A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
PLANO DE AULA - Estágio Ensino Fundamental Uninter

Pré-visualização | Página 1 de 1

PLANO DE AULA
Colégio Altair Mongruel Ensino Fundamental e Médio
Disciplina: Língua Portuguesa
Turmas: 7º A e 7º C 
Estagiária: Alessandra 
Professora regente: Josiane 
CONTEUDO
 Análise sintática
OBJETIVOS
Iniciar os estudos sobre sintaxe;
Conceituar frase e oração;
Reconhecer, Identificar e diferenciar sujeito e predicado.
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA DO CONTEÚDO TRABALHADO E METODOLOGIA DE ENSINO ADOTADA 
Com auxílio do livro didático PORTUGUÊS LINGUAGUES 7º e explicações orais será apresentada aos alunos uma aula introdutória ao estudo da sintaxe. Para os exercícios usaremos, além do livro didático, o texto “Desabafos de um bom marido” de Luiz Fernando Veríssimo.
DESENVOLVIMENTO DA AULA 
Inicialmente pedirei aos alunos para abrirem o livro na página 86, iniciarei então uma introdução falada sobre o estudo da sintaxe diferenciando-a do estudo da morfologia, assunto até então estudado. 
Posteriormente os alunos deverão copiar o quadro “Palavras” da página aberta. Partiremos então para diferenciação de frase e oração, copiando também o quando da página 87. A explicação será feita mediante ao uso de exemplos e exercícios do livro (página 88 - 1, 2, 3, 4 a, b e c).
Partindo desse ponto, explicarei os conceitos de sujeito e predicado (página 89 do livro – CONCEITUANDO). Copiar quadro: Sujeito e Predicado e Morfossintaxe do sujeito. 
Para finalizar, faremos agora a leitura do texto de Luiz Fernando Veríssimo, “Desabafos de um bom marido”. A leitura deverá ser silenciosa para aqueles que já acabaram as atividades, após todos terminarem faremos uma leitura coletiva. Posteriormente passarei exercícios sobre o texto.
RECURSOS UTILIZADOS
Quadro negro, livro didático e texto impresso. 
REFERÊNCIAS 
CEREJA, W. R.; COCHAR, T. Português Linguagens: 9. Ed. São Paulo: Editora Saraiva, 2015
VERISSIMO, L. F. Desabafos de um bom marido. Disponível em: https://www.recantodasletras.com.br/humor/1512866 Acesso em: 18 de maio de 2019
REIS, G.R. Sujeito e Predicado. Disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=28419 Acesso em: 17 de maio de 2019
ANEXOS
DESABAFOS DE UM BOM MARIDO
Luiz Fernando Veríssimo
Minha mulher e eu temos o segredo para fazer um casamento durar: Duas vezes por semana, vamos a um ótimo restaurante, com uma comida gostosa, uma boa bebida e um bom companheirismo.
Ela vai às terças-feiras e eu, às quintas.
Nós também dormimos em camas separadas: a dela é em Fortaleza e a minha, em SP.
Eu levo minha mulher a todos os lugares, mas ela sempre acha o caminho de volta.
Perguntei a ela onde ela gostaria de ir no nosso aniversário de casamento, “em algum lugar que eu não tenha ido há muito tempo!” ela disse. Então, sugeri a cozinha.
Nós sempre andamos de mãos dadas…Se eu soltar, ela vai às compras!
Ela tem um liquidificador, uma torradeira e uma máquina de fazer pão, tudo elétrico. Então, ela disse: “nós temos muitos aparelhos, mas não temos lugar pra sentar”. Daí, comprei pra ela uma cadeira elétrica.
Lembrem-se: o casamento é a causa número 1 para o divórcio. Estatisticamente, 100 % dos divórcios começam com o casamento.
Eu me casei com a “senhora certa”. Só não sabia que o primeiro nome dela era “sempre”.
Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la.
Mas, tenho que admitir: a nossa última briga foi culpa minha.
Ela perguntou: “O que tem na TV?”
E eu disse: “Poeira”.
EXERCÍCIOS:
Identifique nas frases a seguir o sujeito e o predicado:
Minha mulher e eu temos o segredo para fazer o casamento durar.
Eu levo minha mulher a todos os lugares.
Ela sempre acha o caminho de volta.
A causa número um do divórcio é o casamento.
Eu casei com a “senhora certa”.
A nossa última briga foi culpa minha.
Já faz 18 meses que não falo com minha esposa.
Observando o foco narrativo do texto, o narrador encontrasse ou não no texto? Ele é em 1ª ou 3ª pessoa?
A resposta do marido à pergunta “O que tem na TV?” gerou briga entre o casal, por quê? 
Durante todo o texto o narrador, com base no seu próprio casamento, nos dá vários conselhos para fazer um casamento durar. As atitudes do narrador condizem com seus conselhos? Justifique com um trecho do texto.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.