A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
26 pág.
Apanhadão de libras

Pré-visualização | Página 9 de 9

E a partir da reflexão sobre as duas línguas que a criança surda 
inicia o seu processo de alfabetização. Podem os concluir que a atividade cumpre o objetivo 
bilíngue da educação de surdos, pois a mesma proporciona: 
I- Aquisição da língua portuguesa na modalidade oral. 
ll- Percepção da relação entre o alfabeto manual e o alfabeto na língua portuguesa na escrita dos 
nomes dos personagens. 
lll- Percepção dos sinais dos personagens e da cultura surda. 
IV- Aquisição da escrita e através especificamente do alfabeto em Língua Portuguesa. 
V- Análise das letras do alfabeto na Língua Portuguesa, uma vez que não é possível escrever os 
sinais. 
Está correto o que se afirma em: 
b) -II e III 
 
160- “O bilingüismo é uma proposta de ensino usada por escola que se propõem a tornar 
acessível à criança duas linguas no contexto escolar. Os estudos... da língua escrita. Vale 
lembrar... A proposta bilingue busca captar esse direito”. 
A chamada educação bilingue ou proposta bilíngüe para a educação dos surdos 
apresentou algumas questões relevantes. Assinale abaixo as alternativas que são 
verdadeiras com relação a tal proposta: 
I- Uma proposta educacional, além de ser bilingue, deve ser bicultural, pois..... 
II- Na proposta bilingue, o letramento se dá após a aquisição..... 
III- No contexto educacional bilíngue ou bicultural, a criança... 
IV- A proposta bilingui se propõe apenas... 
V- Na proposta bilíngüe a criança surda precisa ter contato com adultos surdos.... 
VI- O bilinguismo propõe o letramento.... 
São verdadeiras: 
B) I, III e V 
 
161- A _______ e o _______ são duas correntes pedagógicas na educação dos surdos que têm 
embasamento na visão socioantropológica da surdez. Consideram a surdez como diferença e 
reconhecem o status linguístico da língua de sinais. 
B) Comunicação total, bilinguismo 
 
162- Assinale a alternativa, em português, que corresponde corretamente à palavra representada 
pelo alfabeto manual: 
D) Bonita 
 
163- Desde a antiguidade até meados da Idade Média, os surdos foram excluídos dos processos 
educacionais, pois acreditava-se que, se não pudessem falar, não poderiam adaptar-se à 
sociedade, dessa forma, não poderiam exercer seus direitos civis e sociais. Pedro Ponce de Leon 
(1520-1584) foi o primeiro professor de surdos, utilizava o alfabeto manual para a leitura, escrita e 
aprendizado da língua oral. Muitos teóricos opunham-se ao uso dos sinais, justificando que o 
mesmo atrapalhava o desenvolvimento do surdo. Este pensamento está ancorado na filosofia: 
D) Oralista 
 
164- Lopes (2012 ), em seu estudo sobre a inclusão escolar de alunos surdos nas instituições de 
ensino regular afirma que, atualmente, a política de inclusão de alunos com necessidades 
especiais educacionais vem tomando grande proporção no Brasil. Diante desta realidade, para 
atender esta camada específica da sociedade que se encontra no interior da escola, o professor 
necessita realizar mudanças em suas práticas pedagógicas, a fim de proporcionar oportunidades 
para o desenvolvimento cognitivo e social do aluno surdo, enfatizando-se, de acordo com a 
proposta bilíngue, a língua de sinais. É correto afirmar que a metodologia bilíngue consiste em: 
A) A criança aprender primeiro a língua de sinais e depois a língua portuguesa na modalidade 
escrita 
 
165- Mesmo após a proibição do uso da língua de sinais no congresso de Milão em 1880, a 
língua de sinais nunca deixou de existir. Ao contrário, mesmo na clandestinidade e banida dos 
espaços educacionais, ela continuou crescendo e se fortalecendo. Em 1965, os estudos de 
Stokoe comprovaram o valor linguístico da língua de sinais, o que resultou em novas propostas e 
metodologias de educação para os surdos. A metodologia que faz uso de sinais, leitura labial, 
expressão facial e corporal, alfabeto manual e recursos visuais como apoio para a aquisição da 
língua escrita é conhecida por: 
B) Método Comunicação Total 
 
