A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
224 pág.
Metodologia do Ensino da Ginástica Escolar - livro

Pré-visualização | Página 5 de 46

- Participar de treinamentos esportivos, reconhecendo o esporte como um 
fenômeno social que tem suas vertentes voltadas para a performance.
Estão de acordo com os PCN as afirmações:
a) I, IV e V.
b) II, III e IV.
c) II, III e V.
d) III, IV e V.
e) I, III e IV.
Fonte: Disponível em: <https://site.pciconcursos.com.br/provas/22815197/a6a68fa9654d/
pv_professor_de_educacao_fisica.pdf>. Acesso em: 21 out. 2015.
Questão 5 – QUESTÃO 2 do Concurso da Educação Física, Pernambuco. 
No trabalho pedagógico com a Educação Física a partir da perspectiva 
pedagógica proposta pelos PCN, três aspectos devem ser levados em 
consideração:
a) Princípio da progressão social; o movimento como meio e fim da educação 
física; a matriz biológica.
b) Princípio da inclusão; as dimensões dos conteúdos (atitudinais, conceituais 
e procedimentais); os temas transversais.
c) Fases do movimento motor; dimensão da aptidão física; os temas sociais.
d) Blocos de conteúdo; a educação psicomotora; as abordagens críticas.
e) Ensino do mundo da cultura; as dimensões sociais do esporte; o projeto 
político pedagógico.
Fonte: Disponível em: <https://site.pciconcursos.com.br/provas/22815197/a6a68fa9654d/
pv_professor_de_educacao_fisica.pdf>. Acesso em: 21 out. 2015.
Questão 6 – QUESTÃO 3 do Concurso da Educação Física, Pernambuco. 
De acordo com os PCN, é tarefa da educação física escolar, EXCETO:
a) Garantir o acesso dos alunos às práticas da cultural corporal.
b) Contribuir para a construção de um estilo pessoal.
c) Oferecer instrumentos para que os alunos sejam capazes de apreciar os 
conteúdos criticamente.
14
d) Abordar os conteúdos de forma aleatória, tendo em vista que os alunos trazem 
consigo poucas experiências relativas ao conhecimento sistematizado.
e) Oportunizar aos alunos para que desenvolvam suas potencialidades, de 
forma democrática e não seletiva. 
Fonte: Disponível em: <https://site.pciconcursos.com.br/provas/22815197/a6a68fa9654d/
pv_professor_de_educacao_fisica.pdf>. Acesso em: 21 out. 2015.
Questão 7 - QUESTÃO 13 do concurso da educação física, Pernambuco. 
A partir da promulgação da Lei nº 9.394/96 (Lei de Diretrizes e Bases da 
Educação Nacional), a educação física caracteriza-se:
a) Como componente curricular.
b) Como matéria biológica.
c) Como atividade física, esportiva e recreativa.
d) Como ensino do corpo e da mente.
e) Como disciplina extracurricular.
Fonte: Disponível em: <https://site.pciconcursos.com.br/provas/22815197/a6a68fa9654d/
pv_professor_de_educacao_fisica.pdf>. Acesso em: 21 out. 2015.
Questão 8 - QUESTÃO 15 do Concurso da Educação Física, Pernambuco. 
A educação física trata, na escola, de uma área denominada:
a) Cultura corporal.
b) Aptidão física.
c) Cultura humana.
d) Prática esportiva generalizada.
e) Educação, esporte e lazer. 
Fonte: Disponível em: <https://site.pciconcursos.com.br/provas/22815197/a6a68fa9654d/
pv_professor_de_educacao_fisica.pdf>. Acesso em: 21 out. 2015.
15
TÓPICO 2
CONHECENDO A HISTÓRIA DA GINÁSTICA
UNIDADE 1
1 INTRODUÇÃO
Neste tópico você entenderá a trajetória histórica da ginástica até os dias 
atuais e sua inserção no ambiente escolar. Iniciaremos contando a história desde os 
primórdios da civilização e como ela vem acompanhando a evolução da sociedade, 
principalmente no ambiente escolar. A ginástica, para Ramos (1982, p.15), “vem 
da Pré-história, afirma-se na Antiguidade, estaciona na Idade Média, fundamenta-
se na Idade Moderna e sistematiza-se nos primórdios da Idade Contemporânea”.
2 SÍNTESE DA CONSTRUÇÃO HISTÓRICA DA GINÁSTICA: 
DA PRÉ-HISTÓRIA À IDADE MÉDIA
A palavra ginástica, de acordo com Ayoub (2003), advém do grego 
Gymnastiké, que significa a arte de fortificar o corpo e dar-lhe agilidade. Esse 
termo reflete as perspectivas historicamente direcionadas à prática da ginástica 
pelo homem ao longo da história.
