A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
617 pág.
2000 perguntas radiologia

Pré-visualização | Página 5 de 50

EXPOSIÇÃO
108- NA RADIOGRAFIA DE ALTO CONTRASTE DEVE-SE USAR:
(A) BAIXA MILIAMPERAGEM E ALTA KILOVOLTAGEM
(B) ALTA MILIAMPERAGEM E GRANDE DFF
(C) ALTA MILIAMPERAGEM E BAIXA KILOVOLTAGEM
(D) TEMPO DE EXPOSIÇÃO LONGO
(E) MAIOR DISTÂNCIA OBJETO-FILME
GABARITO:
106 – C 
107 – A
108 - C
109-QUANDO OBSERVAMOS QUE NUM FILME RADIOGRÁFICO AS PARTES MAIS ESPESSAS NÃO 
SÃO ATRAVESSADAS PELOS RAIOS-X E AS ESTRUTURAS DELICADAS PERDEM A NITIDEZ 
PODEMOS DIZER QUE HÁ:
(A) FALTA DE KV
(B) EXCESSO DE mAS
(C) REVELADOR VELHO
(D) FIXADOR SATURADO
(E) FALTA DE mAS
110- O PROCESSO DE ABSORÇÃO FOTOELÉTRICA ENVOLVE:
(A) ELÉTRONS DAS CAMADAS MAIS EXTERNAS
(B) ELÉTRONS DAS CAMADAS MAIS INTERNAS
(C) ELÉTRONS DE TODAS AS CAMADAS
(D) FÓTONS DE ALTA ENERGIA 
(E) FÓTONS DE QUALQUER ENERGIA
111- QUAL O FATOR QUE NÃO AFETA A TRANSMISSÃO DE RAIOS X ATRAVÉS DO TECIDO?
(A) A ENERGIA DOS RAIOS X 
(B) A DENSIDADE DO TECIDO
(C) O NÚMERO ATÔMICO AFETIVO DO TECIDO
(D) A ESPESSURA DO TECIDO
(E) A ÁREA DE TECIDO
GABARITO:
109 – A 
110 – B
111 - E
112- O QUE PRODUZ RAIOS X DE MAIOR ENERGIA?
(A) 60KVp, POUCA FILTRAÇÃO, RETIFICAÇÃO TRIFÁSICA
(B) 70KVp, POUCA FILTRAÇÃO, RETIFICAÇÃO DE MEIA ONDA
(C) 60KVp, MUITA FILTRAÇÃO, POTENCIAL CONSTANTE
(D) 75KVp, NENHUMA FILTRAÇÃO, RETIFICAÇÃO DE ONDA COMPLETA
(E) 70KVp, NENHUMA FILTRAÇÃO, RETIFICAÇÃO TRIFÁSICA
113- O QUE NÃO É IMPORTANTE NA PRODUÇÃO INSTANTÂNEA DE CALOR NUM TUBO DE RAIOS X?
(A) MASSA DO ALVO
(B) TAMANHO DA ÁREA FOCAL
(C) MATERIAL DO ALVO
(D) DIÂMETRO DO ALVO
(E) ÂNGULO DO ALVO
114- O QUE SEMPRE SERÁ A MAIOR FONTE DE FALTA DE NITIDEZ NUMA RADIOGRAFIA?
(A) UMA ÁREA FOCAL DE 1 mm
(B) O PACIENTE SE DESLOCANDO 1 mm
(C) O TUBO SE DESLOCANDO 1 mm
(D) O FILME SE DESLOCANDO 1 mm
(E) QUALQUER UMA DAS ANTERIORES
GABARITO:
112 – E 
113 – E
114 - B 
115- APROXIMADAMENTE, A PORCENTAGEM DE ENERGIA DOS ELÉTRONS QUE É CONVERTIDA EM 
CALOR NUM TUBO DE RAIOS X OPERANDO COM 100KVp E ALVO DE TUNGSTÊNIO (Z=74) - É:
(A) 98%
(B) 98,5%
(C) 99%
(D) 99,5%
(E) 99,9%
116- QUAL DOS FATORES ABAIXO RELACIONADOS NÃO AFETA O TAMANHO DA PENUMBRA 
GEOMÉTRICA PRODUZIDA POR UMA MÁQUINA DE RAIOS X NA PELE DE UM PACIENTE?
(A) TAMANHO DO FOCO
(B) DISTÂNCIA FOCO PELE
(C) DISTÂNCIA OBJETO-FILME
(D) TAMANHO DO CAMPO 
(E) INCLINAÇÃO DA SUPERFÍCIE DO ANODO
117- A DOSE MÁXIMA ANUAL PERMITIDA PARA O TRABALHO COM RADIAÇÕES IONIZANTES É:
(A) 100 mR
(B) 5000 mR
(C) 75.000 mR
(D) 7,5 R.
