A Semente da Vitoria - Nuno Cobra
138 pág.

A Semente da Vitoria - Nuno Cobra


DisciplinaPscoterapia7 materiais24 seguidores
Pré-visualização50 páginas
DADOS	DE	COPYRIGHT
Sobre	a	obra:
A	presente	obra	é	disponibilizada	pela	equipe	Le	Livros	e	seus	diversos	parceiros,	com	o	objetivo	de	oferecer	conteúdo	para	uso	parcial	em
pesquisas	e	estudos	acadêmicos,	bem	como	o	simples	teste	da	qualidade	da	obra,	com	o	fim	exclusivo	de	compra	futura.
É	expressamente	proibida	e	totalmente	repudíavel	a	venda,	aluguel,	ou	quaisquer	uso	comercial	do	presente	conteúdo
Sobre	nós:
O	Le	Livros	e	seus	parceiros	disponibilizam	conteúdo	de	dominio	publico	e	propriedade	intelectual	de	forma	totalmente	gratuita,	por	acreditar
que	o	conhecimento	e	a	educação	devem	ser	acessíveis	e	livres	a	toda	e	qualquer	pessoa.	Você	pode	encontrar	mais	obras	em	nosso	site:
lelivros.love	ou	em	qualquer	um	dos	sites	parceiros	apresentados	neste	link.
"Quando	o	mundo	estiver	unido	na	busca	do	conhecimento,	e	não	mais	lutando	por	dinheiro	e	poder,	então	nossa	sociedade	poderá
enfim	evoluir	a	um	novo	nível."
	
A	Semente	da	Vitória
	
Por	Nuno	Cobra
	
	
Table	Of	Contents
Nota	do	Editor
Prefácio
A	FORÇA	DE	UMA	EXPERIÊNCIA
MEU	PRIMEIRO	ALUNO
TRABALHANDO	O	FÍSICO,	O	MENTAL,	O	ESPIRITUAL	E	O	EMOCIONAL
SAÚDE	É	ENTUSIASMO,	É	DISPOSIÇÃO,	É	ALEGRIA	DE	VIVER
O	SONO	É	DECISIVO	NA	MANUTENÇÃO	E	ELEVAÇÃO	DE	SEU	NÍVEL	DE	SAÚDE
ROMPENDO	VELHOS	HÁBITOS	PARA	GANHAR	NOVA	VIDA
A	NECESSIDADE	VITAL	DE	MOVIMENTO
ACORDE	O	SEU	DEUS	DORMENTE
PRATICANDO	A	ECOLOGIA	INTERIOR
DEPOIMENTOS	DE	ALGUNS	PUPILOS
ENCANTADOR	É	CADA	MOMENTO
	Procurando	outros	livros?
	
	
Nota	do	Editor
	
	
	
							Nuno	Cobra,	um	profissional	com	mais	de	quarenta	anos	de	atividade,	poderia	inscrever
em	seu	currículo	até	mesmo	a	contribuição	para	feitos	admirados	no	mundo	inteiro,	como	a
conquista	de	campeonatos	de	Fórmula	1	do	automobilismo.	Inscreveria	também	certas
antecipações	a	que	a	psicologia	deste	limiar	de	século	dá	ênfase,	como	a	referente	à
inteligência	da	emoção	-	ele	fala	disso	há	muitos	anos,	conforme	uma	legião	de	pessoas	que	já
o	ouviram	pode	testemunhar.
							O	Método	Nuno	Cobra,	conhecido	no	país	e	além-fronteiras,	não	dispunha	porém	de	uma
formulação	a	que	tivessem	acesso	os	que	não	são	"pupilos"	diretos	de	seu	autor,	participantes
de	workshops	que	ele	orienta	ou	ouvintes	das	palestras	que	ministra.
							A	semente	da	vitória	é	esse	livro	que	faltava,	o	primeiro	que	Nuno	Cobra	publica.	Ele	o	fez
como	uma	exposição	de	motivos	e	propósitos	pelos	quais	criou	seu	Método.	E	o	fez	bem	à	sua
maneira	entusiástica,	generosa,	energizada	pela	vontade	de	mudar	a	vida	dos	que	se
beneficiam	das	suas	idéias.	Mudar	para	muito	melhor	essa	vida	que	é	uma	só	e	é	o	bem	mais
precioso	entre	todos	que	temos.
							A	transformação	como	avanço	qualitativo	sempre	constituiu	um	objetivo	do	SENAC	de	São
Paulo	em	seu	trabalho	educacional.	Este	livro	propõe	uma	transformação	pela	conquista	da
saúde,	radical	e	otimista,	como	é	próprio	de	Nuno	Cobra	e	seu	Método.
	
