Neurociências resumo np1
10 pág.

Neurociências resumo np1


DisciplinaNeurociência1.878 materiais10.984 seguidores
Pré-visualização2 páginas
NEUROCIÊNCIAS 
1ª PARTE: RESUMO 1º BIMESTRE \u2013 CURSO DE PSICOLOGIA 
1. Sistema Nervoso: É responsável pela maioria das funções de controle em um 
organismo, coordenando e regulando as atividades corporais. Também tem a 
responsabilidade de receber e transmitir informações para todo o organismo. 
Podemos defini-lo como a nossa Central de Comando. 
a. Sistema Nervoso Central (SNC): Encéfalo (Cérebro, Cerebelo e Bulbo) e 
Medula Espinhal. 
\u2022 Cérebro: Sua superfície é profundamente enrugada e cheia de sulcos e 
giros. O mesmo é dividido em dois hemisférios, esquerdo e direito, por 
uma fissura que se estende até o corpo caloso. 
\u2022 Cerebelo: Se localiza abaixo do cérebro. Coordena junto com o cérebro, 
os movimentos do corpo. É responsável pelo equilíbrio do corpo. Além 
disso, mantém o tônus muscular, isto é, regula o grau de contração 
muscular dos músculos em repouso. 
\u2022 Bulbo: É o órgão que está em contato direto com a medula espinhal. 
Nele estão localizados corpos celulares de neurônios que 
controlam funções vitais, como os batimentos cardíacos, o ritmo 
respiratório e a pressão sanguínea. Também contém corpos celulares de 
neurônios relacionados ao controle da deglutição, da tosse e do vômito. 
 
b. Sistema Nervoso Periférico (SNP): Nervos e gânglios nervosos. 
\u2022 Nervos: É uma estrutura anatômica formada por múltiplos axônios e 
dendritos neuronais que é distribuído por todo organismo. É responsável 
pela transmissão do impulso elétrico (impulso nervoso). 
\u2022 Gânglios Nervosos: São aglomerados de corpos celulares de neurônios 
localizados fora do sistema nervoso central. Os gânglios aparecem como 
pequenas dilatações em certos nervos. 
 
c. Componentes do Sistema Nervoso: Neurônio (Dendritos e Axônio) e 
Neuróglia. 
\u2022 Neuróglia: As Células da Glia, são diversos tipos celulares presentes 
no sistema nervoso central. Elas não geram impulsos nervosos, não 
formam sinapses e se especializam como um tecido de suporte entre os 
neurônios. Sua função é de sustentação, revestimento e isolamento dos 
neurônios. 
\u2022 Neurônios: São células que transmitem impulsos nervosos, é a unidade 
fundamental do sistema nervoso e possui a capacidade de responder a 
estímulos, originar e conduzir sinais elétricos. O neurônio possui todos os 
2 
elementos que definem uma célula eucariótica, porém é incapaz de se 
multiplicar. Além disso, possui duas zonas de extrema importância 
dendritos e axônio. 
\u2022 Dendritos: Ou zona dendrítica, parecem ramificações muito 
semelhantes a galhos de uma árvore. É a porção receptora (terminal de 
recepção) do neurônio e é onde os sinais elétricos se originam. 
\u2022 Axônio: É a porção condutora de um neurônio, isto é, a parte que 
transmite os impulsos elétricos. 
 
2. Sinapse: Conexão funcional entre um neurônio e uma segunda célula, isto é, a 
sinapse é uma região de proximidade entre um neurônio e outra célula por onde é 
transmitido o impulso nervoso. 
a. Sinapse Elétrica: São mais rápidas e podem ocorrer em duas direções. 
Nesse tipo de sinapse não há a presença de neurotransmissores, ou seja, o 
sinal elétrico é conduzido diretamente de uma célula a outra através de 
junções comunicantes. 
b. Sinapse Química: Possuem neurotransmissores e ocorre em um sentido 
único e obrigatório. Se iniciam no terminal do axônio da célula PRÉ-
SINÁPTICA, as vesículas contendo neurotransmissores são liberadas na 
fenda sináptica e reconhecida por receptores químicos na membrana da 
célula PÓS-SINÁPTICA (zona dendrítica/dendritos). 
 
