A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Revisão Contabilidade UNIP Questionário I

Pré-visualização | Página 1 de 1

Revisão Contabilidade UNIP Questionário I
1) A função da Auditoria é: 
d. Exame de contabilidade. 
Comentário: A função da auditoria é revisar os controles internos da empresa, efetuando testes, garantindo a fidelidade dos registros e por consequência a credibilidade de toda a gestão.
2) Uma empresa bem-sucedida é aquela que: 
c. Valoriza a Contabilidade em suas decisões. 
Comentário: A contabilidade é um instrumento de gestão, que visa o controle dos registros financeiros (receitas e despesas), e principalmente a tomada de decisão. Não é uma mero “espelho “ da situação patrimonial da empresa para atendimento ao fisco (arrecadação de impostos), tão pouco apenas para cumprimento legal em manter os registros à disposição de fiscalização. O objetivo central é a tomada de decisão.
3) A estrutura do balanço patrimonial, no Brasil é definida pela lei 6.404/76, modificada posteriormente pelas leis 11.638/07 e 11.941/09. É composto pelo ativo, passivo e patrimônio líquido. A ordem obrigatória com que esses elementos são apresentados é a seguinte:
d. O ativo é apresentado do lado esquerdo do quadro, representando os bens e direitos.
Comentário: Entende-se que o balanço patrimonial apresenta, do seu lado esquerdo, o ativo, ou seja, os bens e direitos da empresa. Do lado direito, o passivo, que são as obrigações com terceiros, em geral, como fornecedores, banqueiros e funcionários, o patrimônio líquido, e as obrigações com terceiros específicos.
4) As normas contábeis brasileiras foram convergidas às normas internacionais de contabilidade. Isso significou algumas mudanças significativas, como a não obrigatoriedade de publicação das Demonstrações de Origens e Aplicações de Recursos (DOAR) em prol da Demonstração do Fluxo de Caixa, entre outras. Quais foram as leis que realizaram estas mudanças no arcabouço jurídico brasileiro?
d. 11.638/07 e 11.941/09.
Comentário: Com o processo de convergência contábil internacional, a partir das leis 11.638/07 e 11.941/09, a DOAR foi extinta em prol da demonstração do fluxo de caixa, considerada mais adequada para os usuários externos.
5) O animado ator, produtor de cinema e galã de novelas Leonel Barbarão disse, durante uma entrevista a um talk show (programa de entrevistas) matinal, que ainda não sabe se o seu último filme deu lucro e muito menos se vai ficar rico por causa do estrondoso sucesso deste filme, que tem levado milhares de fãs aos cinemas, mas que seu contador ajudou a evitar um monte de despesas durante as gravações do filme. Por esta declaração é possível constatar que a contabilidade:
c. Não serve apenas para acumular dados, mas também para formar e analisar informações.
Comentário: A contabilidade não é um meio de atestar a riqueza de alguém nem serve exclusivamente para apurar lucros. A contabilidade é uma ciência que estuda o patrimônio e que serve para duas funções: uma função administrativa, que realiza um controle do patrimônio e uma função econômico e financeira, nas quais apura o resultado, ou seja, se esse patrimônio está gerando lucro ou resultado. Ambas as funções geram informações que são muito úteis para os administradores de uma empresa.
No caso do ator Leonel Barbarão, um personagem fictício criado para ilustrar este exercício, ele não sabe se ficou rico porque, certamente, ainda não houve tempo para as demonstrações financeiras da sua empresa serem apuradas, portanto, ainda não é possível saber se o seu filme, que é um estrondoso sucesso de bilheteria deu lucro. Mas já há dados que permitem tomar decisões.
6) O balanço patrimonial é a demonstração contábil que apresenta a situação econômica e financeira em um determinado momento. No Brasil, costuma-se apurar o balanço patrimonial anual no dia 31 de dezembro. No entanto, é possível afirmar que:
e. O balanço patrimonial pode ser apurado em qualquer período do ano, desde que os usuários internos considerem oportuno ou necessário. 
