A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
58 pág.
Anatomia Topográfica Veterinária - Introdução

Pré-visualização | Página 1 de 1

-Introdução-
Anatomia Topográfica
Profª Bruna Copat
CRONOGRAMA SEMESTRE
• ESPLANCNOLOGIA COMPARADA: descreve as 
vísceras
• Subdividida em:
• Sistema digestivo, sistema respiratório, sistema 
urinário, sistema reprodutor, sistema 
cardiovascular (anato 2) e sistema neurológico 
(anato 2).
INTRODUÇÃO
ETMOLOGIA 
• Grego: Ana = em partes + Tomein = cortar
• Estudo das estrutura e suas inter-relações.
ANATOMIA TOPOGRÁFICA
• Permite determinar exatamente localizações 
anatômicas com o emprego de termos descritivos 
relacionados a posições, direções e planos corporais.
TERMOS TOPOGRÁFICOS
• 1968 - Nomina Anatômica Veterinária. 
• Utilizados para que a posição e partes do corpo 
sejam empregadas corretamente.
TERMOS TOPOGRÁFICOS
POSIÇÃO ANATÔMICA
- ESTAÇÃO
- Narinas a frente
- Olhos ao horizonte
- 4 membros 
esticados
TERMOS TOPOGRÁFICOS
FRONTAL 
DORSAL/VENTRAL
TRANSVERSAL 
CRANIAL/CAUDAL
MEDIANO
LATERAL DIR./ESQ.
* Sagital
PLANOS CORPORAIS
‘’cortes’’horizontal vertical
vertical
TERMOS TOPOGRÁFICOS
POSIÇÕES E DIREÇÕES ANATÔMICAS
PROXIMAL
DISTAL
CRANIAL
CAUDAL
DORSAL
VENTRAL
MEDIAL
LATERAL
PLANTAR
PALMAR
ROSTRAL
TERMOS TOPOGRÁFICOS
DIREÇÕES ANATÔMICAS
Axial e abaxial – Suínos e ruminantes
• SUPERFICIAL
• PROFUNDO
• INTERNO
• EXTERNO
TERMOS TOPOGRÁFICOS
DIREÇÕES ANATÔMICAS
TERMOS TOPOGRÁFICOS
DIVISÕES DO CORPO
CAVIDADES CORPORAIS
• Constituídas por compartimentos TORÁCICO, ABDOMINAL E 
PÉLVICO.
• O DIAFRAGMA separa a cavidade torácica da abdominopélvica.
CAVIDADES CORPORAIS
• Revestidas por membrana SEROSA: Pleura e peritônio.
• Transparente, úmida, lisa e brilhante, contínua e fina.
• Reveste cavidades e cobre órgãos. 
• Secreta líquido seroaquoso e o reabsorve.
• Sustenta linfonodos e dá a passagem às artérias, veias, 
nervos e vasos linfáticos. 
CAVIDADES CORPORAIS
Nas cavidades, é dividida em:
SEROSA PARIETAL: ADERIDA A PAREDE CORPÓREA;
SEROSA VISCERAL: REVESTIMENTO DAS VÍSCERAS.
SEROSA INTERMEDIÁRIA: MESENTÉRIO 
(de conexão) LIGAMENTO 
PREGA 
OMENTO
CAVIDADE TORÁCICA
LIMITES
• CRANIAL – 1ª par de costelas e 
esternébras
• CAUDAL – diafragma
• DORSAL – vértebras torácicas
• VENTRAL - esterno
CAVIDADE TORÁCICA
• SEROSAS
• PLEURA PARIETAL 
(costal, diafragmática e mediastinal)
• PLEURA VISCERAL 
(pulmão- Esq e Dir)
• PERICÁRDIO 
(coração)
CAVIDADE TORÁCICA- DIAFRAGMA
SEPARA A CAVIDADE TORÁCICA DA CAVIDADE ABDOMINAL; 
POSSUI TRÊS ABERTURAS ENTRE O TÓRAX E ABDOME:
HIATO AÓRTICO: PASSAGEM DA AORTA ABDOMINAL; V.AZIGOS E DUCTO TORÁCICO
HIATO ESOFÁGICO: PASSAGEM DO ESÔFAGO,TRONCOS VAGAIS DORSAL E VENTRAL E 
OS VASOS ESOFÁGICOS;
FORAME DA VEIA CAVA: ABERTURA PARA VEIA CAVA CAUDAL.