(E) 7,0 R.
GABARITO:
115 – C 
116 – D
117 - B
118- UM TRABALHADOR COM RADIAÇÕES IONIZANTES RECEBEU UMA DOSE TOTAL ACUMULADA 
DE 30 Rem DOS 18 AOS 25 ANOS. NO PRÓXIMO ANO, O MÁXIMO DE RADIAÇÕES QUE ESTE 
TRABALHADOR PODERÁ RECEBER SERÁ:
(A) 1 Rem
(B) 5 Rem
(C) 10 Rem
(D) 12 Rem
(E) 40 Rem
119- A IRRADIAÇÃO DE GÔNADAS PODE PRODUZIR MUDANÇAS HEREDITÁRIAS AS QUAIS PODEM 
CAUSAR AINDA:
(A) ESTERILIDADE
(B) CÂNCER
(C) MENOPAUSA PRECOCE
(D) ANORMALIDADE NAS GERAÇÕES FUTURAS
(E) ENCURTAMENTO DA VIDA
120 – A CAUSA MAIS ACEITÁVEL PARA UMA RADIOGRAFIA GRADEADA É:
(A) MAU CONTATO DO ECRAN INTENSIFICADOR
(B) POTTER BUCKY NÃO SE MOVIMENTA NA HORA DA EXPOSIÇÃO
(C) MODIFICAÇÃO NO ESPECTRO DOS RAIOS X ALTERANDO A FILTRAÇÃO DO FEIXE
(D) ALTA TEMPERATURA NO TRANSFORMADOR DE FILAMENTO
(E) FALTA DO FILTRO DE ALUMINIO
GABARITO:
118 – C 
119 – D
120 - B
121- A DOSE MÁXIMA PERMITIDA ANUALMENTE PARA A POPULAÇÃO É:
(A) 0,1 R 
(B) 0,3 R
(C) 0,5 R
(D) 5 R
(E) 0,05 R
122- A QUANTIDADE DE RADIAÇÃO RECEBIDA POR
UM PACIENTE DURANTE UMA RADIOGRAFIA É AFETADA POR:
(A) TAMANHO DO CAMPO
(B) GRADE
(C) TAMANHO DO FOCO
(D) FILTRO DE ALUMÍNIO
(E) KILOVOLTAGEM
123 – ASSINALE A ALTERNATIVA QUE APRESENTA OS ELEMENTOS EM ORDEM CRESCENTE DE 
DENSIDADE.
(A) AR, OSSO, GORDURA E ÁGUA
(B) OSSO, ÁGUA, GORDURA E AR
(C) OSSO, GORDURA, AR E ÁGUA
(D) ÁGUA, GORDURA, AR E OSSO
(E) AR, GORDURA, ÁGUA E OSSO
GABARITO:
121 – C 
122 – A
123 - E
124 – A DISTÂNCIA FoFi(FOCO-FILME) PARA INCIDÊNCIA LATERAL DA COLUNA CERVICAL É DE, 
APROXIMADAMENTE:
(A) 50 cm A 100 cm
(B) 152 cm A 183 cm
(C) 202 cm A 252 cm)
(D) 301 cm A 311 cm 
125-UM APARELHO DE RAIOS-X OPERANDO ENTRE 50 E 70 KVp, DEVE TER COMO FILTRO:
(A) 0,5 mm DE Al
(B) 1,5 mm DE Al
(C) 2,5 mm DE Al
(D) 3,0 mm DE Al
(E) 2,0 mm DE Al
126-A DOSE MÁXIMA PERMISSÍVEL ANUALMENTE PARA QUEM MANIPULA FONTES RADIOATIVAS É:
(A) 1 REM
(B) 7,5 REM
(C) 5 REM
(D) 2,5 REM
(E) 10 REM
GABARITO:
124 – B 
125 – E
126 - C
127- OS ÉCRANS REFORÇADORES QUE TEM A SUA COMPOSIÇÃO SALINA CARACTERIZADA POR 
GRÃOS PEQUENOS, INDICAM:
(A) MAIOR LUMINOSIDADE
(B) MAIOR LUMINOSIDADE E MENOR DETALHE
(C) MENOR LUMINOSIDADE
(D) MENOR LUMINOSIDADE E MAIOR DETALHE
(E) O TAMNHO DOS CRISTAIS NÃO INTERFERE NO DETALHE NEM NA LUMINOSODADE DOS ECRANS
128- O FILME UTILIZADO EM ABREUGRAFIA SOFRE EMULSIONAMENTO DE SAIS EM:
(A) DOIS LADOS
(B) TRÊS LADOS
(C) UM LADO
(D) NÃO É EMULSIONADO
(E) A ABREUGRAFIA ERA UM SISTEMA QUE NÃO USAVA FILME
129- A MAIOR ENERGIA DA RADIAÇÃO X OBSERVADO NO EFEITO ANÓDIO É:
