Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
32 pág.
PSICOLOGIA HOSPITALAR - BDQ - AVALIANDO APRENDIZADO - AV1 - AV2 - AV3 - AVS - SIMULADO

Pré-visualização | Página 1 de 12

PSICOLOGIA HOSPITALAR – AVALIANDO APRENDIZADO – BDQ – BANCO DE QUESTÕES – AV1 – AV2 – AV3 – AVS – SIMULADO – ESTÁCIO
	Questão
	
	
	
	Considere as afirmativas quanto ao início da Psicologia Hospitalar no Brasil:
  
1- Os relatos de inserção do psicólogo em hospitais começam na década de 50, com Matilde Neder instalando um Serviço de Psicologia Hospitalar no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
  
2- A psicologia Hospitalar começou sua divulgação de materiais sobre esta área de atuação na década de 90, quando Argerami-Camon, lançou uma coletânea de matérias que relatavam sobre este assunto.
 
3- Antes das publicações de Argerami-Camon, na década de 70 Belkiss já tinha implantado no Instituto do Coração, serviço de Psicologia, pela USP.
		
	
	Apenas as afirmativas 1 e 2 estão corretas
	
	Apenas as afirmativas 1 e 3 estão corretas
	 
	Todas as afirmativas estão corretas
	
	Apenas as afirmativas 2 e 3 estão corretas
	 
	Apenas a afirmativa 1 está correta
	Questão
	
	
	
	Dentre os principais nomes da psicologia hospitalar, identifique a alternativa que apresenta os principais teóricos e profissionais relacionados a história da psicologia hospitalar.
		
	
	Bellkiss Lamosa, Aaron Beck e Angerami-Camom .
	 
	Matilde Neder, Bellkiss Lamosa e Angerami-Camom.
	
	Sigmund Freud, Matilde Neder e Pearls.
	
	Jeffrey Young, Carl Young e Sigmund Freud.
	
	Sigmund Freud, Aaron Beck e Pearls.
	Questão
	
	
	
	A Psicologia no ambiente hospitalar não tem o papel de prestar tratamento, pois não se sabe quanto tempo este paciente ficará internado e este não é o espaço para tocar em feridas passadas e resolver problemas. É muito importante ressaltar que a Psicologia hospitalar tem como objetivo:
		
	
	perceber quais são os problemas que poderão acontecer no futuro e criar medidas para que eles não existam ou que não cresçam.
	
	prestar tratamento prolongado aos os familiares dos pacientes
	
	providenciar a cura do paciente e familiares
	
	trazer ao paciente uma atenção primária, secundária e terciária.
	 
	melhorar a assistência integral do paciente que se encontra hospitalizado, com controle dos sintomas que causam o mal estar.
	Questão
	
	
	
	A definição: "conjunto de contribuições científicas, educativas e profissionais que as diferentes disciplinas psicológicas fornecem para dar melhor assistência aos pacientes no hospital" (Rodríguez-Marín 2003, apud Castro e Bernhold, 2004, p. 51) está relacionada a que área da Psicologia?
		
	
	Psicologia Comunitária
	
	Psicologia da Saúde
	
	Psicologia Clínica
	
	Psico-Oncologia
	 
	Psicologia Hospitalar
	Questão
	
	
	
	Uma aluna do curso de psicologia perguntou ao professor qual a definição de psicologia hospitalar e ele respondeu:
		
	 
	É o conjunto de contribuições científicas, educativas e profissionais que as diferentes disciplinas psicológicas fornecem para dar melhor assistência aos pacientes no hospital.
	
	Campo de atuação da Psicologia que analisa e intervém nos processos e interações, produzidos em torno do processo ensino-aprendizagem, nas unidades escolares.
	
	Compreende o estudo, a explicação, a avaliação, a prevenção, a assessoria e o tratamento dos fenômenos psicológicos, comportamentais e relacionais que incidem no comportamento legal e jurídico das pessoas.
	
	É uma área da psicologia que visa promover a saúde, a comunicação, as relações interpessoais, a liderança e a melhora do desempenho esportivo.
	