CAVIDADE ABDOMINAL
• Espaço dentro do tronco, entre o diafragma e a cavidade 
pélvica.
• Revestida por peritônio.
LIMITES
• CRANIAL: diafragma
• CAUDAL: entrada pélvica
• VENTRAL: linha alba e m. abdominais
• DORSAL: vértebras lombares
SEROSAS
• PERITÔNIO PARIETAL
• PERITÔNIO VISCERAL
• PERITÔNIO INTERMEDIÁRIO
*REGIÕES DO ABDOME
- Cranial/Epigástrica/Xifóide
- Diafragma- ult. Costela 
- Média/ Mesog./Umbilical
- Ult. Costela à tuber. coxal
- Caudal/ Hipog./ Púbica
- Tub. Coxal - CaVent íleo
DIAFRAGMAANTERIOR PELVICO
Cr
.
MCa
Dividido por dois planos 
TRANSVERSAIS em três 
regiões primárias.
Dividido por cortes 
SAGITAIS 
em três regiões
Cranial
Média
Caudal
*REGIÕES DO ABDOME
Prepucial
Mamária
Fossa PL.
Pregas flanco
VARIA POR ESPÉCIE!!!
*Porção abdominal intratorácica
CAVIDADE PERITONEAL
• Espaço entre peritônio 
parietal e visceral.
• Localizado na cavidade 
abdominal e parte da 
cavidade pélvica. 
• Contém pouca quantidade 
de líquido lubrificante.
CAVIDADE PÉLVICA
Espaço limitado por:
• CRANIAL: Púbis e sacro
• CAUDAL: Arco isquiático
• DORSAL: Sacro e 2 primeiras vert. Caudais
• VENTRAL: Púbis e ísquio
• Contém reto, canal anal e porções pélvicas das vísceras 
reprodutivas e urinárias. 
ARQUITETURA FUNCIONAL DAS VÍSCERAS 
•Vísceras = órgãos 
• Órgãos OCOS (tubulares, cilíndricos, cavitários) 
ou PARENQUIMATOSOS. 
• Revestidos por camadas (externa, média e 
interna).
Camada EXTERNA 
DENOMINAÇÕES – conforme órgão - revestimento
• Túnica serosa- peritônio e pleura visceral/parietal e 
pericárdio
• Túnica adventícia - parte cervical do esôfago
• Cápsula fibrosa - rins
• Túnica albugínea – pênis, testículos, ovários 
• esôfago
Camada MÉDIA
• É a túnica MUSCULAR
• Formada por fibras musculares lisas, estriadas ou cardíacas.
• Responsável pelo movimento da parede dos órgãos através da 
ação de compressão ou propulsão. 
• Esfincters – mecanismo de abrir e fechas orifícios ou canais
• Atuam em equilíbrio, quando um contrai outro relaxa.
Camada INTERNA
•É a túnica MUCOSA - Forra os órgãos 
• Inclui lâminas: própria e muscular da mucosa e 
submucosa.
• LÂMINA PRÓPRIA – suporte a mucosa
• LÂMINA MUSCULAR– 3 camadas de fibras m. lisas 
• Seu epitélio pode ser de ABSORÇÃO ou SECREÇÃO
OBRIGADA!!!
bruna.copat@fsg.edu.br
REFERÊNCIAS
• DYCE, K.M.; SACK, W.O.; WENSING; C.J.G. Tratado de anatomia 
veterinária. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1997. 663 p.
• GETTY, R. Sisson/Grossman – anatomia dos animais domésticos. 
5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1986. v. 1, 1134 p.
• GODINHO, H.P.; CARDOSO, F.M.; NASCIMENTO, J.F. Anatomia dos 
ruminantes domésticos. Belo Horizonte: UFMG, 1985. 438 p.
• INTERNATIONAL COMMITTEE ON VETERINARY GROSS ANATOMICAL 
NOMENCLATURE. Nomina anatomica veterinaria. 5. ed. Hannover: 
Editorial Committee, 2005. 190 p.
• POPESKO, P. Atlas de anatomia topográfica dos animais 
domésticos. São Paulo: Manole, 1997. v. 2,194 p.
• SCHALLER, O. (Ed.). Nomenclatura anatômica veterinária 
ilustrada. São Paulo: Manole, 1999. 614 p.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.