NEUROCIÊNCIAS 
2ª PARTE: RESUMO 1º BIMESTRE \u2013 CURSO DE PSICOLOGIA 
1. Sistema Nervoso Somático (SNS): É uma pequena parte do sistema nervoso 
composto por neurônios e nervos, que atuam como receptores das ordens enviadas 
pelo cérebro e transmitidas pela medula, realizando todas as atividades chamadas 
voluntárias pelo sistema nervoso, como por exemplo, mexer os braços, mãos e as 
pernas. É dividido em dois grupos com o intuito de organizar as funções do sistema, 
denominados aferente e eferente. 
\u2022 Aferente: Tem a função de enviar informações ao sistema nervoso central 
sobre o ambiente em torno da pessoa, usando principalmente os cinco 
sentidos. 
\u2022 Eferente: Cuida dos movimentos voluntários do ser humano, recebe as 
ordens do cérebro por meio dos neurônios e estimula os músculos e ossos 
para realizar os movimentos. 
3 
 
2. Sistema Nervoso Autônomo (SNA): É a parte do Sistema Nervoso Periférico 
responsável por regular as funções involuntárias do organismo; sistemas 
respiratório, cardiovascular, renal, digestório e endócrino. Desempenha papel 
principal em manter a homeostase a cada momento diante de diferentes situações 
e desafios ambientais. 
\u2022 Sistema Nervoso Simpático (SNAS): Os neurônios pré ganglionares do 
SNAS localizam-se na medula torácica e lombar (entre 1º torácica e 2º 
lombar) denominado, tóraco lombar e suas fibras são curtas. Já os 
neurônios pós ganglionares estão longe das vísceras e próximo da coluna 
vertebral e suas fibras são longas. 
\u2022 Sistema Nervoso Parassimpático (SNAP): Os neurônios pré ganglionares 
do SNAP localizam-se no tronco encefálico e medula sacral (S2 à S4), 
denominado, crânio sacral e suas fibras são longas. Já os neurônios pós 
ganglionares estão próximos ou dentro das vísceras e suas fibras são 
curtas. 
 
 
 
4 
3. Funções do SNAP e do SNAS: 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
NEUROCIÊNCIAS 
3ª PARTE: RESUMO 1º BIMESTRE \u2013 CURSO DE PSICOLOGIA 
1. Anatomia do Cérebro Humano: O cérebro é formado por dois tecidos superpostos. 
O córtex cerebral, mais externo, é o mais extenso, de coloração cinza, composto 
pelos corpos celulares dos neurônios. O tecido de coloração branca é o núcleo 
cerebral, rico em fibras nervosas que estabelecem comunicação entre o córtex 
cerebral, os órgãos sensoriais e os músculos de todo o corpo. 
a. Lobos Cerebrais: O cérebro está dividido em quatro lobos com ligações 
entre si, Lobo Frontal, Lobo Parietal, Lobo Temporal e Lobo Occipital. 
5 
\u2022 Lobo Frontal: É o maior dos quatro e se encontra na parte anterior 
do cérebro. Suas funções incluem o pensamento abstrato e criativo, 
capacidade de armazenamento (memória), a fluência do 
pensamento e da linguagem, respostas afetivas e capacidade para 
ligações emocionais, julgamento social, vontade e determinação para 
ação e atenção seletiva. 
 
\u2022 Lobo Occipital: Encontra-se na parte posterior do cérebro. Os lobos 
occipitais processam os estímulos visuais, daí também serem 
conhecidos por córtex visual. 
 
\u2022 Lobo Temporal: Localizado na zona acima e próxima das orelhas, 
tem a função principal de processar os estímulos auditivos. 
 
\u2022 Lobo Parietal: Localiza-se na parte superior do cérebro e é 
constituído por duas subdivisões, a anterior e a posterior. A anterior 
tem a função de possibilitar a percepção de sensações como o tato, 
a dor e o calor. A zona posterior é uma área secundária e analisa, 
interpreta e integra as informações recebidas pela anterior, que é a 
zona primária, permitindo ao indivíduo se localizar no espaço, 
reconhecer objetos através do tato, entre outros. 
 
b. Hemisférios Cerebrais: Os hemisférios cerebrais chamam-se 
respectivamente; Hemisfério Esquerdo e Hemisfério Direito. Cada 
hemisfério é especializado para algumas tarefas específicas e estes se 
comunicam através de um feixe que tem milhões de fibras nervosas 
chamado de corpo caloso. O Hemisfério Esquerdo é responsável pelo 
controle e pelas ações do nosso lado direito, enquanto que o Hemisfério 
Direito é responsável pelo controle e pelas ações do nosso lado esquerdo. 
\u2022 Hemisfério Esquerdo: É a parte lógica e verbal do cérebro. É 
representado pelo raciocínio