Pré projeto de Pesquisa 2019
13 pág.

Pré projeto de Pesquisa 2019


DisciplinaPré-projeto de Tcc Administraçaõ15 materiais203 seguidores
Pré-visualização3 páginas
FACULDADE ESTÁCIO DO AMAPÁ
CURSO DE ADMINISTRAÇÃO
DANIELLE GEANNE RODRIGUES MAIA 
EMPREENDEDORISMO VIRTUAL (E-COMMERCE): MERCADO INOVADOR EM MACAPÁ
 
MACAPÁ-AP
2019
DANIELLE GEANNE RODRIGUES MAIA 
EMPREENDEDORISMO VIRTUAL (E-COMMERCE): MERCADO INOVADOR EM MACAPÁ
Projeto de Pesquisa apresentado ao Curso de Administração da Faculdade Estácio do Amapá, como requisito parcial para a conclusão da disciplina Estágio Supervisionado, sob orientação da Profa. Ma. Kamila Pereira Tavares.
 
MACAPÁ-AP
2019
SUMÁRIO
	1
	INTRODUÇÃO............................................................................04
	
	2
	PROBLEMA................................................................................05
	
	3
	HIPÓTESE......................................................................................
	
	4
	OBJETIVOS...................................................................................
	
	4.1
	GERAL...........................................................................................
	
	4.2
	ESPECÍFICO...................................................................................
	
	5
	JUSTIFICATIVA..............................................................................
	
	6
	REFERENCIAL TEÓRICO..............................................................
	
	7
	METODOLOGIA..............................................................................
	
	7.1
	TIPO DE PESQUISA.......................................................................
	
	7.2
	UNIVERSO E AMOSTRA................................................................
	
	7.3
	COLETA DE DADOS.......................................................................
	
	7.4
	TRATAMENTO DOS DADOS.........................................................
	
	8
	RESULTADOS ESPERADOS........................................................
	
	9
	CRONOGRAMA..............................................................................
	
	
	PROPOSTA DE SUMÁRIO PARA O ARTIGO ..............................
	
	
	REFERÊNCIAS...............................................................................
	
	
	ANEXOS (Opcional)
	
	APÊNDICE (opcional)
INTRODUÇÃO
Destaca-se nesse projeto a era da tecnologia, considerada um novo perfil de empreendedorismo, bem como desmistificar a espera do cliente em seu estabelecimento como acontece tradicionalmente.
Onde também o cliente busca praticidade, eficiência e total comodidade quando solicita esse tipo de atendimento, com investimento baixo, retorno rápido, fazendo o empreendedor sempre está um passo à frente de seus concorrentes, com inovação, atualizado e comprometido em sempre alcançar a fidelização do mesmo.
O comércio eletrônico deve atingir um volume de vendas de R$ 79,9 bilhões em 2019. A estimativa é da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). De acordo com a entidade, caso essa projeção se cumpra, o montante representaria um crescimento de 16% quando comparado com o resultado atingido em 2018 pelas lojas virtuais do País, sendo o maior avanço anual verificado desde 2015.[1: Acesso disponível em: https://www.ecommercebrasil.com.br em 09/04/2019.]
Segundo a ABComm, o comércio eletrônico deve registar um tíquete médio de R$ 301, com um total de 265 milhões de pedidos efetuados pelos consumidores até o fim deste ano. O número de lojas virtuais deve totalizar 87 mil. As micro e pequenas empresas devem aumentar sua participação no faturamento, atingindo 29%. A participação dos marketplaces no faturamento do setor também deve registrar crescimento em 2019. Segundo a entidade, a fatia deve passar dos atuais 31% verificados em 2018 para 35% ao fim deste ano.
Em Macapá no Amapá, já existem algumas lojas virtuais que se destacam, buscando estarem alinhadas e comprometidas. No entanto ainda faltando muita coisa para que chegue a excelência e domine o mercado, já que, hoje em dia a grande maioria dos consumidores tem acesso á internet diariamente, podendo adquirir um produto de um smartphone, tablete, computador e receber na comodidade de sua casa.
PROBLEMA
A falta de informação ou o próprio desinteresse do microempresário que na sua minoria ainda tem receio ao estabelecer esse tipo de relacionamento com seu cliente, sem a exata ideia de como é de alta relevância a adaptação e inclusão de suas empresas nesse perfil, a grande verdade é que a tecnologia está tomando conta do mundo e nem todos estão preparados e prontos para essa inovação. 
Também sabemos o quanto impacto esse empreendedorismo virtual pode afetar economicamente o nosso estado, mas especificamente município de Macapá, onde o comércio local pode não estar atento a essa nova roupagem de empreender. Assim, deixando de crescer e ficando para trás, a falta de conhecimento, informação e até mesmo do querer acompanhar essa evolução tecnológica vindo do próprio empreendedor. 
Mediante todo esse acontecimento, essa evolução tecnológica, onde a tendência de crescimento é imensuravelmente certeira e economicamente excelente para nosso município, mas ainda esbarram em alguns problemas e falta de apoio dos órgãos, direcionados ao empreendedorismo local, não dando a certa, precisa e importante atenção a esses que se interessam em desenvolver inovação no setor.
O que se sabe é que o cliente satisfeito não se importa em pagar o valor do serviço ou produto, já que pode ter acesso à internet, buscar o que necessita e receber na sua casa, o pós-venda do empreendedor virtual é algo de imensa importância, gerando assim confiança, fidelização e o feedback do cliente, com a grande possibilidade de crescimento em sua carteira de cliente.
Tendo em vista alguns problemas como a logística, geograficamente nada favorável, a distância dos grandes centros Sul-Sudeste, não favorecem, com isto fazendo a lenta evolução para que alcance o tão desejado resultado, mas não deixando de ser um do viés, mas executados nos últimos tempos e com destaque. Desta forma, destaca-se a seguinte pergunta norteadora: O e-commerce é uma tendência inovadora de modo a trazer vantagem e crescimento às empresas de Macapá?
HIPÓTESE
 O E-commerce é uma tendência que veio para ficar, inovação para pequenas e grandes empresas podendo sim, alavancar o mercado tirando esse estado de crise permanente, para que o empreendedor saia da zona de conforto, podendo levar ao aos quatro cantos do estado e do mundo, cultura, diversificação, mostrando a força e o crescimento na economia, gerando vantagem competitiva para as empresas que se propuserem a esse perfil de negócio em Macapá 
 Identifica-se que a deficiência para um crescimento evidente dessa modalidade de negócio existe, através de convênios do setor, com criação de uma instituição para os interesses das lojas virtuais como sindicatos, realização de feiras itinerantes direcionada para lojas e-commerce com intuito de trazer a conhecimento do público e mostrar a praticidade e segurança que esse modelo de empreendimento pode trazer, parceria com os correios, transportadoras para negociações de um bom frete, prazos mais vantajosos, uma força tarefa dos órgãos do setor para levar essa informação e atualizar os empreendedores que relutam em fazer parte dessa inovação comercial.
 
OBJETIVOS
A pesquisa tem o objetivo de buscar e mostrar que o comércio virtual, a inovação para o setor comercial, traz vantagem e crescimento necessário para evolução tecnológica como algo com extrema interatividade entre as pessoas, praticidade e de alta relevância, acompanhar a evolução do mundo, Macapá como parte desse mundo, andando de mãos dadas para o crescimento econômico do município em questão, buscando as que ainda privam o crescimento no setor bem como as geográficas, tributárias e de apoio empresarial e público.
	
4.1 OBJETIVO GERAL:
Analisar o e-commerce e promover