	Ramo da psicologia que estuda e analisa os comportamentos humanos em função das normas ou leis que buscam a segurança e a integridade de todos que se locomovem.
	Questão
	
	
	
	Pablo é um psicólogo que atua em um hospital público. Ele se preocupa e busca criar espaços de reflexão para avaliar as possibilidades de acesso da população aos serviços, as condições em que se dão os trabalhos dos profissionais, as características sociais da população atendida, dentre outros fatores que estão ligados aos processos de saúde e doença. Ao correlacionarmos o caso de Pablo com a teoria acerca da Psicologia Hospitalar, podemos afirmar que:
		
	
	Não há correlação entre o caso de Pablo e as teorias acerca da Psicologia Hospitalar.
	 
	Pablo está correto em suas preocupações, pois o psicólogo hospitalar deve valorizar o conhecimento e a articulação de todos os fatores envolvidos no processo saúde-doença.
	
	Pablo está correto em suas preocupações, pois o psicólogo hospitalar deve favorecer o desconhecimento dos fatores que levam ao processo de adoecimento para valorizar o ato médico.
	
	Pablo está errado em suas preocupações e buscas, pois o psicólogo hospitalar deve valorizar o conhecimento e a articulação de todos os fatores envolvidos no processo saúde-doença.
	
	Pablo está errado em suas preocupações e buscas, pois o psicólogo hospitalar deve favorecer o desconhecimento dos fatores que levam ao processo de adoecimento para valorizar o ato médico.
	Questão
	
	
	
	O processo de adoecimento pode ser definido como uma situação de perdas, muitas delas reais e outras simbólicas, implicando numa série de consequências subjetivas para a pessoa adoentada. Nessa perspectiva pode-se afirmar que o foco da Psicologia Hospitalar é:
		
	
	A cura da doença.
	
	A eliminação do sintoma orgânico.
	 
	O aspecto psicológico em torno do adoecimento e hospitalização.
	
	O diagnóstico médico.
	
	A causa orgânica das doenças.
	Questão
	
	
	
	Maria atuava na psicologia quando ela entrou na área hospitalar. Para ela foi uma época difícil, pois ela não sabia qual era o espaço da psicologia no hospital. Essa dificuldade se devia a:
		
	
	Escassez de hospitais públicos e privados.
	
	Escassez de unidades de saúde.
	
	Submissão da psicologia à enfermagem.
	 
	Submissão da psicologia à medicina.
	 
	Escassez de livros e materiais sobre o assunto.
	Questão
	
	
	
	Considere as afirmativas quanto ao início da Psicologia Hospitalar no Brasil:
  
1- Os relatos de inserção do psicólogo em hospitais começam na década de 50, com Matilde Neder instalando um Serviço de Psicologia Hospitalar no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
 
2- A psicologia Hospitalar começou sua divulgação de materiais sobre esta área de atuação na década de 90, quando Argerami-Camon, lançou uma coletânea de matérias que relatavam sobre este assunto.
 
3- Antes das publicações de Argerami-Camon, na década de 70 Belkiss já tinha implantado no Instituto do Coração, serviço de Psicologia, pela USP.
 
4- Desde o ano de 1993, a Psicologia Hospitalar foi reconhecida como uma especialidade pelo Conselho Federal de Psicologia. Além disso, a fundação da Sociedade Brasileira de Psicologia Hospitalar (SBPH), em 1997, vem fortalecendo a área no cenário brasileiro.
		
	 
	Apenas as afirmativas 1, 2, e 3 estão corretas
	
	Apenas as afirmativas 1, 3, e 4 estão corretas
	
	Apenas as afirmativas 1, 2, e 4 estão corretas
	 
	Todas as afirmativas estão corretas
	
	Apenas as afirmativas 2, 3, e 4 estão corretas
	Questão
	
	
	
	Compreendida como o campo que estuda as influências psicológicas na saúde, abarcando tanto a saúde física como a saúde mental, a ________________ surgiu como uma área especializada da Psicologia Científica na década de 80, seu principal objetivo é compreender como os fatores biológicos, comportamentais e sociais influenciam na saúde e na doença. Através da realização de pesquisas e intervenção clínica junto à população, busca-se a promoção e educação para a saúde no âmbito sanitário. Assinale a alternativa que complementa a afirmação acima:
		
	
	Psicologia Clínica.
Página123456789...12