A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
A federação brasileira e as políticas públicas

Pré-visualização | Página 1 de 2

Ciência Política 
 
 
 
A federação brasileira e as políticas públicas 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
1 
 
 
Sumário 
 
Introdução ............................................................................................................................... 2 
Objetivos .................................................................................................................................. 2 
1. Aspectos gerais .................................................................................................................. 2 
2. Políticas Públicas ............................................................................................................... 3 
Exercícios ................................................................................................................................. 5 
Gabarito ................................................................................................................................... 6 
Resumo .................................................................................................................................... 7 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
2 
 
Introdução 
A Federação brasileira instituída em 1889 e suas respectivas políticas públicas 
são alvo de diversos campos de estudos como a ciência política, a história, as ciências 
sociais, o direito, dentre outras. 
A Constituição Federal de 1988, lei maior vigente do Brasil, prioriza os direitos 
e implementa o controle social das políticas públicas. 
Os conselhos de políticas públicas na área da saúde, educação e assistência 
social são mecanismos de controle da sociedade criados pela constituição cidadã, em 
uma das três esferas federativas (união, estados e munícipios). 
As políticas públicas são um conjunto de normas e atos que visam o bem 
público e precisam estar fundamentas na constituição federal. 
Enfim, nesta unidade vamos refletir sobre os conhecimentos da área da 
federação brasileira e suas respectivas políticas públicas com objetivo de atender a 
população. 
 
Objetivos 
• Definir os principais objetos de estudos da Federação brasileira e destacar as 
políticas públicas e sua presença na Constituição Federal de 1988. 
• Conhecer as principais definições da Federação brasileira sob os diversos pontos 
de vistas da ciência e vida social aplicada. 
 
1. Aspectos gerais 
Os termos democracia, federalismo e centralização serão estudados nessa 
unidade, pois são fundamentais para compreender a sociedade brasileira, em 
especial, a partir Decreto número um de quinze de novembro de 1889, quando o Brasil 
se transforma de Império unitário para uma República Federativa outorgada pelo 
Governo Provisório de Marechal Deodoro da Fonseca, Chefe do Governo. 
O objetivo da unidade é buscar analisar e entender como os Estados 
federativos produzem efeitos que centralizam para a união a produção de políticas 
públicas, levando em conta a produção de leis e projetos de leis existentes nos últimos 
anos e décadas. 
A necessidade de um Governo eficaz com relação às políticas públicas é algo a 
ser construído pela sociedade juntamente com os poderes da união, estados e 
municípios brasileiros. 
 
3 
 
FIQUE ATENTO! 
 
 
 
Um exemplo de problema de acesso, é a obtenção de alguns remédios, que por 
vezes, são conseguidos somente pela via judicial. Dessa forma observa-se a 
importância do judiciário para efetivar a aplicação das Políticas Públicas no Brasil e 
impor uma conscientização aos Estados. 
Em muitas searas das políticas públicas é necessária uma descentralização do 
poder para que o acesso as áreas de educação, saúde e infraestrutura seja plena 
irrestrita e uniforme para toda sociedade brasileira, essa autonomia se faz importante 
para que a Constituição Federal seja efetivada. 
No Brasil o poder é dividido entre Executivo, Judiciário e Legislativo, este por 
sua vez, é bicameral, divisão que está atrelada com a tradição institucional brasileira 
desde o Império. No bicameralismo o legislativo é dividido em duas casas (Câmara 
dos Deputados e Senado). 
Mas nas esferas de poder estaduais e municipais vigora o unicameralismo, com 
a existência de uma única casa legislativa. Nos estados, o Legislativo é exercido pela 
Assembleia Legislativa; no Distrito Federal, pela Câmara Legislativa; e nos municípios, 
pela Câmara Municipal. (AGÊNCIA SENADO, 2007) 
A existência de duas câmaras para a análise dos projetos de lei fornece mais 
segurança jurídica, pois garante a reanálise dos projetos. Mas em contrapartida, a 
tramitação dos projetos se torna um procedimento mais moroso. 
 
2. Políticas Públicas 
As políticas públicas envolvem aspectos de assistência social, políticas sociais 
que atuam de forma transversal o que é essencial para o sucesso das mesmas. Tem o 
caráter de auxiliar a partir de metas e ações do Governo nas diferentes esferas 
(Federal, Estadual e Municipal), com o objetivo de auxiliar e/ou solucionar problemas 
de interesse da população, que podem ser pontuais ou de ampla escala. 
Veja a imagem sobre os “Objetivos de Desenvolvimento do Milênio” firmado 
pela ONU e seus países membros em 2000: 
Em muitos casos a população tem acesso a serviços 
públicos, mas por falta de conhecimento sobre os 
programas, não utilizam os mesmos. Pesquisem em sua 
cidade quais são os serviços públicos que você não 
utiliza e que estão disponíveis para a população. 
 
 
4 
 
 
 
Figura 1: Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ONU, 2000) 
Atingir esses objetivos corresponde a reduzir a desigualdades e garantir os 
direitos das populações. O Brasil se destacou por realizar políticas públicas que 
garantiram a melhoria de vida para um número considerável da população. As 
principais áreas das políticas públicas no Brasil são saúde, educação e segurança e 
estão relacionadas com as metas do milênio. 
Segundo Arretche (2012 p. 201), a parte mais expressiva das transferências 
federais no Brasil tem sua origem no objetivo de reduzir desigualdades territoriais de 
capacidade de gasto. Essas foram (historicamente) um elemento central de 
construção do Estado brasileiro, similarmente a outras federações, em que a ideia de 
uma comunidade nacional única prevaleceu sobre as demandas por autonomia 
regional. 
Cada estado tem suas peculiaridades que devem ser analisadas do ponto de 
vista social, econômico, demográfico dentre outros e cabe aos órgãos públicos 
atuarem de forma participativa em busca de atender as necessidades daquela 
população. 
No Brasil as políticas públicas são propostas de forma sumarizadas na 
constituição federal e em legislações específicas, nas esferas federais, estaduais e 
municipais. No tocante as políticas públicas, os principais artigos da Constituição 
Federal são elencados na Figura 2. 
 
5 
 
 
Figura 2: Principais artigos da constituição – políticas públicas 
 
A previdência social diante de uma população com baixos salários é 
fundamental, diante da incapacidade contributiva de realizar uma previdência 
privada em busca de recursos pecuniários para a garantia de uma qualidade de vida 
na terceira idade. 
A assistência social é eficaz para a população que temporariamente necessita 
do apoio do Estado para se reestruturar social e economicamente. Outras políticas 
públicas como programas para o primeiro emprego conseguem melhorar o aceso às 
oportunidades. 
 
Exercícios 
1. As políticas públicas auxiliam na solução de problemas da população em 
geral, nesse sentido é correto afirmar que? 
 
a. Auxiliam