A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Prova Teoria da Historia

Pré-visualização | Página 1 de 2

Avaliação: CEL0496_AV_201701041111 » TEORIA DA HISTÓRIA
	Tipo de Avaliação: AV
	Aluno: 201701041111 - JANETE HELENA COSTA SANTOS
	Professor:
	RICARDO LUIZ MOSNA FERREIRA DA SILVA
	Turma: 9003/AC
	Nota da Prova: 1,5    Nota de Partic.: 0   Av. Parcial 1  Data: 23/11/2017 11:39:08
	O aproveitamento da Avaliação Parcial será considerado apenas para as provas com nota maior ou igual a 4,0.
	
	 1a Questão (Ref.: 201701927518)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	O que pode ser definido como uma "Escola histórica"? Responda citando o exemplo de uma "Escola Histórica" que você conheceu durante o curso.
		
	
Resposta:
	
Gabarito: "Escola histórica" pode ser definida como um grupo de estudiosos que partilham de elementos comuns em sua prática historiográfica. Pode ser um método, uma perspectiva teórica, uma militância política ou mesmo a filiação a um determinado paradigma. A "Escola" costuma ter um programa em comum, mas é comum haver diferenças de métodos, perspectivas teóricas, militância política ou mesmo filiação a um paradigma. Ou seja, pelo fato de um grupo de intelectuais se identificar como parte de uma "Escola", não significa que ele seja homogêneo. Apenas acontece de se identificarem como parte de uma tradição historiográfica que, inclusive, atravessa gerações. Como exemplo, podemos citar a Escola dos Annales, a Escola Alemã, a Escola marxista inglesa, etc.
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201701925411)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Um dos principais inspiradores da micro-história foi o antropólogo norte-americano Clifford Geertz, um dos maiores críticos da antropologia estruturalista de Lévi-Strauss. Aponte a influencia de Geertz na micro-história.
		
	
Resposta:
	
Gabarito: Geertz afirmou a impossibilidade de um conhecimento rigoroso sobre objetos amplos e totais; porém, a impossibilidade de conhecer tudo não significa que é impossível conhecer algo. Por isso, o antropólogo norte-americano propõe uma análise antropológica baseada no procedimento metodológico da ¿descrição densa¿, que significa a análise cuidadosa de uma realidade micro e recortada de acordo com o critério do tempo e do espaço.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201701153669)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	"A captura desta salutar utopia, pensou-se, deveria passar pelo manejo de tipos específicos de fontes e técnicas de investigação informadas pela representação estatística. Isso significava privilegiar fontes de natureza maciça e cuja estrutura fosse temporalmente recorrente. Dito de outro modo, definido um determinado campo de investigação, procurava-se abarcar a vivência do maior número possível de agentes históricos na longa duração. A busca de fenômenos/relações sociais recorrentes deveria suceder, agora, sim, a construção de quadros explicativos eficazes." (FLORENTINO, Manolo, FRAGOSO, João. História Econômica. In: CARDOSO, Ciro Flamarion, VAINFAS, Ronaldo. Domínios da História. Rio de Janeiro: Elsiever, 1997. P. 33). Os autores estão se referindo à seguinte tradição historiográfica:
		
	
	História Social Inglesa, representada por nomes como Eric Hobsbawm e Quentin Skinner.
	 
	Escola dos Annales, representada por nomes como Fernand Braudel e Jacques Le Goff.
	
	Escola dos Annales, representada por nomes como Jacques Le Goff e Michel de Certeau.
	
	Historicismo alemão, representado por nomes como Jacob Burckhardt e Leopold Ranke.
	 
	Ao estruturalismo cultural, representado por Levi-Strauss.
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201701063874)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Sobre a crise atravessada pelas ciências sociais atravessada a partir da década de 1970, no século XX pode-se se afirmar que:
		
	
	Houve uma crise de método na ciência histórica somente antes do desenvolvimento da Segunda Guerra Mundial.
	
	A discussão acerca do conceito de civilização e cultura não é importante para a compreensão da crise das ciências sociais do século XX.
	 
	A crise ligada à disciplina História ocorreu, sobretudo, após a Segunda Guerra Mundial com a crise do paradigma iluminista.
	
	A crise ocorreu apenas na antropologia, não atingindo a ciência histórica.
	 
	A Segunda Guerra Mundial serviu para demonstrar como as teorias desenvolvidas pelas ciências sociais conseguiam explicar o progresso e os avanços da humanidade.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201701070958)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	 O modo de se pensar a História como construída através de etapas, ressaltando a luta de classes e considerando-a teleológica tem suas limitações. Após ser muito utilizado os historiadores perceberam que tal modo não dava conta de responder certos aspectos da vida social.
Sobre qual  modelo teórico o texto acima se refere:
		
	 
	HIstória Positivista
	
	História dos Annales
	
	História do Cotidiano
	
	HIstória Regional
	 
	História marxista
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201701720259)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Ao longo da história da ciência histórica, a história política foi constantemente abordada pelos autores que se debruçaram sobre o tema do ofício do historiador. Tendo estado bem presente no historicismo germânico, que, como sabemos, foi o berço de nascimento da nossa disciplina, a história política foi alvo da crítica do movimento historiográfico que aprendemos a chamar de "Escola dos Annales". Atualmente, diante da crise do estruturalismo da história social francesa, a história política, com seus métodos e abordagens renovados, voltou a fazer parte do cardápio teórico dos historiadores profissionais. Diante disso, assinale, entre as opções abaixo, aquela que melhor define os objetivos da história política.
		
	
	Examinar exclusivamente o funcionamento do Estado.
	
	Examinar, através de uma metodologia baseada na semiótica, a cultura artística de uma determinada sociedade.
	 
	Examinar as relações de poder em uma determinada sociedade.
	
	Examinar a produção, a circulação e a distribuição de riqueza em uma determinada sociedade.
	
	Examinar, através de dados estatísticos, o perfil demográfico de uma determinada sociedade sociedade.
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201701072188)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Sobre a história social, analise as proposições a seguir e assinale a alternativa correta:
 I) Seu desenvolvimento ocorre no final do século XIX, como resposta às intensas transformações pelas quais a história passava nesse período.
II) Nas décadas de 1950 e 1960, a história social se constitui no interior de uma nova postura historiográfica e pela explosão de tensões sociais que dificilmente poderiam ser ignoradas pelos historiadores.
 III) O desenvolvimento da história social não tem nenhum envolvimento com a Escola dos Annales pois ambas apresentavam propostas opostas.
IV) A história social, em sentido restrito, surgiu como abordagem que buscava formular problemas históricos específicos quanto ao comportamento e as relações entre os diversos grupos sociais.
V) No âmbito político, o avanço das ideias socialistas e o crescimento do movimento operário levou um pouco, em toda parte, ao desenvolvimento de uma história social do trabalho.
		
	 
	São corretas as afirmativas II, IV e V
	
	São corretas as afirmativas III, IV e V
	
	São corretas as afirmativas I, II, III
	
	São corretas as afirmativas II, III e V
	 
	São corretas as afirmativas I, III e IV
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201701725556)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Obviamente, o "tempo" é uma categoria fundamental para o historiador. Assinale, portanto, entre as alternativas apresentadas abaixo aquela que melhor apresenta a importância do tempo para o conhecimento histórico.
		
	 
	O tempo é importante pois o historiador é um profissional especializado no estudo do passado, que é analisado de forma neutra, objetiva e imparcial.
	
	O tempo é importante pois mostra que a natureza