Comentário: O balanço patrimonial pode ser apurado em todos os outros momentos em que for oportuno ou necessário. No entanto, costuma-se apurar balanços patrimoniais nos chamados fechamentos ou cortes contábeis, coincidindo com os meses do ano gregoriano (janeiro a dezembro). Os dispositivos legais e leis aplicadas no Brasil exigem que a empresa apure balanços anuais, no caso das Sociedades Anônimas, balanços trimestrais, semestrais e anuais.
 7) Podemos dizer que o objeto da Contabilidade é:
a. O patrimônio das entidades. 
Comentário: A contabilidade tem como objetivo analisar, registrar e aferir o patrimônio das entidades. A contabilidade não pode ser um instrumento “estático”, deve ser uma ferramenta para continuidade e controle econômico da gestão.
8) O trabalho da contabilidade se inicia com a captação dos fenômenos que afetam a situação patrimonial de uma entidade. Para isto, costuma-se sintetizar as informações em demonstrativos contábeis que são utilizados pelos chamados usuários da contabilidade, que podem ser quaisquer interessados, tanto dentro da empresa (usuários internos) como fora desta (usuários externos). Assim, entre as alternativas abaixo, qual é o perfil do usuário que é considerado no CPC Conceitual Básico como usuário primário?
e. Banqueiros de investimento, que são usuários externos. Usam a contabilidade para avaliar as perspectivas de crescimento e de retorno sobre o investimento.
Comentário: Banqueiros de investimento são agentes especializados em fornecer recursos de investimento a longo prazo, de maneira que as empresas possam investir em crescimento e desenvolvimento. Usam a contabilidade para avaliar as perspectivas de crescimento e retorno sobre o investimento e demonstram aos investidores externos, com base em projeções feitas a partir dos números da contabilidade da empresa, o potencial de lucro e o risco do investimento. São, segundo o CPC, Pronunciamento Conceitual Básico, usuários com atenção, sem, no entanto, existir uma hierarquia entre eles. São os chamados usuários primários: investidores, credores por empréstimo e outros credores.
9) Os dados coletados pela contabilidade são apresentados periodicamente através de relatórios. Dos vários relatórios que os contadores produzem, temos:
b. DRA: Demonstrações do Resultado Amplo. 
Comentário: Dos vários relatórios utilizados na contabilidade, destacam-se o balanço patrimonial, a Demonstração de Resultado do Exercício (DRE), a Demonstração do Resultado Amplo (DRA), a Demonstração de Mutação do Patrimônio Líquido (DMPL), a Demonstração de Lucro ou Prejuízos Acumulados (DLPA), o fluxo de caixa, a demonstração do valor adicionado e as notas explicativas. As outras alternativas trazem apenas deturpações de nomes.
10) Sabemos que o ativo é o conjunto de bens e direitos que compõem o patrimônio de uma empresa. Dessa forma, para melhor explicar esse conceito, é possível afirmar que os ativos:
a. São itens positivos do patrimônio, que trazem benefícios e proporcionam ganhos para a empresa.
Comentário: O ativo é o conjunto de bens e direitos de propriedade da empresa. São os itens positivos do patrimônio, que trazem benefícios e proporcionam ganhos. Podem ser tangíveis, ter forma física. Dar para pegar ou sentir, como veículos, instalações e imóveis. ou intangíveis, não ter forma física, como o direito de receber um dinheiro no futuro, contas a receber oriundas de uma venda a prazo. Porém, é necessário observar bem qual a finalidade do bem ou do direito para que possa ser considerado, de fato, um ativo e para que tenha condições de proporcionar benefícios e ganhos para a empresa. Por exemplo: se uma empresa mantém uma mesa de tênis em seu patrimônio, mas essa mesa nunca é utilizada ou é utilizada apenas por terceiros, gente que não tem nenhuma participação nos esforços da empresa e não há nenhum interesse envolvido, não teremos um ativo. No entanto, se essa mesma mesa de tênis for utilizada frequentemente pelos funcionários, para descontrair de vez em quando ao longo de uma jornada árdua de trabalho. Atitude que acaba por aumentar a produtividade. temos um ativo.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.