casotatiane (2)
4 pág.

casotatiane (2)


DisciplinaRedação Intrummental94 materiais153 seguidores
Pré-visualização1 página
Universidade Estácio de Sá
	
CASO TATIANE SPITZNER
Rio de Janeiro
Setembro/ 2018
Liceu de Artes e Ofícios
CASO TATIANE SPITZNER
Trabalho realizado pelas alunas Mariana Pereira (201803257563) e Helena Rodrigues (201802033564) e entregue a professora Percy Paraguassu da matéria de Redação Instrumental do curso de Direito. 
Rio de Janeiro
Setembro/ 2018
DIRETO AO CASO
Tatiane foi encontrada morta depois de cair do 4º andar, na madrugada de 22 de julho. Luis Felipe Manvailer seu marido é réu, suspeito de jogar Tatiane da sacada do apartamento após visto filmagens das câmeras de segurança do prédio capturarem agressões físicas de Luis Felipe na advogada.
EM ACUSAÇÃO, como constatado nas gravações Luis Felipe a agride de forma brutal com socos, tapas e chutes, levando Tatiane ao desmaio em alguns momentos. A vítima tenta escapar dele o que não obtêm resultado por sempre haver mais força do masculino. Após cair do 4º andar o réu desce para a calçada e recolhe o corpo da vítima levando de volta para o apartamento, depois troca de roupa e volta ao elevador limpando os vestígios de sangue da vítima. Minutos depois sai do local no carro da vítima, onde é encontrado na BR-277 após sofrer um acidente. Alguém que dizia amar sua esposa, não sairia do local onde a mesma estava morta de forma tão fria.
EM DEFESA DO RÉU, ele declarou-se sob efeito de álcool junto com o uso de anabolizantes que teriam alterado seus sentidos e percepções. Luis Felipe diz ter sido ameaçado por Tatiane que impôs um pedido de divórcio, e por ter se sentido desamparado tentou se aproximar da esposa que teve um surto de ciúmes após pegar o celular do mesmo e ler suas conversas. O réu que já sofreu danos psicológicos devido ao acontecimento afirma que a imagem da esposa pulando a sacada não saia da sua cabeça e por essa situação resolveu se afastar do local onde tudo aconteceu. Desnorteado, bateu com o carro sofrendo o acidente.
CONCLUSÃO
A dupla concluiu que independente da redação ter abordado os dois lados do caso, concordam que Luis Felipe Manvailler é culpado pela morte de Tatiane Sptizer e deve ser julgado por HOMICIDIO com quatro qualificações, como diz no Art. 121 do CP (dentre eles o crime de FEMINICIDIO), Art. 148 do CP sobre CARCERE PRIVADO e Art. 347 FRAUDE PROCESSUAL
Mariana
Mariana fez um comentário
muito util
1 aprovações
Carregar mais