A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Intoxicação por Anticolinesterásicos - Organofosforados e Carbamatos

Pré-visualização | Página 1 de 1

INTOXICAÇÃO POR ANTICOLINESTERÁSICOS - ORGANOFOSFORADOS E CARBAMATO
-Chumbinho: 
Inicialmente composto de carbamato, mas atualmente também por organofosforado e outros compostos tóxicos
Uso Agricola
OF (Etion; fention; paration; tricorfon)
Carbamatos (Adicarb; carbaril; carbofuran)
Uso Domiciliar 
OF (Diclovós – rodasol/tedefon. Triclorfon – tugon)
Carbamatos + OF (Diclovós – Baygon)
-Toxicocinética: 
Rapidamente absorvidos na pele, trato respiratório e digestório
Atingem todos os órgãos/tecidos/BHE/placentária. Lipossolúvel
Biotransformação hepática(P450)/Eliminação Renal – fecal(leite)
-Mecanismo de Ação: 
São inibidores da acetilcolinesterase(AchE), impedindo a inativação da acetilcolina(Ach) = ação mais intensa e prolongada do mediador químico nas sinapses colinérgicas na membrana pós-sináptica.
Carbamato
Liga-se aos 2 locais ativos da AchE
Ocorre carbamilação. Ligação fraca – reversível
Retorno da atividade da AchE(1 a 60h – depende da espécie)
OF
Liga-se a serina do sítio esterásico
Ligação estável – fosforilação: irreversível
-Diagnóstico: 
 Histórico/Avaliação Clínica
Manifestação Clínica
Necropsia
Resposta ao Tratamento
Dosagem de AchE(50%)
-Tratamento: 
 Atropinização(adm de atropina) – sempre
Sinais clínicos de atropinização
Supressão de secreções + taquicardia + midríase
Cuidados com a intoxicação por atropina – midríase constante; excitação/agitação psicomotora; ressecamento da mucosa oral; arritmias
Medidas específicas
Somente em OF
Oximas(pralidoxima)
Iniciado precocemente
Reativa AchE
Antes fazer atropina
São antídotos verdadeiros, reativadores de colinesterase
Utilizados na intoxicação por OF
Melhora atividade motora
Contra indicado nas intoxicações por carbamatos
Medidas Gerais
Esvaziamento gástrico
Carvão ativado
Outros Procedimentos
Convulsões = Diazepam
Controle dos distúrbios hidroeletrolíticos
Contra indicações: Morfina, barbitúricos, fenotiazínicos = arritmias graves/depressão cardiovasculares e respiratórias. Alteração da enzima AchE