A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
14925 . 5 - Epidemiologia e Planejamento em Saúde Animal - Unidade 2 - Avaliação On-Line 3 (AOL 3) - Questionário

Pré-visualização | Página 1 de 2

Revisar envio do teste: Avaliação On-Line 3 (AOL 3) - Questionário
 
	Usuário
	Luanda Nardilza Pinto Paranhos da Silva
	Curso
	14925 . 5 - Epidemiologia e Planejamento em Saúde Animal - 20192.AB
	Teste
	Avaliação On-Line 3 (AOL 3) - Questionário
	Iniciado
	12/09/19 20:45
	Enviado
	12/09/19 20:59
	Status
	Completada
	Resultado da tentativa
	10 em 10 pontos  
	Tempo decorrido
	14 minutos
	Instruções
	Atenção! Você terá 1 opção de envio. Você pode salvar e retornar quantas vezes desejar, pois a tentativa só será contabilizada quando você decidir acionar o botão ENVIAR.
Após o envio da atividade, você poderá conferir sua nota e o feedback, acessando o menu lateral esquerdo (Notas).
IMPORTANTE: verifique suas respostas antes do envio desta atividade.
	Resultados exibidos
	Todas as respostas, Respostas enviadas, Respostas corretas
Pergunta 1
1 em 1 pontos
	
	
	
	As medidas de ocorrência em epidemiologia são utilizadas para descrever a distribuição das diferentes doenças na população, servem para quantificar o desfecho, fato fundamental para o estudo de um determinado problema, e:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	d. 
As principais medidas de ocorrência utilizadas em epidemiologia são as medidas estáticas (prevalência) e as medidas dinâmicas (incidência).
	Respostas:
	a. 
Não servem como indicadores epidemiológicos.
	
	b. 
A ocorrência de uma doença ou sua condição pode ser avaliada de três formas: por determinação direta, indireta e composta.
	
	c. 
Conhecer como se quantifica ou mensura a ocorrência de um fenômeno adequadamente consiste em uma habilidade crucial para o estudo de um determinado problema, agravo ou condição de saúde. Contudo, este tipo de conhecimento não permite a instalação de medidas de tratamento, profilaxia prevenção e o planejamento em saúde.
	
	d. 
As principais medidas de ocorrência utilizadas em epidemiologia são as medidas estáticas (prevalência) e as medidas dinâmicas (incidência).
	
	e. 
Para o entendimento da medida de ocorrência de uma doença ou condição em uma população animal, necessita-se apenas da média do problema.
	
	
	
Pergunta 2
1 em 1 pontos
	
	
	
	O teste que avalia se uma premissa é verdadeira para o conjunto de dados ou população animal estudada é o:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
Teste de hipótese ou teste t de Student.
	Respostas:
	a. 
Valor p.
	
	b. 
Teste de hipótese ou teste t de Student.
	
	c. 
Teste do Chi-quadrado.
	
	d. 
Intervalo de confiança.
	
	e. 
Teste de Fischer.
	
	
	
Pergunta 3
1 em 1 pontos
	
	
	
	A epidemiologia descritiva realiza o estudo da distribuição da frequência das doenças e dos agravos à saúde coletiva, em função de variáveis ligadas ao tempo, espaço e indivíduo e responde a seguinte(s) pergunta(s):
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
Quem tem a doença?
	Respostas:
	a. 
Se o contágio ocorre por meio de um hospedeiro vertebrado infectado a outro suscetível, por contato, veiculação ou vetor mecânico.
	
	b. 
Quem tem a doença?
	
	c. 
Como a doença evolui?
	
	d. 
Qual o custo?
	
	e. 
Se envolvem ciclos biológicos heteroxenos que requerem um hospedeiro vertebrado e outro invertebrado.
	
