A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
Trabalho Analise de Balanço

Pré-visualização | Página 2 de 2

apresenta um superávit de R$0,83
	QSL
	QSL
	2017
	2016
	1,50
	 1,80
Quociente Seco de Liquidez 
QSL= AC-Estoque/PC= 6.796.875-1.207.961/3.708.363=1,50
Significado: Para cada R$ 1,00 de dívidas a curto prazo a empresa possui R$ 1,50 no ano de 2017 e R$1,80 no ano de 2016 em bens e direitos a curto prazo, exceto estoque.
Parecer: Situação boa, a empresa tem capacidade de pagar suas dívidas a curto prazo e ainda terá superávit de R$0,50
 
	QGL
	QGL
	2017
	2016
	0,44
	0,46
Quociente Geral de Liquidez
QGL= AC+RLP/PC+ELP= 7.567.667/16.901.428=0,44
Significado: Para cada R$ 1,00 de dívidas ou obrigações a pagar de curto e longo prazo a empresa possui R$ 0,44 no ano de 2017 e R$ 0,46 no ano de 2016 em bens e direitos a curto prazo e longo prazo
Parecer: situação ruim, pois a empresa não possui capacidade de liquidez no curto e longo prazo.
	QAL
	QAL
	2017
	2016
	0,29
	 0,42
Quociente Absoluto ou Imediato de Liquidez
QAL= CAIXA E EQUIV/PC=1.076.833/3.708.363=0,29
Significado: Para cada R$ 1,00 de dívidas e obrigações a empresa possui R$ 0,29 em caixa no ano de 2017 e R$0,42 no ano de 2016.
Parecer: situação boa/normal, o quociente é baixo no entanto, as empresas não mantem caixa alto para pagar dívidas que vencerão em um ano.
ANÁLISE DE IMOBILIZAÇÃO
	QIG
	QIG
	2017
	2016
	0,73
	 0,69
 Quociente de Imobilização Geral
 QIG=AP/AT= 20.955.315/28.522.982= 0,73
 Significado: Para cada R$1,00 de recursos empresariais R$0,73 no ano de 2017 e R$0,69 no ano de 2016 são de ativos fixos, ou seja, que não pretende vender.
Parecer: Situação boa, pois ainda há espaço para a empresa aplicar em outros recursos.
	QIT
	QIT
	2017
	2016
	0,56
	 0,55
Quociente de Imobilização Técnica
QIT= Imobilizado/AT= 16.211.228/28.522.982=0,56 
Significado: Para cada R$ 1,00 de recursos totais R$0,56 no ano de 2017 e R$ 0,55 no ano de 2016 que estão imobilizados tecnicamente.
Parecer: Situação boa, pois é uma imobilização adequada, pois ainda possui espaço para outros recursos a serem alcançados.
 
	QIF
	QIF
	2017
	2016
	0,00
	0,00
Quociente de Imobilização Financeira. 
QIF= Investimento/AT= 6.764/28.522.982=0,00023
Significado: Para cada R$ 1,00 de recursos totais aplicados na empresa R$0,00 em ambos os anos foram aplicados em investimento.
Parecer: Situação boa, trata-se da estratégia da empresa não adquirir ações de outras companhias.
	QImCP
	QImCP
	2017
	2016
	1,80
	2,02
Quociente de Imobilização de Capitais próprios. 
QImCP= AP/PL= 30.955.315/11.621.554=1,80
Significado: Para cada R$ 1,00 de recursos próprios a empresa imobiliza R$1,80 em 2017 e R$2,02 em 2016 em ativo fixo ou permanente.
Parecer: Situação péssima, pois maior parte dos recursos estão aplicados em ativo permanente, a empresa utiliza todo seu recurso próprio e mais os de terceiro, sendo o ideal usar um pouco e deixar um pouco de reserva.
ANÁLISE DE ENDIVIDAMENTO
	QET
	QET
	2017
	2016
	0,59
	0,65
Quociente de Endividamento Geral. 
QEG= PC+PNC/PT= 16.901.428/28.522.982=0,59
Significado: Para cada R$ 1,00 de recursos buscados pela empresa R$0,59 no ano de 2017 e R$ 0,65 no ano de 2016 foram obtidos através de terceiros a curto e longo prazo.
Parecer: Situação boa referente ao ano de 2017 a empresa não está altamente endividada, porem no ano de 2016 situação encontrava-se ruim, pois estava altamente endividada.	
	QECP
	QECP
	2017
	2016
	0,13
	0,13
Quociente de Endividamento a Curto Prazo. 
QECP= PC/PT= 3.708.363/28.522.982=0,13
Significado: Para cada R$ 1,00 de recurso buscados pela empresa R$0,13 são recursos de terceiros no curto prazo em ambos os anos.
Parecer: Situação boa, a empresa não está altamente endividada a curto prazo, não gerando juros altos.
	