	
Prefácio
	
	
							O	Nuno	é	uma	pessoa	predestinada	ao	especial!	Uma	estrela	que	viaja	a	todo	instante
pelo	universo	de	todas	as	pessoas	que	toca.	Tem	a	magistralidade	suprema	do
desenvolvimento	de	todo	potencial	humano.
	
							Preenche	os	espaços	do	ambiente	em	que	se	encontra	com	a	magia	de	sua	energia	e	a
plena	convicção	de	que	viver	é	beber	da	comunhão	do	amor	que	cada	ser	humano	carrega.
	
						Ama	o	que	faz!		Transforma	cada	pessoa	que	toca	com	tal	serenidade	que	a	notoriedade
de	seus	gestos	faz	encantar	e	suplantar	o	lado	irresoluto	da	vida.
	
							Traz	assentada	no	coração	a	leveza	de	cada	momento	e	a	certeza	de	todas	as
possibilidades	que	cada	ser	humano	carrega	no	desabrochar	para	a	vida.
	
							É	o	mestre	do	fazer	-	e	do	deixar	acontecer	como	resposta	sempre	extrema	de	todo
enredo	do	crescer.	Tem	a	palavra-chave	de	que	cada	pessoa	precisa	-	no	momento-chave
preciso	de	cada	pessoa.
	
							Deixa	penetrar	a	perspectiva	de	cada	dia	simplesmente	porque	existe	sempre	a
perspectiva	de	um	novo	dia.	E	porque	a	alegria	é	seu	combustível	em	cada	novo	alvorecer.
	
							Ter	a	bênção	de	viver	a	seu	lado,	ter	a	honra	de	participar	na	realização	deste	livro	e
poder	compartilhar	sua	filosofia	e	o	seu	trabalho	é	como	viver	um	pouquinho	de	Deus	na	Terra
com	sua	contundente	inteireza	de	caráter,	compaixão	e	fluxo	forte	de	verdades	a	nos
escancarar	a	alma	a	todo	instante.	Porque	nos	prova	que	o	certo	e	o	errado	não	existem	e	que
tudo	sempre	tem	uma	mensagem.
	
							Sua	imagem	é	muito	mais	abrangente	do	que	qualquer	palavra	que	se	ouse	utilizar.
	
							É	o	arquétipo	do	amor!	E	o	protótipo	da	certeza	do	encantamento	com	a	vida	que	lhe
rodeia	a	alma	em	seu	mais	profundo	esplendor.
							Ele	é	assim...	Muito	mais	que	apenas	mestre,	é	a	prova	de	que	a	felicidade	existe	e	que
vive	forte	dentro	de	cada	um	de	nós.
	
							É	único!	Penetra	todas	as	almas	e	verdades	porque,	mesmo	sabendo	que	nunca	se	sabe
ao	certo	o	que	está	por	vir,	nos	faz	a	todo	instante	experimentar	que	o	acreditar	é	o	que	faz	a
diferença.	Porque	realmente	faz...
	
