Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
Agentes Físicos_ ruído, vibração, calor, frio, umidade, radiação e pressões anormais

Pré-visualização | Página 1 de 2

26/09/2019 Agentes Físicos: ruído, vibração, calor, frio, umidade, radiação e pressões anormais
https://senac.blackboard.com/bbcswebdav/pid-4369825-dt-content-rid-61386776_1/institution/Senac RS/TST/UC02/conteudos/10_agentes_fisic… 1/11
Agentes Físicos: ruído, vibração, calor,
frio, umidade, radiação e pressões
anormais
Os agentes físicos são as variadas formas de energia que os
trabalhadores possam estar expostos. Esses agentes tem o potencial de
alterar as características físicas dos ambientes de trabalho. São eles:
ruídos, vibrações, pressões anormais, temperaturas extremas (frio e calor),
radiações ionizantes, radiações não ionizantes e umidade.
São identificados por três características principais: exigem um meio
de transmissão (normalmente o ar) para propagarem sua nocividade, agem
mesmo sobre pessoas que não tem contato direto com a fonte do risco, e
em geral, ocasionam lesões mediatas.
O conhecimento dos agentes físicos para o Técnico de Segurança do
Trabalho é de extrema relevância, pois são os agentes que podem modificar
as características físicas do ambiente de trabalho e, consequentemente, a
forma da execução das atividades. Com isso, podemos agir
preventivamente sobre eles e evitarmos possíveis acidentes de trabalho e
doenças ocupacionais.
Ruído
A maioria das indústrias apresentam o ruído como um problema a ser
resolvido, causado pelos processos industriais em si ou pelo fluxo constante
de matérias primas e produtos, que são trazidos, despejados, carregados e
levados, operações estas geralmente ruidosas.
26/09/2019 Agentes Físicos: ruído, vibração, calor, frio, umidade, radiação e pressões anormais
https://senac.blackboard.com/bbcswebdav/pid-4369825-dt-content-rid-61386776_1/institution/Senac RS/TST/UC02/conteudos/10_agentes_fisic… 2/11
Mas afinal, o que é o ruído?
Som ou ruído é o nome dado a qualquer
vibração que ocorre em um meio elástico,
geralmente o ar, que é capaz de ser
percebido pelo ouvido humano. De
maneira geral reserva-se o nome de ruído
aos sons desagradáveis, indesejáveis e
de som à uma sensação prazerosa,
desejada, como a produzida pela música.
Entretanto, é preciso ter claro que, seja prazeroso ou não, se estiver
elevado, som ou ruído podem provocar danos à audição. O efeito do ruído
sobre o organismo é o da redução da capacidade auditiva e até surdez
permanente. A consequência direta para o empregado é a irritabilidade, dor
de cabeça, mal-estar, fadiga, redução da produtividade, aumento de
acidentes, entre outros fatores.
26/09/2019 Agentes Físicos: ruído, vibração, calor, frio, umidade, radiação e pressões anormais
https://senac.blackboard.com/bbcswebdav/pid-4369825-dt-content-rid-61386776_1/institution/Senac RS/TST/UC02/conteudos/10_agentes_fisic… 3/11
Importante: As alterações danosas aos trabalhadores
poderão manifestar-se imediatamente ou gradualmente
dependendo do tempo de exposição, do nível sonoro e da
sensibilidade individual.
O tempo de exposição ocupacional deverá ser menor a
medida que o nível de ruído aumentar.
O som ou ruído tem duas características principais:
Intensidade: que indica a quantidade de energia transmitida por
uma onda sonora emitida por uma máquina, equipamento ou
grito de uma pessoa que, quanto maior, mais nociva para a
audição. A intensidade do som, é medida em decibel, uma
unidade convencional assim como o metro e o quilo. Os
equipamentos existentes captam e medem a energia
transmitida no ar e expressam os valores do nível de pressão
sonora em decibéis, que quanto maior, significa que a
intensidade do som é maior.
Frequência: indica o número de vibrações sonoras produzidas
em um segundo. Os aparelhos que medem as frequências
indicam os resultados em hertz(Hz). Os sons com frequência
menores do que 10 Hz são chamados infrassons e os sons
com frequência acima de 10000 Hz são chamados ultrassons.
Nosso ouvido só consegue perceber sons entre 16 e 20.000Hz,
assim não ouvimos os infrassons e a maioria dos ultrassons.
