Cadeia Alimentar
1 pág.

Cadeia Alimentar


DisciplinaBiologia Experimental719 materiais1.201 seguidores
Pré-visualização1 página


Cadeia Alimentar


O que é?

A definição, básica, diz que a cadeia alimentar é uma representação, de forma gráfica, que apresenta o fluxo de energia entre os organismos presentes em um ecossistema.


Formação da cadeia alimentar

A cadeia alimentar é formada por três representatividades, sendo elas os produtores, os consumidores e os decompositores.



Pré-visualização de imagem de arquivo
Produtor, consumidores e decompositores em uma cadeia alimentar


Produtores

Um fato interessante é que, de toda energia luminosa produzida pelo sol, cinquenta porcento é filtrada na atmosfera e o que chega até o nosso planeta é apenas a outra metade. Destes cinquenta porcento, somente um porcento é transformada em uma forma de energia que é utilizável pelos seres vivos, isto é, apenas um porcento de energia solar sustenta toda a vida no planeta Terra. É nesse âmbito que entram os produtores. A base da cadeia alimentar.

Os produtores são responsáveis, principalmente, pela absorção da energia solar. Eles são seres autótrofos, isto é, transformam a energia luminosa em um tipo de energia que pode ser consumida pelos seres vivos.

Assim, os produtores realizam – em sua maioria – fotossíntese e transformam a energia luminosa em açúcar, além disso, eles produzem seu próprio alimento.

Existem, também, alguns produtores que fazem um processo bioquímico chamado de quimiossíntese. Neste processo, eles produzem matéria orgânica, ou seja, produzem açúcar através de energia química.

As algas, assim como as plantas e alguns tipos de bactérias se encaixam na categoria dos produtores.


Consumidores

Os consumidores primários são seres que não são capazes de produzir o próprio alimento, então, eles vão consumir os produtores, que estão abaixo na cadeia alimentar. Então, de forma geral, os consumidores primários são seres herbívoros.

Os consumidores primários são classificados como heterótrofos, diferenciando-se, dessa maneira, dos produtores.

Além disso, a cadeia segue para os consumidores secundários. Estes seres são os que se alimentam dos consumidores primários, eles são, geralmente, onívoros e, na maioria das vezes, carnívoros.

E assim, a cadeia alimentar segue sucessivamente entre os consumidores.


Decompositores

São seres vivos – em geral, fungos e bactérias – que auxiliam na decomposição de consumidores primários e secundários, utilizando parte da energia para si e entregando outra parte para o solo e, dessa forma, esta energia acaba sendo reutilizada pelos produtores.

Os decompositores também realizam essas atividades em excreções (fezes e urina) produzidas pelos seres vivos.


Algumas características da cadeia alimentar

Pelos processos e atividades desempenhados pelos membros da cadeia alimentar descritos acima, podemos afirmar que, a matéria orgânica presente na cadeia, é cíclica, isto é, passa por todos os membros da cadeia alimentar, formando ciclos. Entretanto, o mesmo não acontece com a energia, ela não faz ciclos na cadeia alimentar como a matéria orgânica. Então, na literatura, a energia numa cadeia alimentar é classificada como unidirecional.

Uma segunda característica presente na cadeia alimentar é que, quanto maior o nível trófico (lugar que o ser ocupa na cadeia alimentar) do organismo, menos energia ele recebe em seu consumo, pois parte da energia consumida pelos consumidores são utilizadas pelos mesmos em suas atividades vitais.



Pré-visualização de imagem de arquivo
Nível trófico em uma cadeia alimentar

Outra característica presente na cadeia alimentar, é a chamada produtividade primária líquida, ou PPL, que a quantidade de energia repassada de um produtor para todos os próximos níveis tróficos.


Curiosidades

Um fato muito interessante sobre a cadeia alimentar e de pouco conhecimento comum é que, os seres presentes na cadeia alimentar podem identificar a qualidade de um local, sendo que os que ocupam os níveis tróficos iniciais são melhores nesta tarefa, pois com eles sustentam diversos outros organismos em níveis tróficos superiores, se ele estiver contaminado por algum fator do local, será possível ver a contaminação não só nele, como em todos os outros participantes que estão acima.