A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
21 pág.
Relatório G1

Pré-visualização | Página 2 de 4

Nesta fotografia, temos vários significados quando olhamos para ela. A criança da foto tem um sorriso em que expressa a sua felicidade e o seu sorriso é contagiante, mas ao mesmo tempo, ela está em uma lona suja no chão e com as roupas sujas, o que também acabamos sentindo tristeza e pena em ver uma criança tão linda nessas condições. Em resumo, ao mesmo tempo que somos contagiados pelo sorriso, ficamos chateados com a precariedade da qualidade de vida.
ATIVIDADE 4 
Texto: O MUNDO DAS IMAGENS 
Thimothy Samara, Bookmann, 2010 (Elementos do design) (p.164 a 172)
Segundo Samara, “Nas mãos de um designer que sabe como controlar a composição em um nível puramente visual e que consegue selecionar e manipular conceitualmente o conteúdo, uma imagem é de longe a ferramenta de comunicação mais profunda disponível.”
1. De acordo com o texto responda o que é uma representação: LITERAL, ICÔNICA e ABSTRATA
A representação literal são as imagens em que mais se aproximam da realidade, utilizando o exercício 2 onde claramente podemos visualizar que é uma folha.
Quando uma representação está em elementos gráficos que lhe conferem o significado, é uma representação icônica, como podemos visualizar na segunda imagem abaixo.
As representações abstratas são ideias que se fundamentam a partir da experiência humana, como o exemplo na terceira imagem, em que diversas folhas formam uma folha “abstrata”, mas que a partir do nosso conhecimento, visualizamos uma folha.
2. Escolha uma imagem de um elemento da natureza (folha, fruto, vegetação) e represente esta imagem nos modos: LITERAL, ICÔNICO e ABSTRATO, de acordo com os exemplos apresentados no texto. 
	Comment by Eduarda Lemes: Inserir aqui a imagem que está na RB
ATIVIDADE 5
Texto: Como ler uma fotografia
Richard Salkeld, Ed. GG, 2015 
LEITURA DE SINAIS. (pág. 45)
DE ONDE VÊM OS SIGNIFICADOS (pág. 46)
FAZENDO SIGNIFICADOS (pág. 47)
LINGUAGEM: PALAVRAS, SONS e IMAGENS (pág. 48 e 49)
Segundo Richard Salkeld, “lemos o mundo que nos rodeia” e “fazer fotografia é uma forma de dar significado”.
1.Cite os conceitos de semiótica apresentados pelo autor neste texto.
“A semiótica é um método de interpretar o mundo e analisar a produção de significado por meio de uma abordagem em que tudo é tratado como um sistema de signos a ser lidos.”
Nessa perspectiva, produza um painel visual utilizando no mínimo nove (9) fotografias próprias que representem os signos do seu universo, tais como: objetos, palavras, rostos, corpos etc.
Insira no painel uma citação da letra da música Esquadros (Adriana Calcanhoto). 
2.No tópico “DE ONDE VÊM OS SIGNIFICADOS” (pág. 47) autor comenta que: “Não é por que damos significado aos objetos no mundo que qualquer coisa pode significar qualquer coisa. A comunicação é um processo social que depende de um grau de compreensão mútua”. 
Saint Clair Cemin homenageou a cultura gaúcha representando porongos, que são frutos do porongueiro, amadurecidos e sem sementes, utilizados como cuia para chimarrão.
2.1 Na perspectiva da leitura CONOTATIVA e na DENOTATIVA comente o signo utilizado pelo artista, considerando o que representa o chimarrão para a cultura gaúcha? 
O signo utilizado pelo artista é a cuia, objeto utilizado para tomar chimarrão pelos gaúchos e por todos que adotam esta cultura. Quando uma pessoa, mesmo que com o mínimo de conhecimento, observa esse objeto, percebe que é uma cuia, pois se trata de um signo do Rio Grande do Sul. E quando uma pessoa que já faz parte dessa cultura, ou já teve algum experiência, ou até mesmo conhece alguém que tenha o hábito de tomar chimarrão, sabe o que isso remete. E sabe que essa bebida se trata de uma cultura, que herdamos dos povos indígenas e após passado para os colonizadores e assim passado de geração em geração, trazendo um sentimento, dos gaúchos. Essa herança, foi se aprimorando ao longo do tempo, até porque na época dos indígenas, a bebida era chamada de Tacuapi, e após a colonização, o nome chimarrão foi empregado pelos colonizadores.
2.2 Como é a construção deste signo? (sua forma, número de elementos, composição). 
O núcleo da escultura é um círculo, e nele estão inseridas cuias com a “boca” em hexágono para que as cuias possam ser encaixadas, passa bastante a ideia de um átomo. Basicamente são, cuias e círculo, aparentemente de gesso e apoios que parecem ser hastes de concreto com base quadrada.
2.3 Como ele poderia ser interpretado por indivíduos de outras culturas? Ele também pode remeter a outros signos/imagens/objetos/significados? Comente, fugindo do óbvio!
Este signo, quando visualizado rapidamente, como por exemplo, quando passamos de carro e ônibus, poderia ser facilmente interpretado como um seio feminino, o que remete a imagem ou significado de sensualidade e fartura, pois o seio é associado a fonte de alimentação de bebês, através da amamentação.
Quando visualizamos a escultura com mais calma, podemos também facilmente associá-lo a um átomo. Talvez essa também seja a ideia do artista, pois o chimarrão é como se fosse parte do gaúcho.
3. “Ao interagir com os espaços da cidade contemporânea nos deparamos com diversos tipos de signos visuais”. Na proposta de construir significados, apresente: Uma imagem de um centro urbano e assim como na letra da música “Esquadros”, comente que tipo de signos pode ser ali percebidos. 	Comment by Eduarda Lemes: Falta essa Questão
Textos-referência:
LINGUAGEM: PALAVRAS, SONS e IMAGENS (pág. 48 e 49)
Como o autor apresenta a ideia de linguagem? 
“A linguagem é um recurso surpreendente: oferece a oportunidade de pensar, expressar e comunicar ideias e sentimentos extremamente sutis e complexos. Todo um universo de ideias e associações pode ser sintetizado em uma única frase, que, pelo menos em português, engloba a combinação e variação de 26 marcações gráficas e um repertório de sons que correspondem a essas afirmações”. 
Possuímos a capacidade de nos comunicarmos, expressar as nossas opiniões, sentimentos, pensamentos etc., através da linguagem, onde podemos utilizar vários tipos de imagens, sinais, gestos, sons, símbolos etc.
 
