A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
APOL EDUCAÇÃO ESPECIAL E INCLUSIVA

Pré-visualização | Página 1 de 2

Questão 1/5 - Educação Especial e Inclusiva
Leia o fragmento a seguir: 
" Quanto a rejeitar ou criar os recém-nascidos, terá de haver uma lei segundo a qual nenhuma criança disforme será criada; com vistas a evitar o excesso de crianças [...]".
De acordo com o fragmento de texto acima e os conteúdos abordados nas aulas e no livro-base Fundamentos para educação especial assinale a alternativa que descreve corretamente o que acontecia com as crianças que nasciam com alguma deficiência física na Antiguidade:
	
	A
	Eram colocadas em lugares especiais.
	
	B
	Eram asfixiadas, afogadas, abandonadas em florestas, atiradas de penhascos.
	
	C
	Os cães as devoravam.
	
	D
	Os touros as pisoteavam.
	
	E
	Eram tratadas como iguais.
Questão 2/5 - Educação Especial e Inclusiva
Leia o fragmento de texto a seguir: 
"A maneira como a deficiência é concebida e tratada contribui para sua própria compreensão, ou seja, das concepções que regem as formas de analisar o fenômeno, decorrem produção de conhecimentos e formas de intervenção específicas que, em última análise, determinarão o destino dos sujeitos, alvo dessa ação".
A visão interacionista das deficiências mudou o olhar sobre o sucesso ou fracasso escolar do deficiente. De acordo com os conteúdos abordados nas aulas e no livro-base Fundamentos para Educação Especial sobre a visão interacionista em relação ao deficiente, é correto afirmar que:
	
	A
	Os interacionistas consideram o fracasso escolar do deficiente como resultado direto 
de suas condições físicas.
	
	B
	A visão interacionista considera as condições externas como um fator central para 
explicar o desempenho escolar do deficiente.
	
	C
	A visão interacionista considera as condições psicológicas como o aspecto decisivo 
para explicar o fracasso escolar do deficiente.
	
	D
	Os interacionistas explicam o bom ou mau desempenho escolar do deficiente por meio 
de fatores biológicos e técnicos.
	
	E
	Para os interacionistas, fatores externos, como o ambiente ou o contexto escolar, 
em nada interferem na aprendizagem do deficiente.
Questão 3/5 - Educação Especial e Inclusiva
Leia o fragmento a seguir: 
"Uma vez que a capacidade de sobrevivência decorria de habilidades individuais para caça, pesca e abrigo, diante da total submissão do homem aos desígnios da natureza, assim, muito provavelmente, eram seletivamente eliminados aqueles que não poderiam contribuir para a manutenção da subsistência do grupo".
De acordo com os conteúdos abordados nas aulas e no livro-base Fundamentos para Educação Especial, a tentativa de apreender o significado do preconceito e da discriminação e da exclusão de pessoas com deficiência requer a significação:
	
	A
	no espaço histórico e na cultura das instituições do Estado
	
	B
	no presente e no passado das instituições beneficentes.
	
	C
	no tempo e espaço histórico em que os sujeitos vivem.
	
	D
	no tempo e na história moderna das  instituições do Estado
	
	E
	no tempo e na cultura dos diretores das instituições beneficentes.
Questão 4/5 - Educação Especial e Inclusiva
Leia o fragmento de texto a seguir: 
"O modelo hegemônico na sociedade capitalista promove uma cisão e ocupa função na sociedade de classes, uma vez que o circuito formação-produtividade acaba por subordinar o processo de formação do indivíduo às necessidades imediatas da produtividade e transformar, portanto, os valores inerentes à ideologia produtividade-consumo-competitividade nos valores de fundo da escola".
Nos primórdios do atendimento educacional especializado, preponderavam as ações que tinham como base o modelo inatista/determinista da psicologia. Levando em conta o fragmento de texto mencionado e os conteúdos do livro-base Fundamentos para Educação Especial, o  modelo inatista defendia:
	
	A
	o princípio da aplicação de técnicas de intervenção baseadas no treinamento e na 
repetição, buscando a modificação do comportamento.
	