166- Morfemas são elementos mínimos – carregados de significado – que compõem palavras, 
organizando-as em diversas categorias, segundo um sistema próprio da língua. As línguas de 
sinais, assim como as línguas orais, possuem um sistema de formação de palavras. Morfologia é 
o estudo da estrutura interna das palavras ou sinais, assim como das regras que determinam a 
formação das palavras. A palavra morfema deriva do grego morphé, que significa forma. 
(QUADROS e K ARNOPP, 2004, p. 86). 
Dessa maneira, sabemos que a alteração em algum parâmetro pode alterar o sentido do sinal. 
Observe os sinais abaixo e identifique qual parâmetro os distingue: 
C) Configuração de mão. 
 
167- O contexto escolar tem algumas especificidades. Considerando a importância do profissional 
intérprete de Libras para a inclusão do surdo nos diversos níveis educacionais, quais são os 
requisitos básicos para este profissional? 
A) Conhecimento sobre a surdez, domínio da língua de sinais, bom nível de cultura. 
 
168- Os estudos linguísticos e a evolução do pensamento sobre a pessoa surda e a surdez, 
trouxeram para a Libras um valor linguístico e histórico-cultural. A comunidade surda se fortaleceu 
e começou a exigir seus direitos de participação social. Semelhante às línguas orais, a língua de 
sinais possui parâmetros para a formação do sinal, é complexa e abarca todas as áreas de 
estudo da linguística, que são: 
E) Fonologia, morfologia, sintaxe e semântica. 
 
169- Descubra as palavras e sua sequência na datilologia com base na imagem a seguir: 
 
B) I- Maça, II – Pássaro, III – Deus, IV – Morango. 
 
170- “O descontentamento com o oralismo e as pesquisas sobre línguas de sinais deram origem 
a novas... A chamada comunicação total para a educação dos surdos apresentou algumas 
questões relevantes. 
Assinale a alternativa que é verdadeira com relação a tal proposta: 
C) O que a CT favoreceu de maneira efetiva foi o contato com os sinais, que era proibido pelo 
oralismo, e esse contato propiciou que os surdos se dispusessem à aprendizagem da língua de 
sinais, externamente ao trabalho escolar. 
 
171- O conceito clínico de surdez é definido como: 
A) A concepção da surdez exclusivamente como um tipo de patologia audiológica, sem 
considerar que esta patologia determina um funcionamento sociocultural alternativo. 
 
172- A língua brasileira de sinais, assim como as línguas orais, possui gramática, assim como 
parâmetros e entre eles temos as expressões faciais e corporais, que podem ser entendidas 
como: 
A) As expressões faciais e corporais que fazem parte da língua de sinais e funcionam como 
gramáticas na língua. 
 
173- Desde 1960, a partir dos estudos do linguista norte-americano Stokoe, as Línguas de Sinais 
são consideradas realmente línguas com estrutura gramatical e regras próprias. No Brasil, a 
oficialização da Língua Brasileira de Sinais ocorreu recentemente. Assinale a alternativa que 
corresponde a legislação federal que oficializou a Língua de Sinais no Brasil: 
B) Lei n. 10.436, de 24 de abril de 2002. 
 
174- Em 1799, o Instituto Nacional de Surdo-Mudos em Paris, fundado por Épée, começou a ser 
financiado pelo governo. Mais tarde foi renomeado para Instituto St. Jacques. Os seus métodos de 
educação espalharam-se pelo mundo e o abade de l' Épée hoje considerado como um dos 
fundadores da educação para os surdos. Sobre l'Épée é correto afirmar que: 
A- Foi o primeiro a estudar uma língua de sinais usada por surdos, reconhecendo o seu valor 
linguístico.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.