grupo nitrogenio
4 pág.

grupo nitrogenio


Disciplina<strong>inorganica</strong> 28 materiais17 seguidores
Pré-visualização1 página
RELATÓRIO
	
	Curso: Química Licenciatura 
	Valor do Relatório:
	Disciplina: Inorgânica II - Prática de Lab.
	( ) R6 ( ) R7 ( ) R8 (x) R9 
	Professor(a): Robson Marques Viana
	Data do Experimento: 23/08/2019
Data da Entrega:30/08/2019 
	Alunos(as):Fábio Augusto
__________________________________________________
__________________________________________________
__________________________________________________
	Matrículas: 5107409
 _______________
 _______________
 _______________
	OBS: Atenção no preenchimento do cabeçalho do relatório.
Assiduidade, pontualidade e data de entregar do relatório até uma (01) semana a data realização da prática.
	Nota:
Título da Prática: Pratica do Cromo
Objetivo:		
Desenvolvimento de ensaios que mostrem algumas características do comportamento químico do cromo nos seus principais estados de oxidação.
Materiais e Reagentes:
	Reagentes
	Vidrarias
	Equipamentos
	Acido acético
	Tubo de ensaio
	Pinça
	Acido clorídrico conc.
	Pipeta graduada 
	Bico de Bunsen 
	Acido sulfúrico conc.
	Béquer 
	Tripé
	Agua destilada
	Proveta
	Espátula
	Cloreto de bário
	Balança eletrônica 
	
	Cloreto de cromo III
	Pinça de madeira
	
	Cromato de sódio ou potássio
	
	
	Dicromato de amônio
	
	
	Dicromato de sódio
	
	
	Fosfato de sódio
	
	
	Hidróxido de amônio
	
	
	Hidróxido de sódio
	
	
	Peroxido de hidrogênio
	
	
	Dicromato de potassio
	
	
Procedimento Experimental:
Estado de oxidação:
Em um tubo de ensaio colocar cerca de 4,0 mL de cromato de sódio ou potássio, colocar gotas de acido sulfúrico e 5,0 mL de peroxido de hidrogênio (H2O2) P. A. Observar.
Em tubo de ensaio colocar cerca de 4,0 mL de Dicromato de sódio e sobre este com cuidado colocar 3,0 mL de acido sulfúrico concentrado (tomar cuidado quando adicionar o acido reação violenta). Observar
Colocar cerca de 5,0 mL de Dicromato de potássio em um tubo de ensaio e sobre este colocar cerca de 2,0 mL de acido sulfúrico concentrado (cuidado) e 5,0mL de acido clorídrico concentrado. Observar. 
 
.
 Estado de oxidação 6 +:
Em tubo de ensaio colocar cerca de 4,0 mL de cromato de sódio e 0,5mL de solução de NaOH. Adicionar pequena .
Composto do nitrogênio:
OXIDO NITROSO. (Este procedimento deve ser feito na capela). Coloque dentro de em tubo de ensaio cerca 2g de nitrato de sódio e a este cerca de 4mL de sulfato de sódio. Aquecer ligeiramente. Observar o desprendimento do gás. Observação (o gás liberado é conhecido como gás hilariante, e como propelente).
OXIDO NITRICO. (Este procedimento deve ser feito na capela). Coloque em tubo de ensaio +ou- 1g de cobre metálico e a este coloque com muito cuidado 5mL de ácido nítrico diluído. Observa o que acontece.
Oxidação de metais com ácido nítrico:
Em tubo de ensaio colocar cerca 0,5g de zinco metálico e 5mL de ácido nítrico diluído. Cuidado com está reação. Observar o que acontece. 
Oxidação dos compostos com HNO³:
Colocar 2mL de ácido clorídrico mais 0,5mL de ácido nítrico. Observar o qual o gás que se desprende. Realizar está mistura na capela.
Colocar cerca de 0,5g de sulfato ferroso mais 4mL de ácido nítrico diluído. Cuidado fazer este procedimento na capela. Observar o que acontece.
.
Resultados Obtidos e Discussão:
Preparação do amoníaco;
Reação endotérmica, (temperatura um pouco baixa). Liberação de gás, dissolveu o cloreto de amônio. Após o aquecimento o cloreto de amônio virou um precipitado cristalizado.
Obtenção do nitrogênio:
Reação endotérmica (temperatura mais baixa), liberação de gás e formou um precipitado.
Composto do nitrogênio:
Primeiro uma reação endotérmica, após o aquecimento diluo o nitrato de sódio. Liberação de gás, não formou precipitado.
Liberação de gás, mudança na coloração de incolor para azul claro. Provável mudança de nox.
Oxidação de metais com ácido nítrico:
Reação exotérmica, reagiu intensamente, liberando gás, consumiu rapidamente todo o zinco.
Oxidação dos compostos com HNO³:
Não apresentou desprendimento do gás.
Apresentou um desprendimento de gás hidrogênio, consumindo todo sulfato de ferroso, formando uma solução amarelada.
Conclusões:
Pôde-se perceber que o Nitrogênio apresenta diferentes propriedades, dependendo do seu estado de oxidação e, portanto, apresenta características distintas dos outros elementos constituintes do grupo 15. É digno de nota o caráter oxidante dos oxiácidos de N, como o HNO3, frente a diversos metais e também o caráter ácido de um destes que apresenta poder de acidez maior ou menor dependendo de concentração. Continuando com os outros elementos do grupo 15 percebeu-se que o fósforo não é um forte agente oxidante e o bismuto necessita de alta energia para ionizar. No mais, esta aula prática ajudou a desenvolver conhecimentos sobre elementos específicos e na prática de se trabalhar no laboratório.
Bibliografia Consultada:
LEE, J. D. Química Inorgânica não tão Concisa (4ª Ed). Editora Edgard Blücher Ltda., São Paulo, 1996.
https://sites.google.com/site/scientiaestpotentiaplus/acido-nitrico
https://sites.google.com/site/scientiaestpotentiaplus/acido-fosforico
https://sites.google.com/site/scientiaestpotentiaplus/acido-fosforico
.