Para Ramos (1982), a ginástica era entendida como a prática do exercício 
físico, que na pré-história tinha papel relevante para sua sobrevivência, expressando 
principalmente a necessidade vital de atacar e defender-se, possuindo o caráter 
utilitário, sendo transmitido através das gerações.
Podemos observar, nas figuras a seguir, que a ginástica na Pré-história 
se tratava de uma exercitação espontânea e ocasional, que possuía um caráter 
natural, utilitário, guerreiro, ritualístico e recreativo e objetivava a luta pela vida, 
os ritos e cultos, a preparação para a guerra, as ações competitivas entre tribos e 
as práticas recreativas (OLIVEIRA & NUNOMURA, 2012).
UNIDADE 1 | RESGATANDO AS RELAÇÕES ENTRE EDUCAÇÃO FÍSICA E A GINÁSTICA
NO AMBIENTE ESCOLAR
16
FIGURA 1 – HOMENS PRÉ-HISTÓRICOS EM ATITUDES DE ATAQUE E DEFESA
FONTE: Disponível em: <http://i.ytimg.com/vi/OXzt_1w0qF4/hqdefault.jpg>.
Acesso em: 10 set. 2015.
FIGURA 2 – HOMENS PRÉ-HISTÓRICOS EM ATITUDES DE ATAQUE E DEFESA
FONTE: Disponível em: <https://sites.google.com/site/historiaeducacaofisica/_/
rsrc/1380599367754home/pre_historia_1%5B1%5D.jpg?height=371&width=398>.
Acesso em: 10 set. 2015.
Veja o vídeo no link a seguir que mostra a atividade física na Pré-história.<https://
www.youtube.com/watch?v=C13_sm3qw6k>.
DICAS
TÓPICO 2 | CONHECENDO A HISTÓRIA DA GINÁSTICA
17
O exercício físico utilitário e sistematizado de forma rudimentar era 
transmitido de uma geração a outra, por meios dos jogos, rituais e festividades 
(PARRA, SANTANA, LIMA, 2010). Na Antiguidade, Ramos (1982) cita que a 
prática de exercícios ocupou um lugar de destaque nas civilizações orientais e do 
novo mundo. Egípcios, assírios, babilônios, hititas, persas, chineses, japoneses e 
os índios pré-colombianos utilizavam a ginástica como objeto de culto, recreação 
e preparação guerreira. 
Na China, mais ou menos 3000 a.C., um imperador guerreiro, Hoang Ti, 
pensando no progresso do seu povo, pregava os exercícios físicos com finalidades 
higiênicas e terapêuticas, além do caráter guerreiro (COSTA, 1998). 
FIGURA 3 – MILITARES CHINESES PRATICAVAM UM JOGO QUE NA VERDADE 
ERA UM TREINO MILITAR 
FONTE: Disponível em: <http://img.historiadigital.org/2014/04/Futebol-Historia-
Tsu-Chu.jpg> Acesso em: 10 set. 2015.
Na Índia, os exercícios físicos eram tidos, no começo do primeiro milênio, 
como uma doutrina por causa das "leis de Manu", uma espécie de código civil, 
político, social e religioso. Eram indispensáveis às necessidades militares, além 
do caráter fisiológico. Buda atribuía aos exercícios o caminho da energia física, 
pureza dos sentimentos, bondade e conhecimento das ciências para a suprema 
felicidade do Nirvana (no budismo, estado de ausência total de sofrimento). A 
yoga tem suas origens na mesma época, retratando os exercícios ginásticos no livro 
Yajur Veda, que, além de um aprofundamento da Medicina, ensinava manobras 
massoterápicas e técnicas de respirar (COSTA, 1998). 
UNIDADE 1 | RESGATANDO AS RELAÇÕES ENTRE EDUCAÇÃO FÍSICA E A GINÁSTICA
NO AMBIENTE ESCOLAR
18
FIGURA 4 – EXERCÍCIOS GINÁSTICOS NO LIVRO "YAJUR VEDA, YOGA” 
FONTE: Disponível em: <http://www.nucleosattva.com.br/servicos_arquivos/aula01.
jpg>.Acesso em: 10 set. 2015.
Veja os vídeos nos links a seguir que mostram a história da yoga.
<https://www.youtube.com/watch?v=3DFVOvCWzN0>.
<https://www.youtube.com/watch?v=s_15soE_eHU>.
DICAS
No Japão, a educação física era quase sempre ligada aos fundamentos 
médico-higiênicos, fisiológicos, morais, religiosos e guerreiros. A civilização 
japonesa também tem sua história ligada ao mar devido à posição geográfica, 
além das práticas guerreiras feudais, os samurais (COSTA, 1998).
TÓPICO 2 | CONHECENDO A HISTÓRIA DA GINÁSTICA
19
FIGURA 5 – SAMURAIS, ELITE GUERREIRA DO JAPÃO FEUDAL 
FONTE: Disponível em: <http://1.bp.blogspot.com/_6VNuFjuhuQM/SoQozx8rk_I/
AAAAAAAAABg/LJQGxc62kbE/s320/OgAAALhWrUhNUCrd7mqW4YZRHVzwguYxHm

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.