A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
amostra gratis ruby on rails

Pré-visualização | Página 1 de 1

Programação  
Resumo de  
Ruby on Rails  
 
Todas as seguintes anotações  
foram feitas durante o curso de ruby on  
rails da Udemy.   
Versão: ruby 4.3.0 e Rails 4.2.5  
 
➤ Ruby: É uma linguagem de  
programação. multiplataforma. É  
dinâmica, com sintaxe elegante de  
leitura natural e fácil de escrita.  
➤ Gems: São bibliotecas reutilizáveis  
ou conjuntos de arquivos ruby, com  
nome e uma versão.  
➤ Rails: É um framework  
Framework é uma abstração  
que une códigos comuns entre vários  
projetos para uma funcionalidade mais  
genérica. ou seja, são códigos  
reutilizado para fazer outras coisas ou  
a mesma coisa, só que unidos para se  
tornar mais genérico.  
 
Ruby on Rails  
 
Rails é um framework de  
desenvolvimento de aplicações web  
escrito na linguagem ruby  
Foi projetado para tornar a  
programação web fácil ao tempo que  
faz suposições sobre o que o  
programador precisa para começar.  
Resumindo:  
Framework    
 ↗ ↘  
 Rails ← Gem  
 
Ruby é uma linguagem  
 
Na programação em ruby consistimos  
em 2 filosofias :  
Dry : não repita código, ou seja, a              
aplicação rails sugere que        
programamos o código e guardamos          
em um local, para outras pessoas poder              
ter acesso e fazer uso por exemplo.  
Convenção sobre configuração :      
rails tem opiniões de como seria            
melhor jeito de fazer a padronização            
do seu software.  
 
 
Bundle Algumas gems precisam        
de outras gems para poder funcionar,            
chamamos isso de dependências . O          
rails tem a gem chamada “ bundle ”, que              
vai nos ajudar a fazer a gerência. Esse                
arquivo fica dentro de gemfile.  
 
Verificando se temos essa gem: gem list  
bund  
Executar a gem bundle: bundle install  
 
Para criação de códigos em          
máquina virtual. São usamos o cloud 9 e                
code anywhere. Algumas comandos        
que iremos utilizar para verificar a            
versão do ruby, rails e gem.  
 
Versão ruby: ruby -v  
Versão Rails: rails -v  
Versão gem: gem -v  
 
⇨ Criando novo projeto: rails new teste  
⇨ Entrar na pasta: cd < nomepasta >  
⇨ Listar gems : gem list  
Listar gem específica : gem list < nome >  
ex: gem list faker  
⇨ Buscando gems no site da Ruby  
gems: gem list <nome> --remote  
ex: gem list faker --remote  
Quando queremos especificar uma  
versão: gem list < nome > --remote --all  
⇨ Instalar gem: gem install <nome>  
ex: gem install faker  
Quando queremos especificar a versão:  
gem install <nome> -v <versão>  
ex: gem install faker -v 1.0.3  
⇨ Desinstalar gem : gem uninstall faker   
Desinstalar gem e específica a versão :  
gem uninstall faker --version .  
⇨ Quando queremos desinstalar uma  
versão antiga de uma gem:  
gem cleanup < nome >  
ex: gem cleanup faker  
Listar gems que podem ser excluídas:  
gem cleanup -d  
⇨ Criar projeto em uma pasta  
Específica :  
rails new /minhapasta/meuapp  
ex: rails new a/teste1  
Criar projeto de uma versão específica:  
ex: rails _4.0.0_ new teste3  
Criar um projeto com uma configuração  
específica:  
rails new app --database = mysql  
ex: rails 4.0.0 new teste4 --database=mysql  
- Essa aplicação nos permite  
iniciar um projeto com o acesso  
a um banco de dados.  
⇨ Para apagar tudo : rn -rf *  
⇨ Criar um projeto e ignorar a  
verificação Bundle:  
rails new app -b  
ex: rails new teste3 -b  
@Prontodesafiei_  
 1   
 
⇨ Para executar o projeto:  
rails server  
- mas esse comando não funciona  
em máquinas virtuais em nuvem,  
como o Code Anywhere e Cloud  
9.  
⇨ Renomeando um projeto rails:   
1. config_aplication em module app.  
2. Iniciatilizers onde tem nome_session você  
pode substituir pelo novo nome.  
3. No seu projeto e renomeá pelo novo nome  
escolhido.  
 
IRB No lugar de criar arquivos            
para criar testes, a gente pode usar o                
IRB, é se colocar irb + enter, vai dar um                    
editor que podemos digitar e usar como              
uma IDE.  
 
Pry É outra opção que podemos            
usar para fazer teste no prompt, sendo              
uma ferramenta mais alternativa e dar            
coloração as palavras de acordo com            
os tipos.  
 
⇨ Para instalar: gem install pry  
⇨ Para usar colocamos: pry  
 
Arquivo e pasta  
 
Pastas e arquivos são gerados          
quando criamos nosso projeto rails.          
Falando um pouco sobre a          
funcionalidade das pastas e sobre o tipo              
de conteúdo que cada uma armazena.   
 
app: onde fica a maior parte da              
aplicação que vamos usar  
bin: onde roda Scripts na          
inicialização do projeto  
config: é onde fica as          
configurações do projeto  
db: onde vai ficar as          
configurações relacionados ao banco        
de dados  
lib: onde fica as bibliotecas que            
criamos  
log: registra todas as coisas que            
fazemos, como um tipo de histórico.  
public: pasta que fica visível          
para acesso externo.  
teste: onde fica os teste de            
aplicação.  
temp: onde fica os arquivos          
temporários.  
vendou: fica os aplicativos de          
terceiros.  
 
Linguagem Ruby  
 
Trataremos de conceitos ligados        
a estrutura de linguagem ruby, assim            
como sua sintaxe e lógica de            
programação.  
 
@Prontodesafiei_  
 2

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.