Buscar

TEORIAS CRÍTICAS DO CURRÍCULO

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 32 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 32 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 32 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

CURRÍCULO
Aula 6
IEEC_2017
“O currículo é lugar, espaço, território.
O currículo é relação de poder.
O currículo é trajetória, viagem, percurso.
O currículo é autobiografia, nossa vida, currículum vitae: no currículo se forja a nossa identidade.
O currículo é texto, discurso, documento.
O currículo é documento de identidade” 
(Tomaz Tadeu da Silva, 2004) 
CURRICULUM =
ORIGEM E ABRANGÊNCIA
CURSO, PERCURSO, 
ATO DE CORRER
(modo e forma de fazer)
(vem do latim) 
Por que as escolas foram criadas? 
Em que época da história da humanidade?
Quando se inicia (idade)a ida à escola?
Quem deve ir a escola?
O que se faz na escola?
Quanto tempo ficamos (dias, anos) na escola?
O que fazemos na escola?
O que acontece se uma criança não vai à escola?
O que aconteceria com a sociedade se não houvesse escola?
O que significa respeito à diferença na escola?
O que acontece se um aluno não alcança as expectativas colocadas pela escola?
Escola tem relação com indústria/mercado? Por quê?
TEORIAS
CRÍTICAS 
TEORIAS
TRADICIONAIS
TEORIAS
PÓS-CRÍTICAS
TEORIAS 
DO
CURRÍCULO
TEORIAS 
TRADICIONAIS 
DO 
CURRÍCULO
CARACTERÍSTICAS
Ensino humanístico de cultura geral
Centra-se na essência do intelecto, no conhecimento; homem constituído por uma essência imutável 
Ensino de caráter verbalista, autoritário e inibidor da participação do aluno
Conteúdos enciclopédicos, descontextualizados
Valorização do conteúdo, do aspecto intelectual, da disciplina
TRADICIONAIS
6. Educação centrada no professor, que deve dominar os conteúdos
Ensinar é repassar conhecimentos
Aprendizagem é modificação de desempenho
Ensino é processo de condicionamento / reforço da resposta, através da mecanização do processo 
 Behaviorismo, comportamentalismo, ambientalismo
TRADICIONAIS
Não há preocupação com os processos de aprendizagem, mas com o resultado e produto desejado
Criança / aluno: capacidade de assimilação igual a de adulto, porém menos desenvolvida
A aprendizagem é receptiva, mecânica, sem considerar as
O aluno/a é educado/a atingir pelo próprio esforço sua plena realização pessoal (competitividade)
Busca-se a eficiência, eficácia, qualidade, racionalidade, produtividade na escola, que deve funcionar como uma empresa
TRADICIONAIS
ESCOLA: realizar a preparação moral e intelectual dos indivíduos para assumirem seu lugar na sociedade de trabalho (e de consumo). Preocupação com aprendizagem, notas, mensuração.
CONTEÚDO: conhecimentos verdadeiros acumulados pela sociedade.
AVALIAÇÃO: aspectos quantitativos, memorização, produtividade.
PROFESSOR: centro do saber, relação autoritária, técnica e disciplina.
ALUNO: tábula rasa, passivo
TRADICIONAIS
https://www.youtube.com/watch?v=YR5ApYxkU-U 
11
TEORIAS 
CRÍTICAS
DO 
CURRÍCULO
Concepção de sociedade
a sociedade é dividida em classes antagônicas que sob a forma de luta de classes opõe burguesia ao proletariado
é uma luta que se trava nas relações de produção, que são relações de exploração 
discute que a educação é um instrumento de discriminação social, na medida que reforça e legitima a marginalização cultural escolar
escola cumpre seu papel no processo de reprodução do capitalismo
CRÍTICAS
1) Violência simbólica: os grupos e classes dominantes controlam os significados culturalmente legítimos e socialmente mais valorizados. capital cultural (Bourdieu)
 2) Aparelhos Repressivos do Estado: polícia, tribunais, prisões...
3) Aparelhos Ideológicos do estado
 igreja, escola, mídia...
Conceitos
CRÍTICAS
 A escola é dividida em duas grandes redes 
Rede PP= primário =profissional, destinada aos trabalhadores;
 Rede SS = secundário superior, destinada à burguesia 
Corresponde à divisão na sociedade capitalista; explicita os mecanismos de funcionamento da escola capitalista e como esta se constitui; põe em evidência o comprometimento da educação com os interesses da classe dominante 
CARACTERÍSTICAS
Crítica aos processos de convencimento, adaptação e repressão da hegemonia dominante
Contraposição ao empiricismo e ao pragmatismo das teorias tradicionais
Crítica à razão iluminista e racionalidade técnica
Crítica à escola como reprodutora da hegemonia dominante e das desigualdades sociais. (Michael Apple)