	
	
Pergunta 4
1 em 1 pontos
	
	
	
	Em relação à incidência, é correto afirmar que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
Na incidência, os casos novos são aqueles que, no início do estudo realizado, os animais não apresentavam a doença, mas, no decorrer do acompanhamento do estudo, desenvolveram-na.
	Respostas:
	a. 
A incidência corresponde a uma medida estática, que considera a dimensão tempo.
	
	b. 
Na incidência, os casos novos são aqueles que, no início do estudo realizado, os animais não apresentavam a doença, mas, no decorrer do acompanhamento do estudo, desenvolveram-na.
	
	c. 
Incidência cumulativa ou risco trabalha com populações dinâmicas, nas quais ocorre a entrada ou saída de novos animais, depois de definida a população em estudo e iniciado o acompanhamento de um grupo de animais.
	
	d. 
A incidência de uma doença ou agravo é definida como o número de casos antigos que surgem durante um período específico em uma população em risco de desenvolver determinada doença.
	
	e. 
A incidência é uma medida de ocorrência estática.
	
	
	
Pergunta 5
1 em 1 pontos
	
	
	
	Sobre o estudo observacional ecológico, pode-se afirmar que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	d. 
Não existem informações sobre a doença e a exposição do animal individualmente, mas de todo o grupo animal populacional.
	Respostas:
	a. 
Não se comparam a ocorrência da doença/condição relacionada à saúde e a exposição de interesse entre agregados de animais (rebanhos ou animais de determinados países, regiões ou municípios) para verificar a possível existência de associação entre elas. 
	
	b. 
O viés ecológico, ou falácia ecológica, não ocorre no estudo observacional.
	
	c. 
Uma das vantagens é o seu baixo custo. 
	
	d. 
Não existem informações sobre a doença e a exposição do animal individualmente, mas de todo o grupo animal populacional.
	
	e. 
Embora uma associação ecológica possa refletir uma relação causal entre a exposição e a doença/condição relacionada à saúde, a possibilidade do viés ecológico não existe. 
	
	
	
Pergunta 6
1 em 1 pontos
	
	
	
	Estas medidas dependem de valores sociais e intervenções sanitárias. Elas incluem medidas higiênicas pessoais e coletivas, sendo aplicáveis a todo tipo de risco, doença e dano, com grande importância para o controle de doenças transmissíveis em seres humanos e animais.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c. 
Vigilância, observação, pesquisa analítica e experimentação da doença em determinadas população e região em um período específico.
	Respostas:
	a. 
As populações especificadas não são aquelas com características identificadas, como, por exemplo, determinada faixa etária em população, sexo e espécie definidos.
	
	b. 
A distribuição não corresponde à análise por tempo, local e características dos indivíduos em determinada região em um período específico.
	
	c. 
Vigilância, observação, pesquisa analítica e experimentação da doença em determinadas população e região em um período específico.
	
	d. 
As condições relacionadas à saúde não incluem as doenças infecciosas e não infecciosas, causas de mortalidade, hábitos de vida, provisão e uso de serviços de saúde, acesso a profissionais de saúde e de medicamentos.
	
	e. 
Os determinantes não são todos os fatores físicos, biológicos, sociais, culturais e comportamentais que influenciam a saúde de uma população em uma determinada região em um período específico.
	
	
	
Pergunta 7
1 em 1 pontos
	
	
	
	Em relação aos estudos observacionais de coorte, é correto afirmar que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
A mensuração da exposição dos animais antecede o desenvolvimento da doença, não sendo sujeita ao viés de memória, como descrito no estudo observacional de caso-controle. 
	Respostas:
	a. 
As limitações do desenvolvimento desse estudo  são o longo tempo de espera e o baixo número de animais utilizados.
	
	b. 
Os animais que desenvolveram a doença e aqueles que não a desenvolveram são selecionados em coortes de animais expostos e não expostos, existindo o viés de seleção.
	
	c. 
Inicialmente identifica-se a população de estudo e os animais participantes são classificados em doentes e sadios; em uma segunda fase são classificados em animais expostos e não expostos a um determinado agente etiológico ou fator de interesse.
	
	d. 
Se a exposição do animal estiver associada à doença, espera-se que a incidência entre animais expostos seja menor do que entre os animais não expostos, subtraída da variação esperada do acaso. 
	
	e. 
A mensuração da exposição dos animais antecede o desenvolvimento