	B
	que estava no próprio indivíduo a origem de suas dificuldades e limitações, as quais 
dificilmente poderiam ser modificadas.
	
	C
	a interação entre fatores internos e externos na construção do conhecimento.
	
	D
	princípios e metodologias fundamentados principalmente na psicanálise.
	
	E
	a promoção de atividades de relaxamento e outras técnicas de intervenção como 
estratégias de superação de  transtornos de aprendizagem.
Questão 5/5 - Educação Especial e Inclusiva
Leia o extrato de texto a seguir:
"A partir dos anos de 1990, o termo inclusão (do inglês, inclusion) passa a ser adotado em publicações do campo da educação especial provenientes dos Estados Unidos e da Suécia. [...] A Declaração Mundial sobre Educação para Todos (1990), a já mencionada Declaração de Salamanca, a Convenção Interamericana para Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Pessoas Portadoras de Deficiência (1999), também conhecida como Convenção de Guatemala, e a Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência (2006), também conhecida como Convenção de Nova Iorque, são marcos importantes desse percurso, orientando os Estados signatários a adotarem uma série de medidas em favor de processos educativos mais igualitários e abertos às diferenças".
De acordo com o fragmento citado e os conteúdos abordados nas aulas e no livro-base Fundamentos para Educação Especial, a declaração de Guatemala reafirma:
	
	A
	a união de esforços em defesa de uma escola única para todas as crianças, 
independentemente de suas diferenças individuais.
	
	B
	atenção educacional aos alunos com necessidades educacionais especiais.
	
	C
	a educação para a erradicação do analfabetismo.
	
	D
	os direitos humanos e as liberdades fundamentais de pessoas com base na sua 
deficiência.
	
	E
	a universalização do ensino fundamental em dez anos.
Questão 1/5 - Educação Especial e Inclusiva
Leia o fragmento de texto a seguir:
“No que diz respeito mais especificamente aos benefícios para os pais, eles podem aprender maneiras novas e mais eficazes de disciplinar seus filhos, entender as intervenções realizadas na escola, contribuir com a realização destas e diminuir a tensão sobre a criação dos filhos”.
De acordo com o livro-base Fundamentos para educação especial, as Diretrizes Operacionais para o Atendimento Educacional Especializado na Educação Básica, modalidade Educação Especial (Res. Nº 4/2009), aponta para a reorganização da estrutura escolar em relação aos recursos e apoios especializados a serem ofertados. Enumere, na ordem sequencial, as explicações que se relacionam a cada um dos grupos: 
     1. Alunos com deficiência – surdos
     2. Alunos com deficiência visual
     3. Alunos com deficiência intelectual
     4. Alunos com transtornos globais de desenvolvimento
     5. Alunos com altas habilidades/superdotação
     (   ) Educação bilíngue.
     (   ) Complementação com serviços especializados na área da saúde. 
     (   ) Utilização de recursos ópticos e não ópticos.
     (   ) Desenvolvimento dos processos mentais superiores.
     (   ) Atividades de enriquecimento curricular desenvolvidas no âmbito de escolas públicas de ensino regular.
Agora, marque a sequência correta:
	
	A
	3 – 2 – 5 – 1 – 4
	
	B
	4 – 3 – 2 – 1 – 5
	
	C
	5 – 4 – 3 – 2 – 1
	
	D
	1 – 4 – 2 – 3 – 5
	
	E
	1 – 5 – 3 – 2 – 4
Questão 2/5 - Educação Especial e Inclusiva
Leia o fragmento de texto a seguir:
“No Brasil, o atendimento às pessoas com deficiência física foi primeiramente realizado na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, em uma classe especial anexa ao hospital”.
De acordo com o livro-base Fundamentos para educação especial, no texto das Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica, promulgada pela Res. Nº 2/2001, qual é a definição dada para educação especial? Assinale a alternativa correta:
	
	A
	Por educação especial, modalidade da educação escolar, entende-se