A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
paicanalise

Pré-visualização | Página 1 de 1

Clínica psicanalítica
Atividade I
9) Fale sobre os três tipos de fantasia
10) Pulsão de vida e de morte
Pulsão de mortecomo uma tendência que levaria à eliminação da estimulação do organismo. Assim, o trabalho dessa pulsão teria comoobjetivo a descarga, a falta do novo, a falta de vida, ou seja, a morte. Então, o organismo não teria em sua base constitucional o desejo pela mudança, pois estaria fadado a buscar sempre estados anteriores. A tendência do organismo à mudança e ao progresso seria, portanto, uma aparência enganadora.
a pulsão de vida precisa encontrar formas de manter a vida ante a tendência à mortífera da pulsão oposta. Uma das soluções pontuadas por ele é o desviar da pulsão de morte para fora do organismo para não provocar a destruição interna. Assim, boa parte desta pulsão se voltaria para o exterior e se apresentaria aí, pelo menos parcialmente, em forma de destruição.
11 AS fases do desenvolvimento para freud
Fase Oral
Período: de 0 a 1 ano aproximadamente.
Características principais: a região do corpo que proporciona maior prazer à criança é a boca. É pela boca que a criança entra em contato com o mundo, é por esta razão que a criança pequena tende a levar tudo o que pega à boca. O principal objeto de desejo nesta faseé o seio da mãe, que além de a alimentar proporciona satisfação ao bebê.
Fase Anal
Período: 2 a 4 anos aproximadamente
Características: Neste período a criança passa a adquirir o controle dos esfíncteres a zona de maior satisfação é a região do ânus. Ambivalência (impulsos contraditórios) A criança descobre que pode controlar as fezes que sai de seu interior, oferecendo-o à mãe ora como um presente, ora como algo agressivo. É nesta etapa que a criança começa a ter noção de higiene. Fases de birras.
Fase Fálica
Período: de 4 a 6 anos aproximadamente.
Características: Nesta etapa do desenvolvimento a atenção da criança volta-se para a região genital. Inicialmente a criança imagina que tanto os meninos quanto as meninas possuem um pênis. Ao serem defrontadascom as diferenças anatômicas entre os sexos, as crianças criam as chamadas "teorias sexuais infantis", imaginando que as meninas não tem pênis porque este órgão lhe foi arrancado (complexo de castração). É neste momento que a menina tem medo de perder o seu pênis. Neste período surge também o complexo de Édipo, no qual o menino passa a apresentar uma atração pela mãe e a se rivalizar com o pai, e na menina ocorre o inverso.
Fase de Latência
Período: de 6 a 11 anos aproximadamente.
Características: este período tem por característica principal um deslocamento da libido da sexualidade para atividades socialmente aceitas, ou seja, a criança passa a gastar sua energia em atividades sociais e escolares.
Fase Genital
Período: a partir de 11 anos.
Características:neste período, que tem início com a adolescência, há uma retomada dos impulsos sexuais, o adolescente passa a buscar, em pessoas fora de seu grupo familiar, um objeto de amor. A adolescência é um período de mudanças no qual o jovem tem que elaborar a perda da identidade infantil e dos pais da infância para que pouco a pouco possa assumir uma identidade adulta.
12 Um resumo do “mal estar da civilização”
13 transferência e contratransferência
a transferência é entendida como: O processo pelo qualdesejos inconscientes se atualizam sobre determinados objetos no quadro de um certo tipo de relação estabelecida com eles e, eminentemente, no quadro da situação analítica. Trata-se aqui de uma repetição de modelo infantil vivido com um sentimento de atualidade acentuada.
 o conceito de contratransferência, como sendo uma reação do analista provocada pela transferência do paciente, e, como tal, algo a ser superado ou ultrapassado para que o analista volte a trabalhar em condições adequadas.
Atividade II
1 histórico da vida de breuer ) biografia
2 quem era Anna O
3 qual a relação que Ana O fazia com o seu pai
devotava ao pai que a mimava, um amor verdadeiramente apaixonado. Jamais havia se enamorado, o que pode ser explicado pela intensa fixação paterna.
4 qual a relação que Ana O fazia com a mãe
não se dava muito bem com sua rígida genitora
5 porque Anna O usou o pseudônimo masculino
Porque tinha dificuldade de identificação feminina e uma insatifação com o papel feminino
6 quais as características que Ana Oapresentou quando cuidava do pai
apresentou acessos de tosse e períodos de sonolência e inquietação que duravam toda a tarde.ficou acamada e começou a apresentar uma série de sintomas, estrabismo, paralisias, contraturas e zonas de anestesia cutâneas. Falava de forma quase incompreensível, uma mistura de quatro ou cinco idiomas. Às vezes se comportava normalmente, mas parecia deprimida: outras, mostrava-se caprichosa, inquieta e dizia ver serpentes negras.
7 o que significa talking curecura pela palavrae Climney sweepinglimpeza da chaminé
8 falar sobre a morte do pai de Anna O.
no dia cinco de abril a notícia da morte do pai causou-lhe um grande choque.Os parentes havia lhe escondido a verdade acerca do estado de seu pai e ela reagiu muito mal a isso. Dizia que lhe haviam roubado seu último olhar e suas últimas palavras.
9 como ela ficou depois da morte do pai?
Passou dois dias em estado estuporoso e recusava-se a falar com os parentes, alegando não entender sua língua nativa. Breuer era o único que aceitava e reconhecia, chegando a ter que alimentá-la.
10 como Anna O. Ficou depois de se recuperar da doença
Após recuperar-se de sua doença nervosa, Bertha dirigiu, a partir de 1895, um orfanato, fez várias viagens aos Balcãs, Oriente Médico e Rússia para fazer investigações sobre o tráfico de escravas brancas e sobre a prostituição. Em 1904, fundou a Liga de Mulheres Judias e três anos após, um estabelecimento de ensino filiado a essa organização. Foi responsável também pela criação de casas de recuperação de prostitutas. Todo esse trabalho social fez dela a fundadora do serviço social na Alemanha e uma das primeiras mulheres a lutar pelos direitos femininos, no início do século. Morou com sua mãe até o falecimento desta e morreu solteira em Frankfurt, em 1936.
11 o que éreminiscências
12 fale sobre as divergências de Breuer e Freud
13 falar sobredo rompimento de Breuer e Freud
14 como ocorreu a descoberta da psicanálise e porque Breuer se intitulou pai da psicanálise
15 Freud afirma que trazer o recalcado para atividade consciente, na terapia, possibilita a solução do conflito, por três razões diversas. Quais são essas razões?