Sobre a importância das palavras num contexto visual o autor diz que: “A eficácia e a expressividade das palavras podem ser amplificadas por uma série de fatores”.
Segundo Salkeld. Em peças gráficas, isso pode ser identificado através do uso de recursos do design gráfico para enfatizar uma ideia, que pode se utilizar do: 
Tamanho das letras
Da cor e da posição no espaço gráfico. 
Demonstre isso através de 2 exemplos visuais (posters, anúncios publicitários, capas de revistas ou capas de livros). 
Especifique com uma legenda como esses exemplos representam essa expressividade: 
ANÚNCIO HAVAIANAS
COR: As letras da palavra “havaianas” estão na cor vermelha interagindo com as cores quentes que remetem ao verão. 
TAMANHO e POSIÇÃO: A palavra possui um tamanho grande comparando aos outros elementos, ocupa um espaço entre a areia e o mar no sentido horizontal, fazendo parte da paisagem. 
POSTER DESIGN REVOLUCIONÁRIO RUSSO 
COR: O texto principal está em verde e os secundários em branco.
TAMANHO E POSIÇÃO: As letras da palavra principal sugerem um megafone. As linhas diagonais e o texto que saem da boca da mulher e se dirigem para “fora” do cartaz. “Representam” o som emitido pela mulher. Passa a ideia de comunicação, anunciação. 
				 
POSTER CAMPANHA CONTRA O ABUSO SEXUAL NOS MEIOS DE TRANSPORTE 
COR: O texto manuscrito está em azul e branco. 
TAMANHO e POSIÇÃO: o tamanho do texto é grande e ocupa toda a parte superior em duas linhas e duas palavras na parte inferior, sobrepondo o fragmento do corpo feminino. 
 O valor se refere ao preço da passagem do transporte público (ônibus ou metrô) e faz parte de uma campanha que alerta para o abuso sexual

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.