	QELP
	QELP
	2017
	2016
	0,46
	0,52
 Quociente de Endividamento a Longo Prazo. 
QELP= PÑC/PT= 13.193.065/28.522.982=0,46
Significado: Para cada R$ 1,00 de recurso buscados pela empresa R$0,46 no anos de 2017 e R$0,52 no ano de 2016 são recursos de terceiros no longo prazo.
Parecer: Situação péssima, a empresa está muito endividada a longo prazo, está pagando juros altos.
	QGCT
	QGCT
	2017
	2016
	1,45
	1,89
Quociente Garantia de Capitais de Terceiros.
QGCT= PC+PÑC/PL= 13.901.428/11.621.554=1,45
Significado: Para cada R$ 1,00 de recurso próprios a empresa utiliza R$1,45 no ano de 2017 e R$1,89 no ano de 2016 de recursos de terceiros a curto e longo prazo.
Parecer: Situação péssima, pois não garante os recursos de terceiros com os recursos próprios gerando insegurança para terceiros.
ANÁLISE DE RENTABILIDADE 
	RSPL
	RSPL
	2017
	2016
	0,15
	0,16
Quociente Relação aos Retornos Resultados 
RSPL= LL/PL=1.807.433/11.621.554=0,15
Significado: Para cada R$ 1,00 de recurso próprios a empresa lucra R$0,15 no ano de 2017 e R$0,16 no ano de 2016
Parecer: Situação boa, a empresa apresenta retorno prejuízo em forma de lucro, e este retorno está acima da remuneração do mercado financeiro.
	ML
	ML
	2017
	2016
	0,17
	0,17
Margem Líquida. 
ML= LL/Vendas=1.807.433 /10.520.790=0,17.
Significado: Para cada R$ 1,00 das vendas líquidas a empresa tem um lucro de R$0,17 em ambos os anos.
Parecer: Situação ótima a margem é vantajosa em tempos de recessão econômica e também houve evolução de um período para o outro.
	GA
	GA
	2017
	2016
	0,36
	0,33
Giro do Ativo. 
GA= Vendas/Ativo total= 10.520.790/28.522.982=0,36.
Significado: Para cada R$ 1,00 de recursos totais aplicados na empresa, a mesma consegue vender R$0,36 no ano de 2017 tendo um melhora em relação ao ano de 2016 que era de R$ 0,33
Parecer: Situação ruim, sua renovação do ativo leva mais de 960 dias.
	
	RSA
	RSA
	2017
	2016
	0,06
	0,05
Retorno Sobre o Ativo. 
RSA= LL/Ativo= 1.807.433/28.522.982=0,06
Significado: Para cada R$ 1,00 de recursos totais aplicados empresariais, na empresa R$0,06 obtém de lucro no ano de 2017 e R$0,05 no ano de 2016.
Parecer: Situação boa, pois poderia ter sido prejuízo. Há um retorno sobre o ativo empresarial.
SOLVÊNCIA 2017
FIK= (0,05 x LL/PL) + (1,65 x AC+RLP/PC + ELP) + (3,55 x AC – ESTOQUES/PC) – (1,06 x AC/PC) – (0,33 X PC + ELP/PL)
FIK= (0,05 x 0,23) + (1,65 x 0,44) +(3,55 x 1,50) – (1,06 x 1,83) – (0,33 x 1,45)= 2,67
SOLVÊNCIA 2016
FIK= (0,05 x -0,05) + (1,65x 0,46)+(3,55 x 1,80) – (1,06 x 2,09) – (0,33 x 1,89)= 4,32
A empresa está na área de solvência, não corre risco de falência
	7
	
	
	
	 
	
	6
	 
	
	
	 
	
	5
	 
	
	
	 
	
	4
	------------
	4,32 (2016)
	
	
	
	3
	 
	
	
	 ------------
	2,67(2017)
	2
	
	
	
	 
	
	1
	 
	
	
	 
	
	0
	 
	
	
	 
	
	-1
	 
	
	
	 
	
	-2
	 
	
	
	 
	
	-3
	 
	
	
	 
	
	-4
	 
	
	
	 
	
	-5
	 
	
	
	 
	
	-6
	 
	
	
	 
	
	-7
	 
	
	Legenda
	 
	Área de Solvência
	 
	Área de Penumbra
	 
	Área de Insolvência
Gráfico 1: Área de Solvência
GRÁFICO DE AVALIAÇÃO GERAL
	ITENS
	PÉSSIMO
	BOM
	ÓTIMO
	1-Estrutura Ativo
	
	
	
	2-Estrutura Passivo
	
	
	
	3-Estrutura DRE
	
	
	
	4-Evolução Patrimonial
	
	
	
	5-Evolução Ativo
	
	
	
	6-Evolução Passivo
	
	
	
	7-Liquidez Comum
	
	
	
	8-Imobilização Geral
	
	
	
	9-Imobilização Técnica
	
	
	
	10-Imobilização Recursos Prop
	
	
	
	11-Endividamento
	
	
	
	12-Rentabilidade
	
	
	
	13-ROI – RSPL
	
	
	
	14-Solvência

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.