A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
45 pág.
Slides de Aula Unidade I PLANEJAMENTO E GESTAO SOCIAL

Pré-visualização | Página 3 de 4

de um 
indivíduo e ao fato de pertencer a uma determinada nação.
 A cidadania substantiva é de um caráter mais amplo, estando 
relacionada com direitos sociais, políticos e civis. 
 A ética e a moral têm uma grande influência na cidadania, 
pois dizem respeito à conduta do ser humano. 
 Um país com fortes bases éticas e morais apresenta 
uma forte cidadania.
Ética profissional
 Ética profissional é o conjunto de normas éticas que formam 
a consciência do profissional e representam imperativos 
de sua conduta.
 O indivíduo que tem ética profissional cumpre com todas 
as atividades de sua profissão seguindo os princípios 
determinados pela sociedade e pelo seu grupo de trabalho.
 Cada profissão tem o seu próprio código de ética, que pode 
variar ligeiramente graças a diferentes áreas de atuação.
 No entanto, há elementos da ética profissional que são 
universais e por isso aplicáveis a qualquer atividade 
profissional, como a honestidade, responsabilidade, 
competência etc.
Código de ética profissional
 O Código de Ética Profissional é o conjunto de normas éticas 
que devem ser seguidas pelos profissionais no exercício 
de seu trabalho.
 Este código é elaborado pelos Conselhos, que representam 
e fiscalizam o exercício da profissão.
 O código de ética é um documento que busca expor 
os princípios e a missão de uma determinada profissão 
ou empresa. 
 Seu conteúdo deve ser pensado para atender às necessidades 
que aquela categoria serve e representa.
 Eles são feitos para enfatizar os valores que devem 
ser praticados pelos profissionais e instituições.
Interatividade
Qual alternativa corresponde ao conjunto de preceitos e normas 
que a generalidade dos indivíduos de uma comunidade aceita 
como adequado ou válido?
a) Ética.
b) Moral.
c) Costume.
d) Cultura.
e) Política.
Ética e responsabilidade social
 Empresas acostumadas apenas a obter cada vez mais lucros 
tiveram seu comportamento significativamente alterado em 
função das profundas transformações socioeconômicas que 
o mundo atravessou nos últimos 30 anos.
 Em decorrência das novas demandas e da maior pressão 
por transparência nos negócios, as empresas sentiram-se 
forçadas a adotar uma postura mais responsável 
em suas ações.
 É por esse motivo que as empresas apresentam uma 
intrínseca responsabilidade social.
Características próprias da responsabilidade 
social corporativa
 Ser plural: as empresas não devem satisfações apenas 
a seus acionistas, mas também precisam prestar contas a 
seus funcionários, à mídia, ao setor não governamental e 
ambiental, ao governo e às comunidades com quem operam.
 Um diálogo mais participativo representa mudanças 
no comportamento das empresas e uma maior 
legitimidade social.
 Ser distributiva: o produto final deve ser avaliado por fatores 
ambientais ou sociais e seu conceito deve ser difundido ao 
longo do processo produtivo.
 Os consumidores e as empresas são responsáveis pelos 
fornecedores que aplicam códigos de ética aos produtos 
e serviços usados.
Características próprias da responsabilidade 
social corporativa
Ser sustentável
 A associação entre responsabilidade social e o conceito 
de desenvolvimento sustentável demarca uma atitude 
responsável com o ambiente e a sociedade e garante a não 
escassez de recursos e a ampliação do referido conceito.
 O desenvolvimento sustentável e o fortalecimento de 
parcerias duráveis promovem a imagem da empresa 
e auxiliam no crescimento orientado.
 Uma postura sustentável é preventiva e evita riscos futuros, 
como impactos ambientais ou processos judiciais.
Características próprias da responsabilidade 
social corporativa
Ser transparente
 A globalização pede transparência.
 As empresas devem divulgar sua performance social e 
ambiental, os impactos de suas atividades e as medidas 
tomadas de prevenção ou compensação de acidentes.
 As empresas são obrigadas a publicar relatórios anuais 
com o desempenho aferido em diferentes modalidades. 
 Várias delas já atuam nesse sentido voluntariamente 
e há a previsão de que, futuramente, tais relatórios 
socioambientais venham a ser compulsórios.
Responsabilidade social no Brasil
 O Brasil caminha com rapidez para uma profissionalização no 
setor de responsabilidade social e para uma busca constante 
por estratégias de inclusão social via setor privado. 
 Como a responsabilidade social é um tema do universo 
dos negócios, as empresas brasileiras buscam não apenas 
compreender seu conceito, mas também incorporá-lo 
às suas realidades.
 As organizações estruturaram projetos voltados para uma 
gestão socialmente responsável e buscaram investir cada dia 
mais em uma relação ética e transparente, com um aumento 
significativo na qualidade junto a todos os seus parceiros 
de relacionamento.
As diferenças entre responsabilidade social 
e ação social
Responsabilidade social
 Trabalha com a gestão dos impactos ambientais, econômicos 
e sociais (provocados por decisões estratégicas) e também 
com as práticas de negócios e as de processos operacionais.
Ação social
 É relevante e seu foco de ação está fora da empresa. 
 Não apresenta alcance para influenciar a comunidade 
empresarial a outro tipo de contribuição.
Sustentabilidade empresarial e responsabilidade social
Sustentabilidade empresarial
 Busca assegurar o sucesso do negócio a longo prazo e, 
ao mesmo tempo, busca contribuir para o desenvolvimento 
econômico e social da comunidade em um meio ambiente 
saudável e em uma sociedade estável.
 Pressupõe que a empresa cresça, seja rentável, gere 
resultados econômicos e contribua para o desenvolvimento 
da sociedade e para a preservação do planeta.
Sustentabilidade empresarial e responsabilidade social
Responsabilidade social
 Forma de gestão que se define pela relação ética e transparente 
da empresa com todos aqueles com os quais se relaciona e 
pelo estabelecimento de metas empresariais compatíveis com 
o desenvolvimento sustentável da sociedade.
 Preserva recursos ambientais e culturais para as gerações 
futuras, respeita a diversidade e promove a redução das 
desigualdades sociais.
 Tal postura ilustra que há uma relação entre a empresa 
e seus diversos públicos de interesse.
Principais vantagens da responsabilidade social
 Os dirigentes organizacionais percebem que incorporar 
os conceitos de responsabilidade social nas relações com 
funcionários, fornecedores e clientes melhora o desempenho 
da própria empresa.
 Com relação ao público interno (a grande vantagem 
competitiva das empresas), observa-se um maior nível 
motivacional e uma maior atração de novos talentos.
 Com relação à cadeia de fornecedores, há a possibilidade de 
geração de parcerias duradouras a partir das quais exista uma 
visão compartilhada do negócio.
 Uma gestão socialmente responsável agrega valores positivos 
à marca, transcende a tangibilidade do produto e associa 
a imagem da empresa a qualidades valorativas.
Principais benefícios da responsabilidade social
 Uma gestão socialmente responsável minimiza causas e 
impactos que possam afligir a sociedade contemporânea, 
como é o caso da geração de empregos, da educação, da 
melhoria na distribuição de renda, da erradicação do trabalho 
infantil, entre outras.
A ideia presente nos conceitos de responsabilidade social 
pretende, portanto:
 contribuir para a formulação e o controle de políticas públicas;
 integrar grupos de trabalho com diferentes atores sociais;
 colaborar complementarmente com as competências 
corporativas disponíveis.
Interatividade
Qual alternativa corresponde à forma de gestão que se define