Dra.	Silvia	Risette
Especialista	no	Método	Nuno	Cobra
	
	
A	FORÇA	DE	UMA	EXPERIÊNCIA
	
							São	José	do	Rio	Pardo,	1950.	Os	ruídos	de	marretas	e	bigornas	pareciam	uma
encantada	melodia	passeando	pela	intimidade	dos	meus	ouvidos.	Eu,	um	garoto	magro,
franzino	e	inibido,	espreitava,	admirado,	a	intensa	movimentação	de	cavalos	puro-sangue	e
ferraduras	incandescentes	que	saíam	da	forja.
							Toda	a	minha	atenção	estava	voltada	para	um	rapaz	muito	forte	que,	girando	no	ar	com
extrema	facilidade	uma	marreta	de	10	quilos,	deixava	à	flor	da	pele	negra,	reluzente	de	suor,
uma	exuberante	musculatura.
							Isso	me	fascinava.	Poderia	eu	também	conseguir	tantos	músculos?	Seria	possível	eu
também	ficar	forte?	Já	tinha	estado	ali	à	espreita	muitas	tardes	e	sabia	que	estaria	em	muitas
outras.
							Precisava	munir-me	de	coragem	para	abordar	o	rapaz.	No	momento,	só	o	que	queria	era
realizar	o	sonho	de	modificar	meu	corpo	com	o	auxílio	dessa	fascinante	figura,	cujo	nome	era
Pedro	Pexexa,	um	ferreiro	de	profissão	e	líder	de	um	grupo	de	pescadores	nessa	distante	São
José	da	década	de	1950.
							Apesar	de	magro	e	fraco,	eu	pressentia	que	se	o	Pedro	me	ajudasse,	eu	conseguiria	me
transformar	completamente.	Tive	uma	educação	muito	rígida,	como	era	próprio	da	época,	e
isso	dificultava	aproximar-me	de	uma	pessoa	estranha,	principalmente	por	ela	representar,
para	mim,	uma	épica	figura.	Muito	magro	e	fraco,	eu	era	também	muito	acanhado.
							Mas	sentia	algo	dentro	de	mim.	Uma	intuição	que	falava	alto.	Era	capaz	de	acreditar	na
possibilidade	de	fazer	alguma	coisa	concreta	e	passava	horas	imaginando	se	essa
aproximação	ainda	demoraria	a	acontecer.
							O	que	não	podia	imaginar	era	que	o	contato	com	essa	pessoa	tão	especial	mudaria	toda
a	minha	vida.
	
							São	José	foi	onde	o	engenheiro	Euclides	da	Cunha	escreveu	Os	sertões	enquanto
construía	a	ponte	de	aço	sobre	o	rio	Pardo	em	1901.	Todos	os	anos,	de	9	a	15	de	agosto,
festejava-se	o	aniversário	do	grande	escritor,	reunindo	pessoas	de	todo	o	Brasil,	em	vários
tipos	de	competição	que	incluíam	uma	concorrida	maratona	intelectual.	Era	a	famosa	Semana
Euclidiana.
							Pedro	Nogueira,	Pexexa,	era	uma	pessoa	que	fascinava	a	gente	da	cidade	por	sua
bravura	ao	enfrentar	desafios,	sempre	com	feitos	admiráveis.	Era	destaque	de	força	e
habilidade	na	Semana	Euclidiana,	principalmente	em	luta	livre	e	boxe.	Havia	por	isso	a
curiosidade	de	outros	atletas,	experientes	nadadores	da	capital,	no	sentido	de	desafiá-Io	em
provas	no	rio	Pardo.	Pedro	prevenia	para	o	perigo	do	rio.	Dizia	que	era	completamente
diferente	de	tudo	o	que	eles	conheciam,	mas	eles	insistiam	em	nadar	em	suas	águas	bravias.
Era	um	rio	perigoso,	não	era	uma	piscina,	e	sempre	causava	vítimas	de	afogamento	-	mesmo
que	fossem	campeões	de	natação.	Aquilo	tudo	era	muito	triste,	mas,	por	mais	que	a	turma	do
Pedro	falasse,	de	nada	adiantava.