Escola Francesa: teoria da reprodução cultural - “capital cultural”. o currículo da escola está baseado na cultura e na linguagem dominante, transmitido através do código cultural (Bourdieu e Passeron) 
Escola de Frankfurt : crítica à racionalidade técnica da escola “pedagogia da possibilidade”- da resistência: currículo como emancipação e libertação (Giroux e Freire) 
Currículo oculto = crítica à reprodução não expressa no currículo oficial, mas manifestada pelas relações sociais na e da escola
Currículo como conjunto das atividades nucleares da escola – recuperação da especificidade da função social da escola e do papel do conteúdo historicamente sistematizado e construído pelo conjunto da humanidade.
Escola: Espaço socializador dos conhecimentos e saberes universais; local de articulação entre o ato político e o ato pedagógico
Conteúdo: conteúdos culturais universais que são incorporados pela humanidade frente à realidade social
Avaliação: meio de obter informações sobre o desenvolvimento da prática pedagógica, para a reformulação /intervenção dessa prática e dos processos de aprendizagem
Professor-aluno: relação interativa, ambos são sujeitos ativos na caminhada da aprendizagem. Aluno é participante ativo.
https://www.youtube.com/watch?v=XFXg7nEa7vQ 
20
TEORIAS 
PÓS-CRÍTICAS
DO 
CURRÍCULO
Contexto das 
Teorias pós- críticas
Movimento intelectual que proclama que estamos vivendo uma nova época histórica=a pós-modernidade
Não representa uma teoria coerente, unificada, mas um conjunto variado de perspectivas, abrangendo uma diversidade de campos políticos, estéticos, epistemológicos
EM TERMOS SOCIAIS
 Tem como referência uma oposição ou transição 
entre a modernidade 
( iniciada com a renascença e consolidada com o iluminismo) 
e a pós-modernidade 
( iniciada em algum ponto da metade do século xx)
 IDÉIAS DE RAZÃO, CIÊNCIA, RACIONALIDADE, PROGRESSO CONSTANTE, 
Estão intimamente ligadas ao tipo de sociedade que se desenvolveu nos séculos seguintes
Não estabelecerem um sociedade perfeita do sonho iluminista
Pesadelo de uma sociedade totalitária, burocraticamente organizada
Com Lacan e Freud , 
o sujeito é fundamentalmente fragmentado 
e não é o centro das ações sociais.
Ele não pensa, não produz, 
ele é pensado, e produzido
ele é dirigido a partir do exterior, pelas estruturas,
 pelas instituições, pelo discurso
Privilegia a mestiçagem, o hibridismo, de culturas e estilos de vida
Ideia de “mudança de paradigmas”
Crítica aos padrões considerados “rígidos” da modernidade 
Rompimento à lógica, positivista, tecnocrática e racionalista.
Tentativa de dar voz aos subalternos excluídos de uma sistema totalizante e padronizado
Superação das verdades absolutas 
O currículo existente é 
linear, sequencial, estático; 
sua epistemologia é realista e objetivista;
 é disciplinar e fragmentado, rigidamente separado 
entre o conhecimento científico 
e o conhecimento do cotidiano,
 segue fielmente as grandes narrativas das ciências, 
tomadas como verdades.
As teorias pós-críticas 
desconfiam profundamente dos impulsos emancipadores e libertadores da teoria crítica, que se fundamenta na vontade de domínio e controle da epistemologia moderna.
Se constituem um ataque à própria ideia de educação.
Enfatizam a indeterminação, a incerteza no conhecimento
Os significados são culturais e socialmente produzidos, envoltos em relações de poder
Questionamento de significados “transcedentais” ligados à religião, política, ciência...
buscando onde, quando, por quem foram inventados
DESCONTRUÇÃO DOS BINARISMOS QUE CONSTITUEM O CONHECIMENTO 
MACHO / FÊMEA; 
BRANCO / NEGRO; 
CIENTÍFICO / NÃO CIENTÍFICO
Discussão dasatuais e rígidas separações curriculares 
entre as diversas 
áreas do conhecimento.
CURRÍCULO COMO DISCURSO
Não toma a realidade tal como ela é e sim como o que os discursos sobre elas dizem como ela deveria ser: representações 
A realidade não pode ser concebida fora dos processos linguisticos de significação e relações de poder
O que as
Teorias Pós- Criticas não respondem?
FRAGMENTAÇÃO DAS RELAÇÕES SOCIAIS
RELATIVIZAÇÃO DOS CONHECIMENTOS
PRIMAZIA DA AMBIGUIDADE E DA INDETERMINAÇÃO – INSUFICIENTE PARA SE CAPTAR O REAL
HIBRIDISMO DE CONCEPÇÕES RELATIVIZAM AS POSSIBILIDADES DE COMPREENDER O REAL EM SUA TOTALIDADE 
NÃO HÁ O REAL PARA SE FAZER A CRITICA
 NÃO HÁ CONHECIMENTO PARA SER SISTEMATIZADO
INSUFICIENTE PARA SER “TRANSFORMADOR”
PODE CONTRADITORIAMENTE SER EMANCIPADOR E REACIONÁRIO.
Escolas Inovadoras 
https://www.youtube.com/watch?v=G29xndqylW0
Projeto Âncora https://www.youtube.com/watch?v=kE6MlnwML8Y

Outros materiais