ele “caminha” junto com os microtúbulos (responsáveis pela 
captação de energia) ⇒ bactéria se multiplica 
○ Actina recobre o vacúolo 
■ Célula acha que faz parte dela​ ⇒ potencial para câncer pela 
modificação causada na célula (estudos muito recentes) 
○ Produção de diarreia 
■ Depende do sistema imune e da cepa 
● Pode ser 
○ De um ou dois dias 
○ Imperceptível 
○ Profusa ou intensa 
■ Sistema imune (prostaglandinas) aumenta permeabilidade celular ⇒ diarreia 
■ Sanguinolenta e amarelada 
 
Leptospira 
● São bactérias: 
○ Gram - 
■ Coram dificilmente (tem dupla estrutura) 
● Prata 
● Nigrosina 
● Vermelho congo 
● Giemsa 
■ Elas têm estruturas de Gram - e + 
● Gram - ​(membrana mais externa) 
○ Membrana duplas e LPS 
● Gram + ​(membrana mais interna) 
○ Associação entre membrana citoplasmática e mureína da parede celular 
○ Móveis 
■ ENDOFLAGELOS (fica no espaço periplasmático) ⇒ não instigam sistema imune 
○ Habitam meios aquáticos 
■ Transmissão por contato direto 
● Urina, leite e secreções genitais 
● Água/alimentos 
● Lesões 
Robson Caetano Dos Santos 
● Mucosas 
■ Sensíveis à dessecação e aeróbias estritas 
 
● LPS 
○ Principal componente antigênico de superfície 
○ Diferenças estruturais no carboidrato do LPS ⇒ diversidade antigênica ⇒ sorogrupos 
 
● Epidemiologia 
○ Hospedeiros (​mamíferos​) 
■ De manutenção/natural/adaptada 
● Suscetíveis 
● Doença mais leve 
● Excreção do agente é LONGA​ ​⇒ ⬆ contaminação do ambiente ⇒ Hospedeiros 
Acidentais 
■ Acidentais (HUMANOS​) 
● Baixa suscetibilidade 
● Doença é severa 
● Transmissores ineficientes 
 
● Virulência 
○ Patogenicidade 
■ Virulência depende da sorovariedade e susceptibilidade do hospedeiro 
■ Invasão (pele e mucosas) ⇒ motilidade (endoflagelos) ⇒ corrente sanguínea 
(quimiotaxia por hemoglobina) ⇒ eliminadas em 10 dias (anticorpos) 
● Pode persistir nos túbulos renais, fígado, útero, olhos e meninges 
○ Forma biofilme 
○ Proteinas de Superficie ⇒ apoptose de macrofagos 
○ Penetração nas células do hospedeiro (receptores para LPs ⇒ endocitose) 
○ Hemolisina (Esfingomielinases) 
■ Coagulação/trombos 
■ Nao produzida no hospedeiro de manutenção 
● Diagnóstico 
○ PCR 
○ Identificação ⇒ ​Observação de urina em campo escuro 
 
Burkholderia 
● São bactérias: 
○ Bastonetes 
○ Gram - 
○ Aeróbias OBRIGATÓRIAS 
○ Intracelular facultativas 
 
● Burkholderia mallei ⇒ Mormo 
○ Habitat 
■ Locais úmidos e escuros 
○ Hospedeiros 
■ Naturais 
● Equídeos 
■ Susceptíveis 
● Humanos 
○ Doença septicêmica aguda 
○ Infecção primária 
■ Mucosa nasal e pulmonar 
● Carnívoros 
■ Resistentes 
● Bovinos 
● Suínos 
● Ratos 
● Pássaros 
Robson Caetano Dos Santos 
○ Resistência 
■ Não é resistente no ambiente 
● Vive até um mês na água 
● Morte rápida com calor e dessecação 
○ Infecção 
■ Alimento 
■ Água 
■ Secreção nasal 
○ Zoonótica 
■ Felinos 
■ Cães 
■ Caprinos 
■ Ovinos 
■ Camelos 
○ Transmissão 
■ Direta 
● Aerossóis 
● Pele lesionada (bem menos comum) 
■ Indireta 
● Mais comum 
○ Patogenia 
■ Formas 
● Aguda 
○ Febre 
○ Descarga nasal mucopurulenta 
○ Alteração respiratória graves 
○ Septicemia​ ​⇒ morte (2 semanas) 
● Crônica (+ comum) 
○ Nasal 
■ Edema de glote​ ​⇒ secreção nasal 
○ Pulmonar 
■ Nódulos 
○ Cutânea 
■ Nódulos no trajeto linfático 
■ Menos letal que as outras 
● Lesões 
○ Supurativa ou Granulomatosa 
■ Depende da cepa 
■ Fatores envolvidos na patogenicidade 
● Cápsula ​polissacarídica (proteção) 
● Toxina ​(fator letal tóxico) 
● LPS = endotoxinas ⇒ Ativam SI 
● Sistemas de secreção tipo III, IV e VI 
○ Penetração na célula para inserir proteínas 
● Bactéria endocitada⇒ fagossomo ⇒ fagolisossomo ⇒ ​⬇ pH ⇒ Ativa sistema de 
secreção VI⇒ libera proteínas efetoras⇒ destrói fagossomo/vacúolo ​⇒ bactéria 
livre ⇒ ativa receptores celulares ⇒ sistema imune reconhece ⇒ sistema de 
autofagia do macrofago é ativada ⇒ bacteria foge usando actina ⇒ ​sistema de 
secreção III se conecta a actina ⇒ bactéria ganha “flagelo” de actina 
(polimerização da actina) ​⇒ bactéria passa (forma vacúolo) ou rompe membrana 
(toxina citoletal ⇒ necrose) ⇒ ​infecção transmembrana​ ​(atinge outros tecidos) 
 
*Bactéria inibe resposta imune quando está com a actina do hospedeiro 
○ Diagnóstico 
■ Direto 
● Isolamento bacteriológico 
● PCR 
■ Indireto 
● Sorologia 
● Maleinização = confirmatório 
Robson Caetano Dos Santos