Como saber se o ruído do ambiente de trabalho é
elevado?
Existem diversas maneiras de saber se o ruído no local de
trabalho é elevado, desde as mais simples até através de
medições com aparelhos. A primeira maneira é observar se o
ruído atrapalha a conversa entre duas pessoas com audição
normal, pois elas emitem sons com nível de pressão sonora
em torno de 65-70 dB. De uma maneira geral, sempre que o
26/09/2019 Agentes Físicos: ruído, vibração, calor, frio, umidade, radiação e pressões anormais
https://senac.blackboard.com/bbcswebdav/pid-4369825-dt-content-rid-61386776_1/institution/Senac RS/TST/UC02/conteudos/10_agentes_fisic… 4/11
ruído existente no ambiente dificultar a conversa entre duas
pessoas com audição normal é porque o nível de ruído muito
provavelmente está acima de 85 dB.
Uma segunda maneira é através do relato de trabalhadores
que estão há mais tempo no trabalho, os que informam sobre a
diminuição da audição que eles ou outros trabalhadores
sofreram. Mas essa prática não condiz com a prevenção em
saúde e segurança do trabalho e, dessa forma, não devemos
adotá-la, pois existem maneiras mais precisas de saber o nível
de ruído através da medição com equipamentos específicos.
Temos então aparelhos que medem a energia sonora e
apresentam os valores em decibéis. São os medidores de
pressão sonora (muitas vezes chamados de decibelímetro) e
os analisadores de frequência que registram o espectro de
frequências que compõem o ruído. Estes equipamentos são,
na maioria das vezes, portáteis e fáceis de utilizar, devem ser
disponíveis em todas as empresas nas quais existam risco de
ruído elevado.
É importante medir os níveis de pressão sonora e o
espectro de frequência do ruído, não apenas para comprovar
a existência do risco, mas principalmente para permitir a
indicação de medidas de controle adequadas.
Tipos de ruído
Existem três principais "tipos" de ruído nos ambientes de trabalho:
contínuo, intermitente e de impacto. É preciso considerar este aspecto
quando realizar a avaliação em um determinado ambiente.
26/09/2019 Agentes Físicos: ruído, vibração, calor, frio, umidade, radiação e pressões anormais
https://senac.blackboard.com/bbcswebdav/pid-4369825-dt-content-rid-61386776_1/institution/Senac RS/TST/UC02/conteudos/10_agentes_fisic… 5/11
Contínuo: são os ruídos cuja variação de nível de intensidade
sonora é muito pequena em função do tempo. O ruído contínuo
é subdividido em puro e complexo.
O ruído contínuo puro é o mais simples, já o complexo, é a
combinação de um certo número de ruídos puros. São ruídos
de bombas de líquidos, engrenagens, motores elétricos, entre
outros. Exemplos: compressores e geladeiras.
Figura 01: Gráfico ruído contínuo (quantidade de decibéis X tempo)
Fonte: <http:// wwwp.feb.u nesp.br/jc andido/acustica /Apostila/Ca pitulo%2 008.pdf>. Acesso em: 06 dez.
2016.
Intermitente ou flutuante: é o ruído que, geralmente,
encontramos no interior das empresas. São os ruídos mais
comuns nos sons diários, podemos encontrá-los nos trabalhos
manuais, na afiação de ferramentas, na soldagem e no trânsito de
veículos.
26/09/2019 Agentes Físicos: ruído, vibração, calor, frio, umidade, radiação e pressões anormais
https://senac.blackboard.com/bbcswebdav/pid-4369825-dt-content-rid-61386776_1/institution/Senac RS/TST/UC02/conteudos/10_agentes_fisic… 6/11
Figura 02: Gráfico ruído intermitente (quantidade de decibéis X tempo)
Fonte: <http:// wwwp.feb.u nesp.br/jcandi do/acustic a/Apostil a/Capitulo% 2008.pdf>. Acesso em: 06 dez.
2016.
De impacto ou impulsivo: apresenta intervalos superiores a
um segundo e picos de ruído de duração inferior a um segundo.
São os ruídos que provêm de explosões e impactos,
característicos de britadeiras, rebitadeiras, prensas, impressoras
automáticas. A legislação brasileira fixa como limite de tolerância
130 dB (linear) ou 120 dB (C) para exposição de oito horas diárias
Página12