APS MECANISMO DE AGRESSAO E DEFESA CONCLUIDA
4 pág.

APS MECANISMO DE AGRESSAO E DEFESA CONCLUIDA


DisciplinaMecanismos de Agressao e Defesa I117 materiais441 seguidores
Pré-visualização1 página
CENTRO UNIVERCITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS 
Rosângela Santos da Silva 
RA 5255374
ATIVIDADE PRÁTICA SUPERVISIONADA Mecanismos de Agressão e Defesa
SÃO PAULO- SP 
2019
Atividade 2 
Resposta Inflamatória 
Através da vermelhidão, inchaço e também a temperatura quente que percebemos os primeiros sintomas em nosso corpo, quando ouve algum corte e este inflamado, com isso entendemos que as células provenientes do sistema imunológico se acumulam nesse local, e assim já ocorre o aumento de fluxo sanguíneo esse e o processo inflamatório a região fica avermelhada, quente e também com inchaço por causa do acumulo de liquido, a inflamação e uma reação do organismo que ocorre quando há infecção ou lesão do tecido e tem como função eliminar o microrganismo e reparar os danos de um corte seja lá o que causou a inflamação
Sistema imunológico 
Macrófagos e mastócitos células do sistema imunológico que agem reconhecendo os microrganismos através de receptores que faz o reconhecimento das moléculas e assim já começam a liberar substancias exemplo a citocinas que são um tipo de proteína muito importante para outras células que tem o papel de destruir os microrganismos 
Os mastócitos tem como função liberar substancia como a histamina que atua em algumas células fazendo que os vasos sanguíneos aumente o diâmetro que e a vasodilatação o que deixa a maior circulação naquela região
Por muitas vezes a resposta imune inata não consegue dar conta de todo o trabalho de imunizar, ai e que entra as células da imunidade adaptativa que são os linfócitos que vem agindo contra os microrganismos e as vezes existe alguns que ainda sim consegue fugir dos dois tipos de resposta imune, isso temos que ter cuidado pois a inflamação pode se infecciona ainda mais, é dependendo da quantidade de bactéria que o macrófagos chama ajuda para o reforço do combate contra os microrganismo e assim que começa o uso dos anti-flamatorios que são usados para diminuir dores e outros sinais de inflamação esses antibióticos servem para destruir os microrganismo indesejáveis.
Psoríase
Através do sistema imunológico que essa doença pode ser desenvolvida é uma doença bem comum e identificadas por vermelhidões, descamações na pele e couro cabeludo que é onde aparece com mais frequência, cotovelos região genital, mãos e pés joelhos e unhas também pode ser afetadas por essa doença elas são lesões que se espalha pelo corpo, ela e uma doença crônica autoimune o organismo ataca ele mesmo, e uma doença que pode ser facilmente tratada de vier leve ou ate casos muitos complicados que levam ate a incapacidade das articulações;
Existe vários tipo que pode ser tratados de vários jeitos 
Em forma de manchas vermelhas e inflamadas que identificamos a \u2018Psoríase invertida\u2019.
Psoríase gutata essas são mais comuns em crianças e jovens menos de 30 anos ataca mais a garganta e são formada pequenas feridas.
Psoríase ungueal afeta os dedos unhas das mãos e dos pés.
Psoríase pustulosa normalmente aparece manchas em tosa parte do corpo.
Psoríase eritrodermica a menos comum tem lesões de 75% do corpo, manchas vermelhas que normalmente coçar e arde.
Acredita-se que o sistema imunológico existe uma célula mais conhecida como célula T que percorre todo corpo em busca de elementos estranhos como vírus, bactérias, com intuito de elimina-las, mas quando uma pessoa tem psoríase as célula T começam a destruir as células que estão saudáveis como se tivessem curando uma ferida.
Tratamento de Psoríase 
Reduzir a inflamação e formação das placas, fazendo com que as células da pele parem de crescer tão rapidamente
Regular e normalizar a aparência da pele.
Para isso, existem três opções gerais de tratamento: tópico (cremes e pomadas), sistêmico e por fototerapia
REFERENCIAS
https://pt.khanacademy.org/science/health-and-medicine/human-anatomy-and-physiology/introduction-toimmunology/v/inflammatory-response
https://joaopmcarmo.files.wordpress.com/2012/08/oseu-incrc3advel-sistema-imune.pdf
https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/direito/resposta-inflamatoria/25429
http://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/psoriase/18/.