A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
66 pág.
Central de Material de Esterelização.

Pré-visualização | Página 2 de 2

umidade
(45 a 85%), tempo de exposição e aeração (2 a 5
horas respectivamente) e pressão interna da
câmara.
ETO
Esterilização por plasma de 
peróxido de hidrogênio
•Termossensíveis 
Autoclave de peróxido de 
hidrogênio - STERRAD®
ESTERILIZAÇÃO QUÍMICA
Imersão dos artigos em germicida químico
Utilizar produtos autorizados e registrados na ANVISA
ÁCIDO PERACÉTICO
Mistura entre ácido acético, peróxido de hidrogênio e água;
Rápida ação contra todas as formas de microorganismos,
incluindo esporos microbianos, mesmo em baixas
concentrações (0,001% a 0,2%) - 60 minutos;
Pode ser aplicado em artigos termossensíveis;
Cuidado: componentes metálicos que não sejam de ácido
inoxidável.
DESINFECÇÃO POR ÁCIDO DESINFECÇÃO POR ÁCIDO 
 PERACÉTICO A 0,2% PERACÉTICO A 0,2%
VANTAGENS DESVANTAGENS
• rápido: 10 minutos
• monitoração da [ ]
• enxágüe fácil
• baixa toxicidade
• remove sujidade 
 residual
• rápido: 10 minutos
• monitoração da [ ]
• enxágüe fácil
• baixa toxicidade
• remove sujidade 
 residual
• processo manual
• incompatível com aço
 bronze, latão e ferro 
 galvanizado 
• custo ?
• odor avinagrado
 
• processo manual
• incompatível com aço
 bronze, latão e ferro 
 galvanizado 
• custo ?
• odor avinagrado
 
GLUTARALDEÍDO
Tempo de 10 a 12 horas de imersão do artigo na solução
Para esterilização a frio de artigos críticos termossensíveis, como
cateteres, drenos, tubos. E para artigos termoresistentes como
pinças, instrumentos metálicos endoscópios, laparoscópicos.
Não é recomendado:
- Monitoramento da concentração,
- Manipulação incorreta (contaminação bacteriana – infecções pós
cirúrgicas),
- Limpeza incorreta,
- Tempo de imersão por período inferior ao recomendado,
resistência microbiana ao produto,
- Diluição do produto durante a sua utilização ao longo do tempo.
DESINFECÇÃO POR GLUTARALDEÍDODESINFECÇÃO POR GLUTARALDEÍDO
VANTAGENS DESVANTAGENS
• rápido: 20 - 30 min 
• monitoração da [ ] e ph
• compatibilidade com
 uma grande gama de
 materiais
• custo aceitával
• rápido: 20 - 30 min 
• monitoração da [ ] e ph
• compatibilidade com
 uma grande gama de
 materiais
• custo aceitával
• processo manual
• enxágüe difícil
• toxicidade (inalação)
• fixa sujidade residual
•odor pungente
• processo manual
• enxágüe difícil
• toxicidade (inalação)
• fixa sujidade residual
•odor pungente
Armazenamento
ARMAZENAMENTO
Cuidados com os Artigos Esterilizados
Condições de estocagem do artigos esterilizados
Tempo de validade de esterilização 
de artigos
Validação das embalagens-Vida de 
prateleira
depende dos eventos relacionados
Houve algum evento que agrediu a embalagem? Caiu no chão?
Foi “apalpado”?
Foi aberto e fechado novamente?
Foi carregado debaixo dos braços?
Foi colocado elásticos, barbante?
Foi “amassado” colocando pesos ou
Guardados em gavetas apertadas?
Indefinido tempo de esterilização?
Aspectos a serem observados
Referências Bibliográficas
1-SOCIEDADE BRASILEIRA DE ENFERMEIROS DE CENTRO CIRÚRGICO,
RECUPERAÇÃO ANESTÉSICA E CENTRO DE MATERIAL E ESTERILIZAÇÃO
(SOBBEC).Práticas Recomendadas.4ed. São Paulo, 2007.
2- POSSARI,J.F. Centro de material e esterilização: planejamento e gestão.3ed.São
Paulo, 2007.165p.
3-KAVANAGH,CMG. Elaboração do Manual de Procedimentos em Central de
Materiais e Esterilização.São Paulo: Atheneu, 2007.
4-OLIVEIRA, AC.Infecções Hospitalares: epidemiologia, prevenção e controle.Rio de
Janeiro: Guanabara Koogan, 2005.
5- FERNANDES, AT.Infecção Hospitalar e suas interfaces na área da saúde. São
Paulo: Atheneu, 2002.