A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
América II

Pré-visualização | Página 1 de 2

HISTÓRIA DA AMÉRIA II
Aula de Revisão 2
Tema da Apresentação
Aula de revisão 2
HISTÓRIA DA AMÉRIA II
Conteúdo Programático desta aula
O desenvolvimento economico norte-americano e suas bases.
A América Latina no século XX – Economia e Política.
O imperialismo norteamericano, a 2ª Guerra Mundial, a Guerra-Fria, as Ditaduras e a redemocratização.
Tema da Apresentação
Aula de revisão 2
HISTÓRIA DA AMÉRIA II
O desenvolvimento dos EUA no século XIX E início do XX
 A Guerra da Secessão como o ponto-de-partida para o desenvolvimento capitalista e a expansão norteamericana.
 A Expansão territorial – O conceito de fronteira
 O início do imperialismo americano – A Guerra Hispano-Americana
 O Conceito de “Big Stick”
Tema da Apresentação
Aula de revisão 2
HISTÓRIA DA AMÉRIA II
 . O Fim da Guerra Civil e A Reconstrução: Início do crescimento econômico norte-americano. 
 . A Guerra Hispano-Americana, marco inaugural do Imperialismo norte-americano.
 . A “Idade do Ouro” dos EUA: Os EUA como 1ª potência industrial (1906), a 1ª Guerra Mundial e a decadência da Europa e os anos 20.
Tema da Apresentação
Aula de revisão 2
HISTÓRIA DA AMÉRIA II
 
A América Latina:
 
 . México: A Revolução mexicana marca a História desse país por todo o séc. XX.
 . O “Porfiriato” e suas contradições: Desenvolvimento econômico, favorecimento do capital estrangeiro, autoritarismo e extrema pobreza do campesinato indígena, somado à repressão aos trabalhadores e à oposição.
 . Os indígenas do México eram considerados como um obstáculo ao “progresso”.
 . As eleições de 1910 e o surgimento da oposição “madeirista” consubstanciada no Plano de San Luis de Potosi e o início da revolução. 
Tema da Apresentação
Aula de revisão 2
HISTÓRIA DA AMÉRIA II
 
 . A Argentina no início do século XX: Ao final do século XIX a Argentina passa a uma fase caracterizada pelo predomínio de Buenos Aires.
 . Durante este período implementa-se o grande desenvolvimento econômico-social impulsionado Á partir da “Campanha do Deserto”.
 . A exportação de trigo cresce 300% entre 1892 e 1913.
 . A exportação de carne congelada, impulsionada pelo desenvolvimento tecnológico (refrigeração, navios à vapôr), faz da Argentina o maior exportador mundial (principalmente para a Inglaterra). O país recebeu 6 milhões de estrangeiros entre o final do século XIX e a primeira metade do século XX, a maioria deles italianos e espanhóis. 
 
 
Tema da Apresentação
Aula de revisão 2
HISTÓRIA DA AMÉRIA II
. O governo argentino adotou uma política econômica liberal, que combinava franquias e liberdades econômicas, aos investimentos estrangeiros (notadamente ingleses – que cresceram 20 vezes entre 1880 e 1930).
 . Duas legislações destacam-se nesse período: A Lei de Educação Comum e a Lei Eleitoral .
 . A 1ª Guerra Mundial afetou as exportações e os transportes e limitou o afluxo de capital. levando à crise.
 . O governo buscou atuar na expansão da fronteira agríola e no incentivo à indústria.
 . 
Tema da Apresentação
Aula de revisão 2
HISTÓRIA DA AMÉRIA II
 A Crise de 1929/30:
 
 . Após a 1ª guerra mundial, a economia norte-americana apresentava grandes superávits comerciais e de pagamentos, e a produção era facilmente exportável. Com a recuperação das economias européias, o nível de exportações norte-americanas decresceu, gerando uma crise de superprodução, que desvalorizou os investimentos e levou à crise da Bolsa de Valores de 1929. Por outro lado, o governo norte-americano pouco atuava na economia, e, quando o fazia, errava, como no caso da política monetária (redução de reservas para conter a inflação).
 . A queda da rentabilidade das empresas, levou à queda do preço das ações na bolsa, iniciando um círculo vicioso que por fim levou a quebra geral, inclusive no setor agrícola.
Tema da Apresentação
Aula de revisão 2
HISTÓRIA DA AMÉRIA II
 . Várias instituições bancárias foram fechadas. O total de instituições bancárias fechadas durante a década de 1920 e de 1930 foi de 14 mil.
 . Em maio de 1930, o governo norte-americano aprovou uma lei que aumentava as tarifas alfandegárias. . Os outros países reagiram aprovando leis semelhantes, causando uma queda súbita nas exportações americanas. Isso levou ao desemprego que subiu de 9% em 1930 para 16% em 1931, e 25% em 1933. Durante a década de 1930, a taxa de desemprego nos Estados Unidos não retornaria mais às taxas de 9% de 1930, se mantendo em perto da casa dos 20%.
 . 
 
