Flambagem
17 pág.

Flambagem

Pré-visualização1 página
1 
 
FLAMBAGEM 
ESTABILIDADE DE COLUNAS 
 
Nas análises anteriores, tínhamos dois interesses principais: (1) a resistência da estrutura, isto é, 
sua capacidade para suportar determinado carregamento sem que se verificassem tensões 
excessivas; e (2) a capacidade da estrutura para suportar determinado carregamento sem sofrer 
deformações inaceitáveis. 
 
No estudo da flambagem, nosso interesse estará voltado para a estabilidade da estrutura, isto é, 
para sua capacidade de suportar determinado carregamento sem sofrer uma mudança abrupta 
em sua configuração. 
 
Nossa discussão estará relacionada principalmente com colunas, isto é, com a análise e o projeto 
de elementos prismáticos verticais suportando forças axiais. 
 
Na Seção 2, consideraremos primeiro a estabilidade de um modelo simplificado de coluna, 
consistindo em duas barras rígidas conectadas por um pino e uma mola e suportando uma carga 
P. Você observará que, se seu equilíbrio for perturbado, esse sistema voltará à sua posição de 
equilíbrio inicial desde que P não exceda um certo valor Pcr, chamado de carga crítica. No 
entanto, se P > Pcr, o sistema se afastará de sua posição original e se estabilizará em uma nova 
posição de equilíbrio. No primeiro caso, dizemos que o sistema é estável, e no segundo caso, 
dizemos que ele é instável. 
 
Na Seção 3, você iniciará o estudo da estabilidade de colunas elásticas considerando uma coluna 
biarticulada submetida a uma força axial centrada. Será deduzida a fórmula de Euler para a carga 
crítica da coluna e, por meio dessa fórmula, será determinada a tensão normal crítica 
correspondente da coluna. Aplicando um coeficiente de segurança à carga crítica, você será 
capaz de determinar a força admissível que pode ser aplicada a uma coluna biarticulada. 
 
Na Seção 4, será considerada a análise da estabilidade de colunas com diferentes condições de 
extremidade. Você simplificará essas análises aprendendo a determinar o comprimento de 
flambagem de uma coluna, isto é, o comprimento de uma coluna biarticulada equivalente que tem 
a mesma carga crítica. 
 
2 
 
 
 
3 
 
 
 
4 
 
5 
 
6 
 
7 
 
 
 
 
 
8 
 
9 
 
10 
 
11 
 
12 
 
 
 
13 
 
 
 
 
 
14 
 
15 
 
16 
 
 
 
17