(A) DO LADO DO ANÓDIO
(B) AO NÍVEL DO RAIO CENTRAL
(C) DO LADO DO CATÓDIO
(D) QUANDO USAMOS ECRANS SENSÍVEIS
(E) QUANDO RADIOGRAFAMOS ESTRUTURAS DE ESPESSURA UNIFORME
GABARITO:
127 – D 
128 – C
129 - B
130- OS RAIOS X SÃO:
(A) RAIOS DE MASSA
(B) ENERGIA COM COMPRIMENTO DE ONDA MAIOR QUE A LUZ
(C) ENERGIA ELETROMAGNÉTICA
(D) ENERGIA ELETROMAGNÉTICA DE PEQUENO COMPRIMENTO DE ONDA
(E) EMISSÃO CORPUSCULAR COM CARGA ELÉTRICA POSITIVA
131- O QUE NOS PROPORCIONARIA UM EXAME RADIOGRÁFICO COM MAIS DETALHE:
(A) FOCO FINO, ÉCRAN DE GRÃOS GROSSOS
(B) FOCO GROSSO, ÉCRAN DE GRÃOS GROSSOS
(C) FOCO FINO, ÉCRAN DE GRÃOS FINOS
(D) FOCO GROSSO, ÉCRAN DE GRÃOS FINOS 
(E) FOCO GROSSO, ECRAN DE GRÃOS GROSSOS E ANODO COM A MAIOR ANGULAÇÃO POSSÍVEL 
132- ATUALMENTE O MATERIAL USADO NA BASE DOS FILMES RADIOGRÁFICOS É:
(A) ACETADO
(B) POLIESTER
(C) MADEIRA
(D) VIDRO
(E) SULFATO DE BÁRIO
GABARITO:
130 – D 
131 – C
132 - B
133 – OS FATORES RADIOGRÁFICOS QUE SE EQUIVALEM AO ORIGINAL 500 mA, 50 KV, 0.5 s COM 
DFF DE 1 m SÃO:
(A) DFF 0.80 m – 40 KV – 250 mA – 1 s
(B) DFF 0.65 m – 50 KV – 500 mA – 0.3 s
(C) DFF 0.90 m – 40 KV – 1000 mA – 0.25 s
(D) DFF 0.75 m – 50 KV – 1000 mA – 0.125 s
(E) DFF 0.90 m – 50 KV - 1000 Ma - 1,25 s
134- QUAL O PERCENTUAL APROXIMADO DE ENERGIA QUE OBTEMOS NO PROCESSO DE 
FORMAÇÃO DA RADIAÇÃO X:
(A) 1% DE RAIOS X E 90% DE CALOR
(B) 1% DE RAIOS X E 0,2% DE CALOR
(C) 0,2% DE CALOR E 98,8% DE RAIOS X 
(D) 98,8% DE CALOR E 0,2% DE RAIOS X 
(E) 99% DE CALOR E 1% DE RAIOS X
135- COMO PODEM SER DIVIDIDOS OS TUBOS DE RAIOS X QUANTO AO TIPO DE ANÓDIO?
(A) FIXO E OSCILANTE
(B) REDONDOS E RETANGULARES
(C) FIXO E GIRATÓRIO
(D) REDONDOS E QUADRADOS
(E) TUNGSTÊNIO E CHUMBO
GABARITO:
133 – D 
134 – E
135 - C
136- QUANDO TEMOS UMA ALTA QUILOVOLTAGEM EM NOSSO REGIME PODEMOS DIZER QUE 
ESTAMOS TRABALHANDO COM:
(A) RAIOS MOLES
(B) RAIOS DE GRANDE COMPRIMENTO DE ONDA
(C) RAIOS DE PEQUENO COMPRIMENTO DE ONDA
(D) RAIOS DE POUCA ENERGIA
(E) RAIOS RESPONSÁVEIS PELO EFEITO FOTO-ELÉTRICO
137- ABREUGRAFIA É:
(A) UMA RADIOGRAFIA DIMINUÍDA
(B) UMA FOTOGRAFIA DO OBJETO
(C) UMA FOTOGRAFIA DA IMAGEM LATENTE 
(D) UMA FOTOGRAFIA DA IMAGEM FLUOROSCÓPICA
(E) UMA FOTOGRAFIA DIGITAL DO OBJETO
138- O INTENSIFICADOR DE IMAGEM:
(A) DIMINUI O DETALHE DA IMAGEM
(B) PROPORCIONA MAIOR COMODIDADE AOS EXAMES
(C) AUMENTA A LUMINOSIDADE DA TV
(D) AUMENTA A INTENSIDADE LUMINOSA DA IMAGEM 
(E) IMPEDE QUE A RADIAÇÃO SECUNDÁRIA

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.