Tema da Apresentação
Aula de revisão 2
HISTÓRIA DA AMÉRIA II
 . Em 1929, o valor total dos produtos industrializados fabricados nos Estados Unidos foi de 104 bilhões de dólares. Em 1933, caíra para 56 bilhões (45%). A produção de aço caiu em 61% entre 1929 e 1933, e a produção de automóveis caiu em cerca de 70% no mesmo período.
 . Cerca de 30% dos trabalhadores que continuaram nos seus empregos foram obrigados a aceitar reduções em seus salários.
 . Já o preço de produtos agropecuários caiu em cerca de 50%, por causa do excedente da produção destes produtos - primariamente trigo, levando os fazendeiros à falência.
Tema da Apresentação
Aula de revisão 2
HISTÓRIA DA AMÉRIA II
 . Em 1932 foi eleito para a presidência, Franklin D. Roosevelt, que acreditava firmemente na intervenção governamental para resolver a crise. 
 . Roosevelt, juntamente com o congresso americano, criaram e aprovaram uma série de leis nomeadas de New Deal ("Novo Acordo"). Estas leis forneceriam ajuda social às famílias e pessoas que necessitassem, forneceriam empregos através de parcerias entre o governo, empresas e os consumidores, e reformou o sistema econômico e governamental americano, de modo a evitar que uma recessão deste gênero ocorresse futuramente. Diversas agências governamentais foram criadas para administrar os programas de ajuda social.
 . O New Deal ajudou a minimizar os efeitos da Grande Depressão nos Estados Unidos. A economia lentamente, passou a recuperar-se. O governo também diminuiu certos impostos para estimular o consumo. 
Tema da Apresentação
Aula de revisão 2
HISTÓRIA DA AMÉRIA II
A 2ª Guerra Mundial e as Américas:
. O século XX presenciou ainda o advento de um novo conflito internacional, a Segunda Guerra Mundial, uma continuação da 1ª.
. Os Estados Unidos adotaram inicialmente uma postura de distanciamento e buscaram aproximar-se cada vez mais de seus parceiros latino-americanos obviamente sob sua liderança, consolidando-a através de Conferências Diplomáticas.
. Em dezembro de 1941 os EUA foram atacados em Pearl Harbour. Foi então convocada uma nova conferência, que se reuniu na cidade do Rio de Janeiro em janeiro de 1942 que decidiu pelo rompimento com o Eixo. Esse rompimento gerou retaliações, com o afundamento de vários navios comerciais que trafegavam no Atlântico. México e Brasil enviaram tropas para o conflito.
Tema da Apresentação
Aula de revisão 2
HISTÓRIA DA AMÉRIA II
 A Guerra Fria e os países americanos:
 . Ao término da Segunda Guerra Mundial, a participação dos Estados Unidos e da União Soviética na vitória dos aliados consolidou uma rivalidade que se estendeu por toda a segunda metade do século XX.
 . A participação da URSS nessa vitória fez com que o prestígio do comunismo aumentasse bastante e, com isso, houve também uma expansão dos Partidos Comunistas ao redor do mundo.
 . O presidente estadunidenses, Harry S. Truman estabelece a Doutrina Truman, em um violento discurso, assumindo o compromisso de "defender o mundo capitalista contra a ameaça socialista", iniciando a Guerra Fria.
 . Na América Latina Durante a Guerra Fria, a propaganda anticomunistas dos Estados Unidos mantiveram no Panamá a Escola das Américas. 
Tema da Apresentação
Aula de revisão 2
HISTÓRIA DA AMÉRIA II
 . A partir de 1954, os serviços de inteligência norte-americanos